RicW

Simulador de Desempenho - Golf 1.4 TSI

Recommended Posts

16 minutos atrás, alvinopp disse:

Muitos falam dos exageros cometidos pelos dinamômetro da FullPower, mas confesso que sempre fico com a pulga atrás da orelha ao ter que acreditar que o Golf 1.4 TSI tem apenas 140 cavalos.

Uma dúvida.. No caso dos dinamômetros da FullPower, se eles "mentem" na potência de alguns carros (como o Golf), porque acertam em outros carros aspirados e até turbos? Exemplo: Já cheguei a assistir todos os vídeos da playlist de dinamômetro da FullPower no Youtube, e o T-jet marcou potência praticamente igual à declarada pela Fiat (~150cv). Os THP também (~165cv). Carros aspirados como Civic, Punto 1.8, e vários outros, também acertaram em cima.. Só o Golf não? 

Nunca vi todos os vídeos da FullPower, mas por coincidência todos que vi davam uma potência bizarramente maior que a anunciada. Eu não fico com a pulga atrás e acredito que o Golf tenha sim os 140 cv divulgados. O que eu acredito que acontece é que quando os (felizes, inteligentes e bonitos) donos do Golf aceleram, sentem aquele torque forte do carro já em baixíssima rotação, e isso pode dar a sensação de que o carro tem mais do que 140 cv. Porém podem se esquecer que o carro fica beeeeem mais fraquinho e com jeito de carro "normal" em altas rotações, como 5000 ou 6000 RPM, onde o torque já é bem mais baixo. Se você ver o vídeo do Golf Hatch, a FullPower diz 177 cv. Se ver o vídeo do Golf Variant com o mesmo motor, câmbio e etc., a FullPower diz 166 cv... Tem alguma coisa meio desajustada ai, né? xD

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 10/23/2016 at 5:41 PM, RicW disse:

Galera,

Montei um modelo de simulação de desempenho do Golf 1.4 TSI. É um bem simples, e só funciona para plena carga (acelerador totalmente aberto), mas permite “brincar” um bocado. No mínimo, dá para calcular velocidade máxima e tempo de zero a 100 km/h. Dá também pra ver o efeito que fatores como o peso dos ocupantes e bagagem, condições ambientais (como a altitude e a temperatura) e inclinação da pista tem no desempenho.

Logo de cara, gostaria de deixar claro que esta simulação não pretende estabelecer nenhuma verdade absoluta, mas sim fornecer algumas respostas com base em uma boa e coerente aproximação da realidade.

Para começar, um pouco de física. O modelo que governa a aceleração e a velocidade de um carro é bem simples, e deve considerar três forças básicas:

- Resistência ao rolamento: é a força imposta pelos pneus em contato com o asfalto, em função de sua deformação. Simplificadamente, depende de características do pneu e do peso do carro em movimento.

- Resistência aerodinâmica: é a resistência do ar atmosférico a um corpo que se movimenta nele. É a força que você sente se puser sua mão para fora do carro em alta velocidade. Depende do formato do carro, de sua área frontal e de algumas escolhas que o fabricante faz no projeto, e que podem ajudar ou atrapalhar. É proporcional ao quadrado da velocidade.

- Tração do motor: é a força produzida pelas rodas em contato com o asfalto, resultado da divisão do torque disponível nas rodas pelo raio efetivo dos pneus.

Quando a tração for maior que as soma das resistências, o carro acelera. Se a soma das resistências for maior que a tração, ele desacelera. Se a tração for igual a essa soma, a velocidade será constante.

Curiosidade: em baixa velocidade, a resistência ao rolamento é maior que a aerodinâmica. Em alta velocidade, é a aerodinâmica quem manda. No Golf, andando no plano, por volta dos 65 km/h elas são iguais. Vejam no gráfico:

jOkO0MFK.png

Podemos também falar em termos de potência, que talvez seja mais fácil de entender para alguns. Potência é o resultado da multiplicação da força pela velocidade (ou do torque pela velocidade de rotação, no caso de potência em eixos).

