Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 04/23/22 in all areas

  1. 3 points
    chrisarec

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    O Golf MK7 na Europa desliga 2 cilindros quando em velocidade de cruzeiro. Lembro de ter lido que a VW não queria arriscar adotar o mesmo sistema no Brasil por causa da nossa mijolina.
  2. 3 points
    rbnogueira

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    Respeito a opinião de vocês, mas eu tive 5 Golf's e sempre fui fã do mesmo, porém a 4 anos atrás eu resolvi migrar para o Passat B8 0km e é outro carro. O rodar é completamente diferente, ainda mais por ter amortecedores ajustáveis. Uma máquina cheio de mimos, conforto e tecnologias que o GOLF não dispõe nem na versão GTI, além de ter o seguro mais em conta. O descaso da VW Brasil com alguns problemas crônicos do GOLF me fez repensar se valeria a pena continuar com o mesmo, principalmente na suspensão traseira, onde já havia trocado 2 vezes os amortecedores traseiros em garantia e após 6 meses os barulhos voltavam. Solução da VW Brasil, tirar a suspensão independente e colocar eixo de torção. Resolveu o problema? Sim para os novos veículos, e para quem tem suspensão independente faz o que? Senta, chora e se acostuma com os barulhos? Eu tinha um GOLF 1.4 TSI, que depois vim a descobrir que a pessoa que comprou teve problema na mecatrônica do câmbio DSG 7 a seco. Que também era outro ponto que eu imaginava que poderia enfrentar, mas que para minha sorte e azar de quem comprou, ficou para o próximo proprietário. Concordo que a desvalorização do Passat é um pouco maior, mas se eu for pensar em desvalorização não compro nenhum carro e ando de UBER. As peças do Passat também são bem salgadas, mas se for bem cuidado e seguir o manual de manutenção, esse motor EA888 de terceira geração e cambio DSG6 óleo, raramente dão problemas, exceto pela bomba de água que é mais comum. Aproveitei no Passat e liguei todos os recursos que ele dispõe mas que são desligados para o Brasil (lane assist, jam assist, leitor de placas de transito, etc). Sem contar o acabamento ainda melhor do que o GOLF, com bancos de couro "nappa", faróis matrix em LEDs, massageador, iluminação ambiente, soft touch em todas as portas. etc.
  3. 2 points
    renato.rrf

    GOLF GTI 2015, LUZ DE AVARIA

    Pessoal, boas noticias Problema resolvido. Após a troca da peça anterior junto com todos os sensores presentes nela, ainda ficava apresentando o erro: 1 Fault found:17002 - Oil pressure switch 3P168D 00 [101] - Malfunction Substituído o sensor de óleo 3 código: 06L919081 - Cor Verde Localização: Na frente do motor, ao lado esquerdo do tubo do intercooler.
  4. 2 points
    iCardeX

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    Na verdade não creio muito que a abraçadeira de aço simplesmente quebrou do nada. Pego estradas de terra e pistas vicinais, que podem ter contribuído para a quebra prematura ao longo dos anos. Lugares que muitas vezes obrigam o Golf a ficar com até 3 pneus em contato com o solo, por falta de uniformidade de terro. Pode se dizer que abuso da rigidez torcional. Aliás, ela quebrou justamente 1 dia depois de eu ter voltado de Alto Paraíso, onde numa das fazendas que visitei (aonde fica o acesso ao vale da Lua) fui obrigado a pagar uns esporros para o responsável pelo local pois claramente o estado das estradas dentro da fazenda não comportava tráfego de carros pequenos. Os proprietários estavam cagando para isso, queriam mais e só arrecadar os R$ 40,00 por cabeça dentro do carro, e com zero de investimento de infraestrutura. Tanto que nunca mais voltei ao local, e nem pretendo meter o Golf lá de novo. Não vale a raiva.
  5. 2 points
    anghinoni

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    E eu achando que era o Taos e Tcross que iriam receber esse motor novo... https://www.autossegredos.com.br/segredos/exclusivo-novo-vw-polo-etsi-sera-o-1-hibrido-flex-da-marca/ Enviado de meu SM-G985F usando o Tapatalk
  6. 2 points
    anghinoni

