Jorge Jox

Discussão: falhas câmbio DSG - Histórico

Recommended Posts

2 horas atrás, RicW disse:


Jorjão, o meu é idêntico ao seu, está com 45.000 km e está perfeito também. Se melhorar, estraga.

Não tenho como afirmar absolutamente nada. Quando comprei o carro questionei o consultor sobre essa coisa do fluido e ele estava mais perdido que cueca em lua-de-mel. Disse não fazer idéia do que eu falava.

Primeiro, os fatos:
1) A quase totalidade dos problemas aconteceu em carros até 14/15. A questão da Alemanha parece ser porque são poucos os 14/15 mexicanos, mas tivemos alguns problemas também.
2) O recall não foi mundial, mas restrito a alguns países da Ásia, Oceania e Europa.

Agora, a especulação:
1) Não sabemos se a VW se livrou dos estoques de mecatrônicas anteriores, se as retrabalhou ou se as direcionou para os mercados em que o recall não ocorreu. O Brasil é um deles.
2) O modo de falha, aparentemente, não mudou: travamento de alguma válvula solenóide. A única explicação que tentaram dar para isso até agora foi essa.

Só a VW sabe o que está acontecendo. O resto é exercício de livre criatividade e interpretação. Meu, inclusive.

Abraço!


Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk
 

Concordo com todas as sua palavras!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Thiagocs disse:

RicW, 

Quando fiz o test drive no Golf 1.0, senti esse delays de forma mais evidente, e olha que o carro é manual, ou seja, não teria que aguardar o DSG entender o que vc quer. Até 2000 rpm o carro é meio "lerdinho", mas depois que o turbo acorda, a sensação de força no motor é muita boa e prazerosa.

No próprio GTI, tem momentos que sinto que o câmbio "demora" (uns milésimos de segundos) a entender o que quero. Isso em conduções mais na cidade, com trânsito e abaixo de 2000rpm. Com certeza tem haver com essas três características que vc citou no seu texto, curva de abertura de borboleta, DSG e lag turbo.

Se acelero pouco, o carro não me dá a resposta que quero. Já se enfio o pé no acelerador com força, o carro dá aqueles saltos, sendo que não queria aquela força toda naquele momento. Com o tempo, estou aprendendo a conviver com essa característica e a dosar a força no meu pé para ter a resposta que quero. Começo a encontrar a "graduação" no pé, o ajuste fino na força da aceleração para o gteco me dar a resposta que quero. 

O dia que os proprietários do Golf, seja 1.0, 1.4 ou 2.0, dirigirem um Aisin de 6 marchas com motor Etorq 1.8 aspirado, tenho certeza que entenderão o que é demora para o câmbio entender o que vc quer e, por mais que não seja turbo, um "lagzão" enorme depois da aceleração. Depois disso, percebe-se porque o Golf é um carrão, em qualquer de suas versões.

 

Abs!

Entrando no assunto de vocês....

Quando quero dirigir esportivamente o meu DSG, imediatamente coloco no modo manual (alavanca pra direita) e os lags diminuem sensivelmente, pois já estou com a marcha que eu quero, ele não pensa, eu penso! Assim só restam os lags do turbo e do acelerador!

No modo manual, tirar o pé do o acelerador e acelerar seguidamente tem resposta muito rápida!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Thiagocs disse:

RicW, 

Quando fiz o test drive no Golf 1.0, senti esse delays de forma mais evidente, e olha que o carro é manual, ou seja, não teria que aguardar o DSG entender o que vc quer. Até 2000 rpm o carro é meio "lerdinho", mas depois que o turbo acorda, a sensação de força no motor é muita boa e prazerosa.

No próprio GTI, tem momentos que sinto que o câmbio "demora" (uns milésimos de segundos) a entender o que quero. Isso em conduções mais na cidade, com trânsito e abaixo de 2000rpm. Com certeza tem haver com essas três características que vc citou no seu texto, curva de abertura de borboleta, DSG e lag turbo.

Se acelero pouco, o carro não me dá a resposta que quero. Já se enfio o pé no acelerador com força, o carro dá aqueles saltos, sendo que não queria aquela força toda naquele momento. Com o tempo, estou aprendendo a conviver com essa característica e a dosar a força no meu pé para ter a resposta que quero. Começo a encontrar a "graduação" no pé, o ajuste fino na força da aceleração para o gteco me dar a resposta que quero. 