- Potência disponível no motor: obtida multiplicando o torque no eixo do motor pelo RPM.

- Potência disponível nas rodas: é a potência no motor menos as perdas de transmissão.

- Potência requerida: resulta da multiplicação da soma das resistências de rolamento e aerodinâmica pela velocidade do carro.

Quando a potência disponível nas rodas for maior que a requerida, o carro acelera. Se a requerida for maior que a disponível nas rodas, desacelera. Se forem iguais, a velocidade será constante.

Programei as equações, catei um monte de informação na internet e com isso alimentei o tal modelo. Pro Golf 1.4 TSI, utilizei os seguintes dados:

- Peso vazio: 1240 kg

- Carga-paga: 120 kg (motorista 80 kg + combustível 40 kg)

- Coeficiente de resistência ao rolamento: 0,010 (Literatura. Pneus radiais sobre concreto)

- Coeficiente de resistência aerodinâmica (Cd, Cx ou Cw): 0,31 (valor do Golf MK6. Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Automobile_drag_coefficient)

- Área frontal: 2,2 m2 (tirei de uma projeção a partir do CAD)

- Perda de potência do motor às rodas: 12% (valores normais ficam entre 10% e 15% para carros com tração dianteira)

- Relações de transmissão: obtidas na internet (e validadas por mim em teste):

Nda60NCg.png

- Curva de torque do motor EA 211 TSI (publicada na internet):

W6zKXrRe.png

Mas chega de lero-lero, e vamos para o que interessa. Fiz uma simulação no nível do mar, temperatura do ar de 20°C e pista plana (sem aclive ou declive). Vejam o resultado:

YCbmURP4.png

No gráfico, a potência está em quilowatts (kW) porque é uma unidade do Sistema Internacional e isso facilita as contas. Convertendo, 140 CV = 103 kW. A potência máxima nas rodas, no entanto, não passa dos 91 kW (ou 124 CV) por conta das perdas normais (transmissão, diferencial, etc.)

A simulação deu um resultado de velocidade máxima de 211 km/h, muito próxima da declarada pela VW, de 212 km/h. Isso significa que os dados que eu assumi devem estar bem próximos dos reais. O tempo do zero a 100 km/h ficou bem coerente também: 8,5 segundos.

Eu sempre acredito na potência divulgada pelos fabricantes (com exceção da Hyundai...) por uma série de motivos que já enumerei diversas vezes, mas esta simulação serviu pra "tirar a prova”. Conclusão: a potência, a velocidade máxima e o zero a 100 km/h são totalmente coerentes , então a lógica diz que não há razão para duvidar dos valores oficiais publicados pela VW!

Detalhe: esta velocidade máxima é a real, não a indicada no velocímetro. Segundo expliquei neste post, a velocidade indicada será maior. Mais precisamente, para carros com rodas 16" ou 17" e pneus em medidas originais, espero que a velocidade máxima indicada no painel, a 211 km/h reais, seja de 221 km/h.

Dá pra brincar muito mais. À medida que fizer alguns testes, vou postando aqui. E gostaria de idéias também. Não sei se consigo implementar tudo, mas acho que dá pra se divertir aqui.

Abraço!!!

 

 

@RicW, tem como repostar as fotos? Perdi o tópico e queria ver o que vc compartilhou com a galera :unsure:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, Spielwurfel disse:

Nunca vi todos os vídeos da FullPower, mas por coincidência todos que vi davam uma potência bizarramente maior que a anunciada. Eu não fico com a pulga atrás e acredito que o Golf tenha sim os 140 cv divulgados. O que eu acredito que acontece é que quando os (felizes, inteligentes e bonitos) donos do Golf aceleram, sentem aquele torque forte do carro já em baixíssima rotação, e isso pode dar a sensação de que o carro tem mais do que 140 cv. Porém podem se esquecer que o carro fica beeeeem mais fraquinho e com jeito de carro "normal" em altas rotações, como 5000 ou 6000 RPM, onde o torque já é bem mais baixo. Se você ver o vídeo do Golf Hatch, a FullPower diz 177 cv. Se ver o vídeo do Golf Variant com o mesmo motor, câmbio e etc., a FullPower diz 166 cv... Tem alguma coisa meio desajustada ai, né? xD