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    A VW só trouxe esses MK8 ai pra testar o motor eTSI mild hybrid, senão me engano é aquele que consegue desligar 2 cilindros quando está em velocidade de cruzeiro e usa uma bateria de 48V. Segue mais info tirada do site da VW: Mild hybrid (eTSI). The three eTSI mild hybrid drives of the Golf are world premieres. These are petrol engines that are coupled to a 48 V system plus 7-speed dual clutch gearbox (DSG). A 48 V belt starter generator, a 48 V lithium-ion battery and the latest generation of pioneering, efficient TSI engines mean perfect performance while significantly cutting fuel consumption. The mild hybrid drives will be available with 81 kW/110 PS, 96 kW/130 PS and 110 kW/150 PS. All eTSI models feature a powerful brake energy recuperation function. The 48 V system also makes it possible to coast while the combustion engine has been completely switched off to save even more fuel. Restarting the engine is significantly more convenient thanks to the 48 V system. eTSI models additionally offer extraordinarily good moving-off performance thanks to electric boosts. 48 V mild hybrid drive in detail: the 48 V system will be used in vehicles in addition to the 12 V system. With its relatively small cable diameters and therefore low weight of the wiring harness, it enables the transmission of high electrical power. That leads to recuperation of significantly more energy during braking. The energy stored in the 48 V lithium-ion battery supplies the 12 V vehicle electrical system and drives the 48 V belt starter generator. This belt starter generator takes on the role of the alternator and starter while simultaneously operating as a small, lightweight electric motor that instantly boosts the drive torque when moving off. The output of the generator is transferred by the belt drive. The generator also starts the combustion engine – which is switched off as much as possible while the vehicle is moving – in a barely perceptible way. Provavelmente a VW poderá aplicar esse motor na Taos ou T-Cross, ou só trouxe pra cá pra testar no nosso alcool e mijolina. Edit: Acabei de ver um video, e ele desliga o motor quando está em declives e não 2 cilindros como eu disse:
  7. 2 points
    iCardeX

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    Sou suspeito para falar, apesar de que não estou com a mínima vontade de trocar de carro no momento. O Golf ainda me satisfaz com o seu propósito de ser uma máquina robusta ao tempo que também oferece recursos de segurança muito acima do que temos atualmente no mercado. Fora isso, os valores para veículos novos estão em patamares surreais. Não bastasse isso, perderam bastante a qualidade de materiais de acabamento. Com as reviravoltas que estão ocorrendo nas economias do globo, as contas estão ficando difíceis de fechar em todos os setores da economia. Montadoras estão fundindo-se, marcas estão desaparecendo, qualidade de muitos produtos está decaindo. Acho loucura quem pretende trocar de carro nesse cenário econômico atual do Brasil, e sem uma justificativa muito boa que não seja o simples desejo de consumir. Só continuo alimentando mesmo são os planos de mudar o formato da energia de propulsão do meu carro. Há muito tempo tenho pensado em partir para a tecnologia híbrida, e acho que a Guerra da Ucrânia fará com o mundo acabe acelerando essa tomada de decisão. Sou suspeito para falar sobre qual carro escolheria porque alimento a premissa de que "melhor que um Golf, só outro Golf". Aliás, o Golf MK8 está entre nós....
  8. 1 point
    Os Golfs mk7 de 2013 ao 2017, pecam no acabamento próximo as dobradiças das portas dianteiras. Muitos parafusos a mostra, umas chapas na dobra dos para-lamas mal pintadas, e no fundo uma espuma que não ajuda a dar boa impressão. Observei que os Golfs mk7,5, usam uma espécie de canaletas de plástico em ambos os lados das portas. Resolvi encomendar 2 canaletas originais na concessionária, preço na época: R$ 240,00 reais cada. O maior trabalho foi retirar as portas do carro, quanto a instalação foi rápida. Gostei do resultado; as canaletas tampam o mau acabamento, e ainda evita passar sujeira, vindo da caixa de roda, para a região das soleiras.
  9. 1 point
    Fabricio7