O dia que os proprietários do Golf, seja 1.0, 1.4 ou 2.0, dirigirem um Aisin de 6 marchas com motor Etorq 1.8 aspirado, tenho certeza que entenderão o que é demora para o câmbio entender o que vc quer e, por mais que não seja turbo, um "lagzão" enorme depois da aceleração. Depois disso, percebe-se porque o Golf é um carrão, em qualquer de suas versões.

 

Abs!

O Golf com DSG7 sente menos o turbo lag que o MT6 por causa das marchas mais curtas. Por outro lado acho o acelerador mais preciso no manual. Para mim é mais fácil dosar o acelerador e a embreagem para arrancar com suavidade e com a aceleração que eu quero. Deve ser questão de hábito apenas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Logo que peguei o meu com DSG7 eu sofri um pouco no começo com estes lags. Principalmente em cruzamentos difíceis onde era necessário arrancar mais rápido. No começo ou eu saia com o carro muito devagar e sem força (pisava pouco) ou saia enrugando o asfalto e cantando pneu (acelerava demais). Nunca consegui achar o meio termo dosando no acelerador.

Como eu resolvi isto? Simples... sempre que eu via que ia chegar numa situação destas eu cutucava o cambo pra trás e deixava no modo S. Neste modo não há lag perceptível. O mesmo eu fazia quando ia pegar uma subida de shopping, super-mercado, etc...

Pelo que entendi na minha experiência prática, nestas situações, o problema não é o lag do turbo, nem do DSG, mas sim um Lag do acelerador que no modo S (ou manual) é muito menor ou até mesmo inexistente. Acho que este lag no acelerador deve ser para economizar combustível.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é um lag chatinho, mesmo, mas não estou reclamando não, eu sinto TESÃO, disse Tesão em dirigir esse carro. É um carro delicioso de se dirigir. Estou curtindo cada dia mais. Vou viajar com ele agora. 1000km. vai pra 24mil km quando voltar. Farei a 7a revisão nele agora. Só troca de óleo. Pelo site 364 reais.

Preciso trocar as pastilhas em breve, mas vou comprar por fora e trocar na high torque aqui de BSB quando abrir, vou pedir pra olharem o sistema de freio e as suspensões.

Tenho notado os TUC TUC na suspensão traseira, já li aqui e inclusive vi na gringa um blog britânico reclamando desse barulho, inclusive o cara fez um vídeo mostrando exatamente onde há o problema. Estou conformado com esse barulho, no futuro, quando for trocar a suspensão irei na HT bsb para que tentemos solucionar esse TUC TUC. A propósito, isso tbm é annoying (chato) pra kraleo pq nossas vias tem quebramolas e buraco pra kcet. Pagamos um rio de IPVA e não merecemos isso. Votemos contra o IPVA!

Vou falar minha opinião. Gostaria que fosse igual nos EUA. Por peso. né?

https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=75955&voto=favor

Mas uma coisa, eu to direto no modo ECO. Eu acho fornidável a inteligência do câmbio quando você pisa os sensores do pedal de acelerador calculam o intervalo de tempo que se desloca entre eles e o câmbio já joga a rotação lá pra cima. Ou seja, tem pelo menos 2 mapas de trocas de marchas para cada modo. É o que eu ACHO, não tenho certeza disso. Posso estar falando asneira.

Obrigado @RicW pelas dicas. Boa sorte com os problemas que tem enfrentado com a css. abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
é um lag chatinho, mesmo, mas não estou reclamando não, eu sinto TESÃO, disse Tesão em dirigir esse carro. É um carro delicioso de se dirigir. Estou curtindo cada dia mais. Vou viajar com ele agora. 1000km. vai pra 24mil km quando voltar. Farei a 7a revisão nele agora. Só troca de óleo. Pelo site 364 reais.
Preciso trocar as pastilhas em breve, mas vou comprar por fora e trocar na high torque aqui de BSB quando abrir, vou pedir pra olharem o sistema de freio e as suspensões.
Tenho notado os TUC TUC na suspensão traseira, já li aqui e inclusive vi na gringa um blog britânico reclamando desse barulho, inclusive o cara fez um vídeo mostrando exatamente onde há o problema. Estou conformado com esse barulho, no futuro, quando for trocar a suspensão irei na HT bsb para que tentemos solucionar esse TUC TUC. A propósito, isso tbm é annoying (chato) pra kraleo pq nossas vias tem quebramolas e buraco pra kcet. Pagamos um rio de IPVA e não merecemos isso. Votemos contra o IPVA!
Vou falar minha opinião. Gostaria que fosse igual nos EUA. Por peso. né?
[mention=2091]RicW[/mention] pelas dicas. Boa sorte com os problemas que tem enfrentado com a css. abs.