O teste que fizeram com o Golf Variant foi com a nova calibração de motor? Flex de 150cv? Pq até a aceleração de 0 a 100 dessa calibração "mais potente" é pior do que a calibração de 140cv, nos dados divulgados pela própria VW..

Não tenho certeza de nada, muito menos coloco minha mão no fogo. Mas que eu acho estranho, eu acho.. Um Civic 2.0 apresentar a mesma potência declarada e estar certo.. e o Golf mostrar uma potência a mais e ser errado..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, alvinopp disse:

 Um Civic 2.0 apresentar a mesma potência declarada e estar certo.. e o Golf mostrar uma potência a mais e ser errado..

Pq um é turbo e o outro aspirado. Acho que isso já foi debatido aqui no fórum, mas dá uma lida neste artigo.

http://bestcars.uol.com.br/bc/mais/cons-tecnico/turbo-a-sobrepressao-temporaria-e-a-potencia-efetiva/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
38 minutos atrás, alvinopp disse:

O teste que fizeram com o Golf Variant foi com a nova calibração de motor? Flex de 150cv? Pq até a aceleração de 0 a 100 dessa calibração "mais potente" é pior do que a calibração de 140cv, nos dados divulgados pela própria VW..

Não tenho certeza de nada, muito menos coloco minha mão no fogo. Mas que eu acho estranho, eu acho.. Um Civic 2.0 apresentar a mesma potência declarada e estar certo.. e o Golf mostrar uma potência a mais e ser errado..

O civic 2.0 é aspirado. Se o teste fosse realizado no nível do mar, o civic também daria potência a mais. 

 

Segundo o wiki, SP/SP está a 760m de altitude, assim um carro aspirado perde entre 7%-8% de potência nessa altitude. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, chrisarec disse:

Pq um é turbo e o outro aspirado. Acho que isso já foi debatido aqui no fórum, mas dá uma lida neste artigo.

http://bestcars.uol.com.br/bc/mais/cons-tecnico/turbo-a-sobrepressao-temporaria-e-a-potencia-efetiva/

Bacana, gostei do artigo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
28 minutos atrás, chrisarec disse:

Pq um é turbo e o outro aspirado. Acho que isso já foi debatido aqui no fórum, mas dá uma lida neste artigo.

http://bestcars.uol.com.br/bc/mais/cons-tecnico/turbo-a-sobrepressao-temporaria-e-a-potencia-efetiva/

 

26 minutos atrás, DSM disse:

O civic 2.0 é aspirado. Se o teste fosse realizado no nível do mar, o civic também daria potência a mais. 

 

Segundo o wiki, SP/SP está a 760m de altitude, assim um carro aspirado perde entre 7%-8% de potência nessa altitude. 

Então.. realmente a influência da altitude e pressão do ar sobre um carro aspirado faz sentido...

 

EDIT: Eu comentei sobre os motores THP e T-jet darem potências iguais às declaradas, mas me enganei. Fui conferir a informação e realmente no dinamômetro fullpower, as potências foram maiores também. 

Provavelmente pelo motivo explicado no artigo..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, alvinopp disse:

 

Então.. realmente a influência da altitude e pressão do ar sobre um carro aspirado faz sentido..

Mas e se formos comparar com o T-jet ou o THP então, onde ambos apresentaram a  mesma potência declarada no dinamômetro, podemos concluir que os mesmos possuem uma potência menor que a declarada pela fábrica? Já que o turbo elimina o impacto de altitude e pressão do ar?