    Led na Soleira GOLF GTI

    Pessoal, não tirem só a parte de inox, vai arreganhar as garrinhas ou até quebrar, e vai ficar com folga na hora de montar. Remova o inox da soleira, com o plástico junto (comece pela frente, e termine próximo ao banco traseiro). É moleza, só dá um pouco de trabalho no cinto de segurança da coluna b. Outra dica: quem quiser comprar nova original : procure a do carro nacional/mexicano, bem mais barata que do alemão. Só vendem a peça completa com inox/plástico/led. Instalei no meu Highline, para combinar com as pedaleiras de inox. Apesar de ter ficado bom; foi uma pena, pois cortei os chicotes da placa de inox da soleira, com alicate, para não gerar grilos; pois o meu Highline não tem os plugues para receberem os leds das soleiras. Dessa forma, os leds vermelhos, ficam sempre apagados, e com isso ficam mais discretos, pois os leds superiores originais das portas, acendem brancos.
  10. 1 point
    Jorge Jox

    Atenuador de ruído na suspensão traseira

    Vejo algumas pessoas reclamarem da suspensão do Golf. O meu é multilink com 64k km e não tenho problemas. Óbvio que as buchas não se comportam mais como novas, é natural com essa quilometragem. Mas estão perfeitamente aceitáveis sem a necessidade de trocar algum componente. Ando no solo lunar do Rio, com algumas breves passadas em ruas de cidades históricas e turísticas do estado e de Minas. Enfim, considero a suspensão resistente. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  11. 1 point
    Fabricio7

    Diferenças Golf GTI nacional

    O nacional, a parir do 15/16 perdeu aquecimento de bancos. A partir do 16/17 perdeu: forração e tranca de porta-luvas, perdeu também iluminação do acendedor de cigarros, o retrovisor interno ficou menor. O mk7.5 - 17/18 perdeu: o acendedor de cigarros, forração de carpete no fundo do porta-malas, limitador de velocidade, regulagem de altura dos faróis (GTI básico), o painel perdeu a tonalidade parecida com fibra de carbono para ficar igual a do Highline (black piano), as portas traseiras perderam o friso cromado na moldura interna e o que tem pacote Premium perdeu: o lavador de faróis e sistema de som Fender com subwoofer
  12. 1 point
    Meu caro, já ligou o carro e verificou o reservatório e as mangueiras no momento em que está acionado o ventilador do arrefecimento? Vou te contar uma experiência que tive faz tempo... Tive um Gol 1.8 em que líquido baixava muito pouco, parecido com o do seu carro. Liguei o carro e cansei a minha coluna procurando e olhando para o motor até o ventilador entrar. No exato momento do ventilador, um micro furo espirrava um finíssimo jato de água, difícil de se ver, que ia diretamente para o bloco do motor. O jato era tão fino que evaporava no bloco, sem vapor visível. Isso só ocorria no tempo do ventilador (temperatura mais alta). Pode ser ou não o seu caso. Mas pode acontecer também em alguma mangueira ou abraçadeira. Na pior das hipóteses, verifica como está o seu óleo do motor. Veja se está leitoso. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  13. 1 point
    Jorge Jox

    Erro de câmbio após troca da mecatronica

    O calcanhar de Aquiles do Golf MK7 1.4 é a mecatrônica do DSG. O resto, aceitável como em qualquer carro. Uma pena a VW não tratar os consumidores brasileiros como deveria. Ter que apelar para o mercado paralelo, para resolver esse problema e infelizmente, não de forma definitiva, pois a TCM não é tão robusta, é loteria. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  14. 1 point
    Ilduario

    Manuais de Manutenção MK7

    Fala pessoal, para quem quiser, os manuais de reparo do Golf e outros carros da Volkswagen, este site em Russo: https://vwts.ru/ tem bastante arquivos no formato PDF em ingles. Usem o Google Chrome, que o tradutor integrado ajuda bastante. Espero que ajude. Abraço
  15. 1 point
    Meu caro, nem sempre ruído de partilha de freio indica o final de vida dela. Pode ser feita uma inspeção visual, sem a retirada da roda. Basta apenas virar a roda e uma lanterna, que pode ser a do celular. A VW recomenda a substituição do fluído de freio a cada 2 anos. Entendo como exagero. Já substitui em um carro com 4 anos de uso. O meu atual tem mais do que isso sem substituição. Já desci serra com o pé pesado no acelerador e no freio. Correu tudo conforme o esperado. Estou com 64.000 km e quando a minha pastilha avisar troco o fluido junto. As css não costumam trocar o fluido de freio sem a autorização do cliente, pois tem custo e não é obrigação e sim recomendação. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  16. 1 point
    Jorge Jox