Uso bastante a técnica do@Desbravador também. O câmbio em S reduz sempre uma ou duas marchas e coloca você em RPM mais alta, o que minimiza o lag. E mais duas dicas:
1) Se tiveres o seletor de modos de condução, coloque o motor em "sport" e cutuque a alavanca pra voltar o câmbio para "D". Vai tornar sua curva do acelerador mais plana. Não vai fazer diferença prática no consumo. Ao desligar e ligar o carro ele mantém a configuração.
2) Comunique sua intenção antecipadamente. Por exemplo: ao ultrapassar, não deixe pra pisar só na hora do ataque. Aumente ligeiramente a pressão no acelerador 1 ou 2 segundos antes, para que o DSG entenda que você está "mal intencionado". Ele fica mais espertinho também. Uso isso muito para atravessar cruzamentos também. Uma pisadinha de leve e, quando tiver de fato o espaço, afundo o pé.
Abraço!

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá amigos. Entrei no Forum há alguns dias, mas não conseguia lêr todas as páginas. Hoje, graças a orientação do colega Jorge Fox, estou conseguindo. Gostaria de parabenizar o grupo. O que mais me chamou a atenção, foi a cordialidade, e conhecimento dos membros. Tenho um  TSI 13/14 com 45.000 kms. e estou super satisfeito. O Golf, é o tipo de carro que vc acorda e vai comprar o pão na cidade vizinha, só pra dirigir mais um pouco.  Já tive carros mais caros, mas nenhum, me deu tanta satisfação quanto o Golf. Até hoje, dirijo com uma satisfação de quem tem o carro a apenas uma semana. Porém, uma coisa que muito me preocupa é o DSG. Não gostaria de ser pego de surpresa, no meio de uma viagem por exemplo. Tenho pensado, e estou amadurecendo a idéia de me adiantar. Tenho notado de uns tempos pra cá, uma leve trepidação nas mudanças de 2ª pra 3ª marcha. Penso em rodar mais uns 5 mil kms, e trocar logo a mecatrônica, e a embreagem. Não consegui ler todas as páginas ainda, mas pelo que percebi (me corrijam se estiver errado) o preço da troca da mecatrônica vem caindo. Para trocar de carro hoje, gastaria mais de R$60 mil, e no caso do Golf por exemplo, perderia muito em relação ao meu (DSG, barra de torção, auto hold), etc) . Pensei em gastar uns R$20 mil (mecatrônica e embreagem), e ficar com o carro mais uns 3, ou 4 anos.  O que vcs acham? Gostaria da opinião sincera de vcs. Outra coisa, apesar de ser 100% satisfeito com o Golf, detesto as CSS VW. Tive péssimas experiências só nas trocas de óleo, que eles chamam de "revisão". No dia em que acabou minha garantia, nunca mais quis passar nem na esquina de uma CSS VW. Em uma dessas "revisões", o "profissional", queria completar a agua do reservatório do arrefecimento até a boca (já estava no nível máximo), e com agua da torneira. Alguém conhece alguma oficina de excelência em cambios no Rio de Janeiro??? Desde já, grato pelas opiniões.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 24/03/2017 at 0:17 AM, Sobrinho disse:

Fala Jorjão!

Eu só confio neles! Os caras parecem ser feras nesse assunto, creio que eles dominam essa área bem. Hj no Brasil, sem sombra de dúvidas, eles e a Car Pulse são referências nesse quesito de câmbios. Os caras são NINJAS! Assim que tiver um tempo de uma lida no site deles. Tem muitas coisas interessantes. Caso eu morasse aí para essas bandas, ficaria com esse carro uns trocentos anos.

Agora, esse gordinho do vídeo é o maior barato. Parece aqueles vendedores de carros em feirões. Até o Marcelo Adnet, trabalha nessa Automatik. Olha ele aí em cima de camiseta verde. Por isso o do cavanhaque é o maior comédia.

Abraçaço.