O que eu entendi do artigo é que nos turbos existe um pico de potência inicial mas que não é sustentado por muito tempo, por isso as montadoras divulgam a potência que é mantida estabilizada. Acho que isso deve acontecer tb nos FIAT e PUG.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, chrisarec disse:

O que eu entendi do artigo é que nos turbos existe um pico de potência inicial mas que não é sustentado por muito tempo, por isso as montadoras divulgam a potência que é mantida estabilizada. Acho que isso deve acontecer tb nos FIAT e PUG.

 

Eu entendi isso também..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, RicW disse:

 

3 horas atrás, RicW disse:

@Spielwurfel, aqui para mim está aparecendo normal, mas seguem os links:

jOkO0MFK.png

Nda60NCg.png

W6zKXrRe.png

YCbmURP4.png

Abraço!

 

Valeu!! O estranho é que agora apareceu tudo pra mim, até do post inicial...

Mas de qualquer maneira, curti os gráficos, bem interessantes. Em relação a potência requerida e disponível, achei interessante que a 120 Km/h exige o dobro de potência do que a 90 Km/h. Vou pegar o meu leitor OBD depois e medir o nível de carga do motor. Entendo que deverá dar algo próximo ao dobro. Gostaria de aproveitar o momento e compartilhar um gráfico que fiz também com o meu leitor OBD, da pressão do turbo de acordo com a rotação do motor. A pressão está em Bar. Fiz várias medições para conferir a precisão, e a convergência das pressões a cada rotação está clara. Tudo feito com o pé no fundo x)

Capture.PNG

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 2017-5-11 at 5:34 PM, chrisarec disse:

Pq um é turbo e o outro aspirado. Acho que isso já foi debatido aqui no fórum, mas dá uma lida neste artigo.

http://bestcars.uol.com.br/bc/mais/cons-tecnico/turbo-a-sobrepressao-temporaria-e-a-potencia-efetiva/

Queria fazer uma ponte do texto do Felipe com os upgrades de potência dos motores, especialmente, dos GTI's.

Pelo que entendi, após fazer os upgrades nos carros turbos, os dados que aparecem no  dinamômetro podem, em tese, ser  uma sobrepressão temporária? 

Mesmo que alcancem aumento expressivo no dinamômetro não seria potência efetiva, pois foi apenas um pico em dado espaço de tempo?

Ou seria apenas a metodologia que as montadoras utilizam diferente daquela dos preparadores, uma vez que precisam de "x" segundos como referenciais corretos para se homologar os dados de um motor?

Excelente o tópico e as postagens. Parabéns galera! RicW, como sempre, monstro!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 14/05/2017 at 8:31 AM, Thiagocs disse:

Queria fazer uma ponte do texto do Felipe com os upgrades de potência dos motores, especialmente, dos GTI's.

Pelo que entendi, após fazer os upgrades nos carros turbos, os dados que aparecem no  dinamômetro podem, em tese, ser  uma sobrepressão temporária? 

Mesmo que alcancem aumento expressivo no dinamômetro não seria potência efetiva, pois foi apenas um pico em dado espaço de tempo?

Ou seria apenas a metodologia que as montadoras utilizam diferente daquela dos preparadores, uma vez que precisam de "x" segundos como referenciais corretos para se homologar os dados de um motor?

Excelente o tópico e as postagens. Parabéns galera! RicW, como sempre, monstro!!!

Acho que a  metodologia das montadoras é diferente mesmo. Elas medem a potência no motor, enquanto a maioria dos dinamômetros de preparadores mede nas rodas e corrigem as perdas do sistema.

Acredito que se for feito uma medição antes da preparação e outra depois, no mesmo aparelho, vai quantificar o aumento ou não de potência, mas até que ponto os valores serão "reais" eu já não saberia dizer.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 11/9/2018 at 12:12 AM, fguedes disse:

Alguém tem a relaçao de marchas do NQ200 (DSG7), do SQ6 (MANUAL) e a relaçao do diferencial para me passar?