    Bateria da chave descarregando muito rápido

    Pasra durar uma semana, provavelmente já estava com a data de validade vencida, você não acha? Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  17. 1 point
    Jorge Jox

    Bateria da chave descarregando muito rápido

    Quando o meu TSI era com chave presencial, durante os 3 anos costumavam durar por volta de 10 meses. Média de 10.000 km/ano. Baterias comprada em papelaria. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  18. 1 point
    Fabricio7

    Bateria da chave descarregando muito rápido

    Abri a chave pra ver a marca , mas só está escrito 2025 lithium Cell 3v e do outro lado KT. Agora na embalagem que joguei fora, tinha o país de origem, mas não me lembro qual, mas tenho certeza que não era da China.
  19. 1 point
    Fabricio7

    Bateria da chave descarregando muito rápido

    Vem sim com embalagem de plastico da vw
  20. 1 point
    Jorge Jox

    Erro de câmbio após troca da mecatronica

    A base onde é rosqueado o acumulador de pressão é totalmente usinada (eliminada). Neste local é fixado uma nova rosca em aço para receber o acumulador. Essa nova peça de aço é fixada na base com os próprios parafusos existentes nela. O o'ring é reposicionado para o fundo da peça de aço. No original o acumulador de pressão é de aço rosqueado numa base que parece liga de alumínio e tem a parede fina, 2 mm e pouco de espessura, geralmente onde surge uma fissura ou ruptura completa. Com o reforço se tem aço com aço. Existe também uma base reforçada que essa parede passa ter em torno de 4 mm de espessura. Mas não é original. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  21. 1 point
    Musk4

    Golf GTi Fraco

    Vai ser o jeito, mas vou levar numa preparadora mais especializada nos Golf’s, mas ainda assim são 160km da onde eu moro, porém, lá é certeza de um diagnóstico confiável !
  22. 1 point
    anghinoni

    Golf GTi Fraco

    Alguma luz de avaria no painel? Scanner tem alguma falha? Enviado de meu SM-G985F usando o Tapatalk
  23. 1 point
    Musk4

    Quantos MK7 temos no fórum?

    546 - Golf GTi MK7.1 - Diretamente de Luxemburgo [emoji1152] Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  24. 1 point
    Pessoal nao estava querendo me desafazer do meu Golfinho GTI brabo... Mas como usava mais para desfrutar em viagens, meu tempo anda corrido e agora q a familia aumentou...infelizmente terei q vender... Carro ta zerado, meu xodó... 38 mil km , Todas revisoes na VW.. e pode parecer exagero abastecia sempre com Podium pq rendia mais e nunca tive problemas posso postar outras fotos... deixei em agência... para quem interessar ou puder ajudar o amigo https://www.zezinhoautomoveis.com.br/Veiculo/golf-2.0-tsi-gti-16v-turbo-gasolina-4p-automatico-gasolina-2015/647439/detalhes
  25. 1 point
    Jorge Jox

    Erro de câmbio após troca da mecatronica

    No meu troquei a TCM e fiz um reforço no acumulador de pressão. Foi em dezembro, está redondo[emoji1488]. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  26. 1 point
    Boa tarde! Estava tendo o mesmo problema de falha U141100 e B10CD00 (Start-Stop da erro, o ar limita na velocidade 3, direção pesada e alerta de bateria fraca as vezes). E sempre que isso acontecia percebi que a ventoinha entrava em modo emergência (velocidade máxima). Isso vinha acontecendo desde março de 2021 e foi feito varias verificações como teste da bateria OK, teste do sensor da bateria OK, reconhecimento da bateria OK, teste no alternador OK... Em um dia de domingo trocando uma ideia com meu irmão sobre o problema, o mesmo pegou um multímetro e foi menir o aterramento do motor e constatou que estava tendo perca de voltagem, me orientou a procurar uma oficina e pedir para fazer limpeza dos bornes de aterramento. Fui em uma oficina de confiança que assina Doutor-IE e constatou que o carro tem 27 pontos de aterramentos. Após a limpeza dos aterramentos zero problema, já tem 50 dias que executei o serviço e só alegria.
  27. 1 point
    iCardeX