Car Pulse é aqui no Rio né Sobrinho. Você conhece bem o serviço deles? Eles tem experiência com DSG???

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Blackbird disse:

Olá amigos. Entrei no Forum há alguns dias, mas não conseguia lêr todas as páginas. Hoje, graças a orientação do colega Jorge Fox, estou conseguindo. Gostaria de parabenizar o grupo. O que mais me chamou a atenção, foi a cordialidade, e conhecimento dos membros. Tenho um  TSI 13/14 com 45.000 kms. e estou super satisfeito. O Golf, é o tipo de carro que vc acorda e vai comprar o pão na cidade vizinha, só pra dirigir mais um pouco.  Já tive carros mais caros, mas nenhum, me deu tanta satisfação quanto o Golf. Até hoje, dirijo com uma satisfação de quem tem o carro a apenas uma semana. Porém, uma coisa que muito me preocupa é o DSG. Não gostaria de ser pego de surpresa, no meio de uma viagem por exemplo. Tenho pensado, e estou amadurecendo a idéia de me adiantar. Tenho notado de uns tempos pra cá, uma leve trepidação nas mudanças de 2ª pra 3ª marcha. Penso em rodar mais uns 5 mil kms, e trocar logo a mecatrônica, e a embreagem. Não consegui ler todas as páginas ainda, mas pelo que percebi (me corrijam se estiver errado) o preço da troca da mecatrônica vem caindo. Para trocar de carro hoje, gastaria mais de R$60 mil, e no caso do Golf por exemplo, perderia muito em relação ao meu (DSG, barra de torção, auto hold), etc) . Pensei em gastar uns R$20 mil (mecatrônica e embreagem), e ficar com o carro mais uns 3, ou 4 anos.  O que vcs acham? Gostaria da opinião sincera de vcs. Outra coisa, apesar de ser 100% satisfeito com o Golf, detesto as CSS VW. Tive péssimas experiências só nas trocas de óleo, que eles chamam de "revisão". No dia em que acabou minha garantia, nunca mais quis passar nem na esquina de uma CSS VW. Em uma dessas "revisões", o "profissional", queria completar a agua do reservatório do arrefecimento até a boca (já estava no nível máximo), e com agua da torneira. Alguém conhece alguma oficina de excelência em cambios no Rio de Janeiro??? Desde já, grato pelas opiniões.

Pelo que estou vendo no seu relato, sua garantia de fabrica já acabou!

Dica: vá a uma css e explique o seu problema no DSG! Já soubemos de casos por aqui que tiveram atendimento dado pela VW, mesmo com o término da garantia!

Não custa tentar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como disse o velho e sábio poeterio Nóstravamus; Cinquenta mil km passarás, cem mil km não chegarás.

Meu carro desde novo sempre teve a LEVE trepidação no creeping à frente tanto na fase fria quanto quente, retenções e tilintar de chocalho de cascavel do dsg idem. De uns tempos para k, mas precisamente pós troca de óleo da sétima revisão o meu Nelore tem apresentando um comportamento um tanto quanto anormal.

Trepidação em marcha ré além do já conhecido. Trepidação essa, igual tremedeira de Bugio com malária. Muito irritante! Outra coisa, o barulho dos discos de embreagens, que antes somente era audíveis quando se passava em lugares com muros e o som reverberava. Tenho ouvido o lazarento em campo aberto, tava parecendo que eu tinha amarrado uma dúzia de latinha vazia do guaraná Dolly na rabeta do carro. Quero deixar bem claro aqui, que muito, mais muito antes de comprar o carro eu já sabia desse barulho que tira o sono de muitos. O que quero dizer é que ele tá alguns decibéis além do NORMAL.

Carro hj na casa dos 77kkm, Mexicano 15/15, 021 meses de uso. Uso esse que na sua totalidade estradeiro.

Esses sintomas tão antecipados para uma carro da forma que eu uso, vieram como uma bigornada nos meus ZOVOS. Não sou de ficar sem dormir por isso e nem me descabelar. Vou tocando o barco até quando aparecer a mensagem de câmbio avariado seguido do fatídico triângulo. Também tão pouco vou levar carro em Ccs desse modo para ouvir o jargão; Característica do produto. Vou tocando até a troca de óleo de oitenta mil e ver qualé que é. Só não espero que ele me deixe à deriva e nas mãos nesses confins de meu Deus, onde o vento faz a curva e Judas perdeu as meias.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Sobrinho disse:

 igual tremedeira de Bugio com malária.....