Obtive do site Autoentusiastas.

Manual de 6 marchas:

1ª - 3,778:1

2ª - 2,118:1

3ª - 1,360:1

4ª - 1,029:1

5ª - 0,857:1

6ª - 0,733:1

Ré - 3,182:1

Diferencial: 3,647:1

DSG7:

1ª - 3,500:1;

2ª - 2,097:1;

3ª - 1,343:1;

4ª - 0,933:1;

5ª - 0,974:1;

6ª - 0,778:1;

7ª - 0,653:1;

Ré - 3,182:1

Diferenciais: 4,800:1 e 3,428:1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 11/05/2017 at 9:32 PM, Spielwurfel disse:

Valeu!! O estranho é que agora apareceu tudo pra mim, até do post inicial...

Mas de qualquer maneira, curti os gráficos, bem interessantes. Em relação a potência requerida e disponível, achei interessante que a 120 Km/h exige o dobro de potência do que a 90 Km/h. Vou pegar o meu leitor OBD depois e medir o nível de carga do motor. Entendo que deverá dar algo próximo ao dobro. Gostaria de aproveitar o momento e compartilhar um gráfico que fiz também com o meu leitor OBD, da pressão do turbo de acordo com a rotação do motor. A pressão está em Bar. Fiz várias medições para conferir a precisão, e a convergência das pressões a cada rotação está clara. Tudo feito com o pé no fundo x)

Capture.PNG

"Em relação a potência requerida e disponível, achei interessante que a 120 Km/h exige o dobro de potência do que a 90 Km/h."

 

E pq a força de resistência do ar aumenta em função quadrática:

Fr = K . v2

Onde k é uma constante que depende da forma do corpo e da área da secção transversal do corpo, perpendicular à direção do movimento.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Outra pergunta, quanto a resistência de rolamento dos pneus, você teria alguma tabela ou alguma formula para fazer esse cálculo? Não estou encontrando esse dado para o desenvolvimento da minha planilha...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia, voce conseguiria disponibilizar no meu e-mail a planilha que voce fez do simulador de desempenho? Gostaria de começar a "brincar" com dados de outros carros...

Meu e-mail caso voce queira disponibilizar: fguedesalexandre@hotmail.com

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

  • Conteúdo Similar

    • Por Brunomri
      Colegas,
      Na QR de fevereiro há um comparativo entre o novo Golf 1.6 MSI e o Focus 1.6. Escolheram ambas as versões com o câmbio manual de 5 velocidades. Assim temos um outro referencial, diferente do que vimos no Carblog, que testou o Golf Tiptronic. Falando sobre desempenho, o resultado foi bem curioso:
      0 a 100 km/h -> Golf 13,6s / Focus 13,8s
      40 a 80 km/h em 3ª -> Golf 8,7 s / Focus 8,9 s
      60 a 100 km/h em 4ª -> Focus 11,8 s / Golf 13,8 s
      80 a 120 km/h em 5ª -> Focus 18,4 s / Golf 25,5 s
      Me chamou atenção a vantagem absurda do Focus na retomada de 80 a 120 km/h, embora os dois carros façam tempos bem ruins. A revista atribui essa diferença pela relação de transmissão mais longa do Golf, porém a rotação dos dois carros a 100 km/h é praticamente a mesma, 2600 rpm no Golf e 2750 rpm no Focus.
      No resto, há uma tendência a favor do Ford nesta publicação, na maneira como ela descreve as virtudes do Focus deixando nas entrelinhas que o Golf não oferece tais qualidades. No caso elas são ergonomia e prazer de dirigir. Eles citam ajuste milimétrico dos bancos e da direção, alavanca do câmbio curta e volante com boa empunhadura, como se o Golf não tivesse essa qualidades.
      Por fim, resta concordar que o Focus entrega mais equipamentos pelo preço. Em contrapartida o Golf tem 7 airbags e controle de tração mesmo nesta versão.
    • Por Marcel
      Meu golf 1.4 está com 40 mil km. Há um tempo comecei a perceber bastante oscilação na aceleração quando estou em subidas.
      A impressão é que o carro não entende que precisa reduzir a marcha para manter a velocidade. Porém o giro do motor fica oscilando sem parar.
      A solução é pisar fundo para que ele reduza a marcha. Mas acabo acelerando mais do que gostaria em determinados trechos.
      Alguém já passou por isso e sabe a solução? Ou é característica do veículo mesmo? Não acredito pois não percebia esse comportamento no início.
    • Por CaUtz
      Boa tarde, galera,
       