Rindo muito aqui......Na verdade, rindo pra não chorar.

Pelo menos seu carro ainda está na garantia. O meu tem 44 meses mas menos de 28000 kms. Com retenção e barulho do DSG, mas segue firme e forte.

Continuo incluindo ele todas as noites nas minhas orações, e desde que ele perdeu a garantia, entrei pra uma igreja, passei a ser dizimista fiel e incluir ele também nas correntes de orações da igreja.

Abç

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Como disse o velho e sábio poeterio Nóstravamus; Cinquenta mil km passarás, cem mil km não chegarás.
Meu carro desde novo sempre teve a LEVE trepidação no creeping à frente tanto na fase fria quanto quente, retenções e tilintar de chocalho de cascavel do dsg idem. De uns tempos para k, mas precisamente pós troca de óleo da sétima revisão o meu Nelore tem apresentando um comportamento um tanto quanto anormal.
Trepidação em marcha ré além do já conhecido. Trepidação essa, igual tremedeira de Bugio com malária. Muito irritante! Outra coisa, o barulho dos discos de embreagens, que antes somente era audíveis quando se passava em lugares com muros e o som reverberava. Tenho ouvido o lazarento em campo aberto, tava parecendo que eu tinha amarrado uma dúzia de latinha vazia do guaraná Dolly na rabeta do carro. Quero deixar bem claro aqui, que muito, mais muito antes de comprar o carro eu já sabia desse barulho que tira o sono de muitos. O que quero dizer é que ele tá alguns decibéis além do NORMAL.
Carro hj na casa dos 77kkm, Mexicano 15/15, 021 meses de uso. Uso esse que na sua totalidade estradeiro.
Esses sintomas tão antecipados para uma carro da forma que eu uso, vieram como uma bigornada nos meus ZOVOS. Não sou de ficar sem dormir por isso e nem me descabelar. Vou tocando o barco até quando aparecer a mensagem de câmbio avariado seguido do fatídico triângulo. Também tão pouco vou levar carro em Ccs desse modo para ouvir o jargão; Característica do produto. Vou tocando até a troca de óleo de oitenta mil e ver qualé que é. Só não espero que ele me deixe à deriva e nas mãos nesses confins de meu Deus, onde o vento faz a curva e Judas perdeu as meias.
Chefe, vou te mandar a real: de todos os sintomas que você descreve, o que aparece com frequência associado aos problemas de câmbio é a trepidação em ré. Acho que tem boas chances de você estar com a embreagem K2 ferrada. E tomara que seja só isso... Até porque um problema no seu carro aumenta muito as chances do meu dar pau também, kkk...

Não deixe de falar com eles nos 80k. Abraço e boa sorte!

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, RicW disse:

Chefe, vou te mandar a real: de todos os sintomas que você descreve, o que aparece com frequência associado aos problemas de câmbio é a trepidação em ré. Acho que tem boas chances de você estar com a embreagem K2 ferrada. E tomara que seja só isso... Até porque um problema no seu carro aumenta muito as chances do meu dar pau também, kkk...

Não deixe de falar com eles nos 80k. Abraço e boa sorte!

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk
 

Fala Delegado de São José das Trevas. Peraí, me explique melhor por gentileza, o que seria essa embreagem K2? Ímpares, pares, em qual  dessas a ré se enquadra?

De K, só entendo e vi aquele filme. K - 9 Um Policial Bom Para Cachorro.

Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Fala Delegado de São José das Trevas. Peraí, me explique melhor por gentileza, o que seria essa embreagem K2? Ímpares, pares, em qual  dessas a ré se enquadra?
De K, só entendo e vi aquele filme. K - 9 Um Policial Bom Para Cachorro.
Obrigado.
K1: embreagem que serve as marchas 1, 3, 5 e 7
K2: embreagem de 2, 4, 6 e à ré.

Abraço!

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, RicW disse:

K1: embreagem que serve as marchas 1, 3, 5 e 7
K2: embreagem de 2, 4, 6 e à ré.

Abraço!

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk
 

Vc que tem conhecimento de causa e "transita" pelos outros clubes do MK7 mundo afora. Traduzindo então; Isso que vc acabou de explicar nas marchas pares + ré onde se encontra a K2, com o tempo essas marchas pares também vão dar o efeito colateral de tremedeira ou não necessariamente?

Primeiro é no creeping da ré(onde é mais calmo e sereno) e consequentemente é mais perceptível e depois para as marchas pares?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Vc que tem conhecimento de causa e "transita" pelos outros clubes do MK7 mundo afora. Traduzindo então; Isso que vc acabou de explicar nas marchas pares + ré onde se encontra a K2, com o tempo essas marchas pares também vão dar o efeito colateral de tremedeira ou não necessariamente?
Primeiro é no creeping da ré(onde é mais calmo e sereno) e consequentemente é mais perceptível e depois para as marchas pares?
Não necessariamente.

A vibração no "creeping" parece ter natureza distinta, semelhante à de um carro em que trocamos a marcha em RPM baixa demais. Essa dos problemas de câmbio parece ser bem mais intensa.

A tremedeira é mais perceptível onde há mais escorregamento, que seria na 1a, no caso de K1, e na ré para K2. Nas outras marchas você só sente em casos extremos.

Já fez o teste de desgaste das embreagens?

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No caminho de volta do trabalho para minha casa tem uma ladeira (subida) e bem no meio dela uma lombada. O carro vem bem de segunda ou até terceira marcha, mas é só chegar na lombada que eu tenho que espetar uma primeira sem dó, senão o carro não avança. Isso com álcool ou gasolina (afinal os 20,5 kgfm de torque são os mesmos). Essa foi a única situação, até agora, que me deixou triste com o desempenho do 1.0 TSI.

Enviado de meu SM-A520F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
No caminho de volta do trabalho para minha casa tem uma ladeira (subida) e bem no meio dela uma lombada. O carro vem bem de segunda ou até terceira marcha, mas é só chegar na lombada que eu tenho que espetar uma primeira sem dó, senão o carro não avança. Isso com álcool ou gasolina (afinal os 20,5 kgfm de torque são os mesmos). Essa foi a única situação, até agora, que me deixou triste com o desempenho do 1.0 TSI.

Enviado de meu SM-A520F usando Tapatalk


Fica triste não.

O pessoal do 1.4 manual relata algo semelhante. Esse torque todo do 1.0 só aparece com 2000 rpm, então vai exigir algum trabalho mesmo. No caso do 1.4 são 1500 rpm, mas mesmo assim tem que acelerar um bocado e dosar bem na embreagem. Ou usar a 1a, que é o que a turma faz mesmo.

Abraço!

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 minutos atrás, RicW disse:

Não necessariamente.

A vibração no "creeping" parece ter natureza distinta, semelhante à de um carro em que trocamos a marcha em RPM baixa demais. Essa dos problemas de câmbio parece ser bem mais intensa.

A tremedeira é mais perceptível onde há mais escorregamento, que seria na 1a, no caso de K1, e na ré para K2. Nas outras marchas você só sente em casos extremos.

Já fez o teste de desgaste das embreagens?

Enviado de meu SM-G935F usando Tapatalk
 

Ainda não, tinha até me esquecido desse procedimento....

Segundo a LuK (fabricante das embreagens do DSG) para testar se estas estão desgastadas deve-se:

1) conduzindo com o motor em temperatura normal, colocar o câmbio no manual em 6ª marcha.

2) estabilizar o motor entre 1000 e 1500

3) Acelerar totalmente, porém sem acionar o kickdown

4) observar o tacômetro. Se o RPM subir mais de 200 durante a aceleração, a embreagem está desgastada. Se não, está ok.

5) repetir o procedimento em 7ª.

É desse modo né?

Só lembrando que, quando o desgaste das embreagens é logo no início, esse teste não serve de parãmetros. Pois pode dar um positivo/falso que as embreagens estão ok. Confere?

Obrigado por responder e obrigado pela dica. Semana passada cheguei de viagem(estive em Goiânia) fez um frio de arrancar Pica-Pau Do Oco. Aproveitei e tirei uma semana de coçação. Por coincidência ou não na viagem de ida, peguei um congestionamento de uns cinquenta km, nesses uns vinte km de serra. E lá dentro de Goiânia aquela anda e para infernal, que esse carro até então nunca tinha visto. Pode ser coincidência ou fruto da minha imaginação esses discos de embreagens do k2 dar pau.