      Bom, eu já me apresentei em outro tópico, mas acho que vale repetir aqui... Sou novo aqui no clube, e sou mais um (MUITO!!) feliz dono de um Golf Comfortline DSG + Elegance, negócio fechado em 14/Out, ainda estou aguardando o carro chegar. Vale salientar que eu fiz uma força para pegar os últimos importados, com o câmbio DSG e a multilink na traseira, porque o nacional pra mim não serviria... acho um retrocesso da VW o que fizeram com o carro aqui no Brasil.
       
      Enfim, o que eu quero neste tópico, além de me apresentar para o grupo, é pegar dicas com vocês, que já estão com o carro há mais tempo, tanto nos aspectos técnicos, como desempenho, dirigibilidade, tecnologia (da central multimídia por exemplo), quanto no aspecto de cuidados que se deve ter com o carro e seu avançado conjunto mecânico (motor, transmissão e suspensão traseira).
       
      Quem puder compartilhar algo, fico muito grato.
       
      Saudações a todos.
    • Por Willy
      Recomendo esta avaliação de um dos sites mais técnicos do Brasil.
       
      http://bestcars.uol.com.br/bc/informe-se/avaliacao/teste-vw-golf-variant-retoma-eficiencia-que-andava-esquecida/
    • Por Brunomri
      Boa noite, pessoal!
       
      Gostaria de propor uma discussão pra quem gosta de comparar o desempenho do seu Golf em relação aos outros carros. Muitas vezes, uma ficha técnica e a "guerra dos números" não fornece a noção exata de como é o desempenho de um carro no uso. Principalmente no caso do Golf TSI, cujo motor 1.4 de apenas 140 cv faz muitos duvidarem do seu desempenho, mas nós sabemos que a realidade é bem diferente. Para revelar os fatos, nada melhor do que umas arrancadas ao lado de outros carros pra ver quem se sai melhor.
       
      Das puxadas que eu fiz, a "vitória" que mais me surpreendeu foi contra uma CLA200. Cara não dava passagem na rodovia, eu reduzi pra 3ª e passei pela direita. Depois ele tentou me buscar. Só tentou. Acredito que o menor peso do Golf fez muita diferença, ainda mais por ser uma subida. Enquanto a Merça não fez valer seu visual esportivo e seu preço. Outra puxada legal foi contra um i30 2.0, que não dava passagem e depois de um radar decidiu acelerar tudo na subida que tinha à frente. Fui buscar, e no topo da subida passei ele a 200 km/h, enquanto ele parecia estar a 180. E a "derrota" mais frustrante foi contra um Dodge Charger da década de 70, haha! Tentei seguir ele na rodovia e só vi ele abrir distância enquanto eu pisava tudo. O ronco de V8 era muito brutal, deve estar preparado...
       
      Tenho curiosidade de saber como anda o Golf TSI numa puxada contra um Focus 2.0, DS3, 116i, A3 1.4, A200... Ou então o GTI contra 125i e A250, por exemplo. Mesmo que o rival não seja concorrente, o resultado final pode ser interessante. Na hora de pisar fundo, seu Golf atendeu as expectativas, surpreendeu ou decepcionou? Enfim, seria legal ter os relatos de vocês!