Quarta que vem é minha folga e vou fazer esses testes das embreagens.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Confesso que tristeza é um termo muito exagerado, acho que ficaria melhor dizer choque de realidade. O carro é 1.0 com turbo e injeção direta, então só usando a primeira mesmo pra subir a rotação mais rapidamente. Mas até me acostumar eu tomei uns sustos.
Outra coisa que estranhei (Mas positivamente) é o acerto do controle de tração. Achei o do Golf bastante permissivo e até dá pra cantar pneu se não souber dosar o acelerador. No Civic eu nunca consegui cantar pneu com ele ligado, se forçasse o torque nas rodas caía absurdamente, era nítido que o TC estava cortando e a luzinha piscava loucamente no painel. Tinha vezes que eu preferia andar com ele desligado de tão incômodo que era (especialmente quando chovia, na cidade).

Abraço

Enviado de meu SM-A520F usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite, pessoal!

Estava lendo as conversas de vcs a respeito do TC e me lembrei que uma vez na chuva, não lembro se o ASR estava em OFF! Mas lembro que parei e atochei o pé no acelerador e o carro atingiu 6500RPM, trocou pra 2a marcha, não parou de patinar e logo foi pra 3a! Nunca mais vi ele chegar a 6500RPM!

Amanhã o meu carro vai fazer 20.000km e percebi que o ASR dele hoje entra mais suave que quando era novo!

Quando era novo e eu pisava fundo ele dava muita pancada na 1a e as vezes na 2a tbm! As pancadas, creio eu serem proveniente dos freios segurando as rodas!

Hoje é mais difícil dar pancadas e percebo ele patinar um pouco mais!

Mas em resumo, hoje acho o comportamento dele melhor, principalmente quando desligo o ASR, pois consigo dar mais gás no meio das curvas de baixa em 2a marcha, ele não escapa! Faço elas mais rápidas!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
30 minutos atrás, RodrigoSP2 disse:

Confesso que tristeza é um termo muito exagerado, acho que ficaria melhor dizer choque de realidade. O carro é 1.0 com turbo e injeção direta, então só usando a primeira mesmo pra subir a rotação mais rapidamente. Mas até me acostumar eu tomei uns sustos.
Outra coisa que estranhei (Mas positivamente) é o acerto do controle de tração. Achei o do Golf bastante permissivo e até dá pra cantar pneu se não souber dosar o acelerador. No Civic eu nunca consegui cantar pneu com ele ligado, se forçasse o torque nas rodas caía absurdamente, era nítido que o TC estava cortando e a luzinha piscava loucamente no painel. Tinha vezes que eu preferia andar com ele desligado de tão incômodo que era (especialmente quando chovia, na cidade).

Abraço

Enviado de meu SM-A520F usando Tapatalk
 

Antes do Golf eu tinha um G5. O G5 1.6 também exigia a primeira marcha em quebra-molas, senão saia engasgando e querendo morrer o motor. Era uma coisa que eu não gostava no G5, e que não mudou nada no TSi. Depois de 178.000km rodados G5, eu já estava perfeitamente vacinado, e nem tive traumas de adaptação com TSi. Já o ESP/TC/ABS/ETC pode estar relacionado com a condição de aderência do pneu contra o asfalto. Quanto menos o pneu escorrega, menos esses sistemas de correção atuam. o antigo Fit (1.5 EX CVT) da minha namorada possuía os pneus R14, e mesmo sendo pneus novos e veículo devidamente alinhado não era incomum a atuação persistente do ABS  em algumas frenagens repentinas. Já o atual (o antigo deu PT, mas o modelo comprado foi o mesmo) veio com com rodas R16 e um pneu de perfil mais esportivo. Já tentei, uma dezenas de vezes, a frenagem para forçar o acionamento do ABS, e ainda não consegui! O veículo freia muito antes do previsto, e sem a necessidade de trepidar o pedal do freio. Também não canta pneu em curva.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essas sopas de letrinhas são bem evasivas. No Golf elas são sutis demais, taí uma coisa que eu admiro e tiro o chapéu nesse carro. Ponto positivo para a engenharia. No antigo carro que tinha(hb20), antes de chegar em um quebra molas e freia-se com vigor, caso o asfalto tivesse aqueles encaroçados(calombo) o abs já entrava e era acionando com extrema facilidade. Hj vindo na mesma velocidade e freando com vigor nos mesmos lugares o Mk7 não faz nem cócegas. Mas os flashbacks remontam a minha cabeça dando aquela sensação que o abs vai atuar.  Quem já teve ou dirigiu hb20 vai entender o que eu estou dizendo, entrava com extrema facilidade, muito invasivo. E o barulho dele atuando era deveras irritante, parecendo atrito de chapa de ferro com ferro........"Característica do projeto".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
26 minutos atrás, Jorge Jox disse:

Boa noite, pessoal!

Estava lendo as conversas de vcs a respeito do TC e me lembrei que uma vez na chuva, não lembro se o ASR estava em OFF! Mas lembro que parei e atochei o pé no acelerador e o carro atingiu 6500RPM, trocou pra 2a marcha, não parou de patinar e logo foi pra 3a! Nunca mais vi ele chegar a 6500RPM!

Amanhã o meu carro vai fazer 20.000km e percebi que o ASR dele hoje entra mais suave que quando era novo!

Quando era novo e eu pisava fundo ele dava muita pancada na 1a e as vezes na 2a tbm! As pancadas, creio eu serem proveniente dos freios segurando as rodas!

Hoje é mais difícil dar pancadas e percebo ele patinar um pouco mais!

Mas em resumo, hoje acho o comportamento dele melhor, principalmente quando desligo o ASR, pois consigo dar mais gás no meio das curvas de baixa em 2a marcha, ele não escapa! Faço elas mais rápidas!

Essas pancadas que você cita aí são tipo uns "socos" irritantes parecendo que vem de dentro do motor? Já senti essas pauladas, umas 2 vezes, saindo com tudo de segunda marcha. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

  • Conteúdo Similar

    • Por OrzFull
      Camaradas, em maio 18, comprei esse Comfortline 14/14 do meu primo que mudou pra Alemanha. Ele comprou um GTI lá.
      O carro está em ótimas condições e a KM é porque ele fazia o trajeto Jundiaí-SP todo dia praticamente.
      Como é natural, acredito, com a maioria dos donos de 1.4, eu quero pular pra um GTI. Aceito troca e volto a diferença.
      O cambio do carro está perfeito e nunca deu qualquer falha. Meu primo me disse que numa das revisões (60 ou 70 ,il km), disseram a ele que tinham atualizado o SW do DSG. Ele me disse que o carro passou a reter menos marchas em piso ruim.
      https://www.webmotors.com.br/c/25005497
      Moro no RJ (até Dez/19). O Carro está em Lorena-SP.
      Forte Abraço (61)99878 1986 - Whatsapp
       
      aço a todos.
    • Por guiqfc
      Boa Tarde amigos ! Tenho um golf tsi 2017 cambio tip tronic Uma curiosidade o seu reduz de 3a para 1a marcha direto ? ou ele reduz 3 ,2,1 o meu esta reduzindo de 3a marcha para 1a direto não passa pela 2a. Deixei na autorizada para ver e ele so reduz para segunda quando estou em descidas e tbm da um pequeno tranco quando entra segunda amigos... Acho q meu cambio veio premiado com esse problema...     RESPONDER    
    • Por gabrielcosta
      Oi gente, boa tarde!
      Adquiri um GOLF GTI modelo mexicano ano/modelo: 2015 com 27.000 kms rodados, estou com ele há um mês, sem reclamações do carro! Porém e até então só andando na cidade e não passei dos 100 km/h.
      Tive que viajar e percebi que ao passar dos 120 km/h sinto uma vibração no carro, inclusive ao frear em alta velocidade. Cheguei de viagem e levei o carro na concessionária,  para também fazer sua 7a revisão e já aproveitei e expliquei o que estava ocorrendo e que verificassem se havia algum problema em suspensão, freios, etc. Ao buscar o carro, o consultor me informou que não identificaram nenhum problema. 
      Esta vibração é normal mesmo? Neste caso, o que devo fazer? Procuro alguma mecânica de confiança ou levo em outra concessionária?
      Obrigado a todos desde já.
    • Por joaoh2
      Faala, Pessoal.

      Meu nome é João entrei recentemente no fórum e estou em busca de um Golf tsi com câmbio manual. 
       Preferência por: 
      - baixa km
      - highline
      - com teto solar
    • Por Wr_beier
      Oi pessoal, tenho um mk7 2018, com o câmbio DSG 6, alguém sabe se o câmbio melhorou da geração passada, ou continua dando problema?