    MATÉRIA QUATRO RODAS Mecatrônica 2014

    Mas é o que você disse: tem que trocar obrigatoriamente o fluído do câmbio do Fit a cada 40kkm, senão é certeza de problema. Isso é simplesmente um ritual sagrado para o câmbio do Fit G1 CVT. Parece que ele opera totalmente sem filtro. Tem outras viadagens também, como a regulagem de válvulas a cada 80kkm e as bobinas que morrem antes de completar os 100.000Km.
  28. 1 point
    Jorge Jox

    MATÉRIA QUATRO RODAS Mecatrônica 2014

    O seu Fit G1 foi guerreiro mesmo. O câmbio durou bastante. Provavelmente quando abrí-lo vai ter que trocar tudo. Mas está sendo justo pelo que rodou. Muitos câmbios automáticos e automatizados quebram hoje pelo excesso de tecnologia. A falha começa na eletrônica. A mecatrônica é o risco de todos eles. O meu DSG deu falha na TCM (eletrônica). A mecânica dele estava integra. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  29. 1 point
    depois de meses de dor de cabeça com esse problema que era praticamente impossível de se resolver, acabei resolvendo isso com a ajuda de um amigo!! O causador de todo o problema realmente é o sensor que vai no chicote negativo da bateria. O problema estava acontecendo de forma continua agora e um brother que trampa na fabrica, comentou de deixar desligado o sensor e verificar se o erro permaneceria, depois de duas semanas de testes, chegamos a conclusão q é ele mesmo, desligando esse sensor, o carro voltou ao normal com excessão do start-stop, pois é esse sensor que faz a leitura da tensão e diz pra central se tem carga suficiente pra manter ativo o startstop!! O único porém é q com esse sensor dando pau, ele não acusa no vcds o motivo de toda a dor de cabeça.... então estava me virando na tentativa e erro...
  30. 1 point
    Jorge Jox

    MATÉRIA QUATRO RODAS Mecatrônica 2014

    Como trocado em garantia, se pagou a mão de obra?Garantia é custo zero, isso é lei. Tem ciência disso? Sim, reparo de qualquer automático é muito caro. Mas o maior problema do DQ200 é que tem vício. Quem não teve problema com ele, infelizmente vai ter um dia. As chances são enormes! Mesmo para aqueles que já tiveram o problema e corrigiram, pois as falhas do projeto (vida útil de alguns componentes) continuam lá. O Honda que você citou é um CVT. Esse tipo de câmbio com correia de aço também não tem vida longa. Pode ser Toyota ou Honda, não tem perdão. O ideal é substituir o óleo dele no máximo a cada 40k km, pra ter uma chance melhor. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  31. 1 point
    Tenho um 2015 variant highline. Com 35mkmdeu o problema, mas foi trocado na garantia, paguei só 1k de MDO, mas depois de uns 10mkm deu novamente. De novo na Css eles não trocaram, mas mandaram para reparo em um oficina especializada nesse câmbio, e chamada "Mecatronica Presidente" que fica em Blumenau SC. Hoje o carro está com 70mkm e nunca mais deu nada. Quando deu novamente apesar de ser apaixonado pelo carro pensei em vender. Mas falando com meu mecânico e ligando nessa oficina na época, o reparo era 3.5 mil. (hoje deve estar um pouco mais) Moral da história é um valor que pagaria tranquilamente, mas para manter o carropelo pacote todo do carro. Desempenho, o economia de combustível, a design, e acabamento interno. Obs: um reparo de câmbio de uma CR-V que temos na família custou mais que isso em uma oficina de um amigo. Ou seja tirando o roubo da Css, e indo direto onde eles mandam é muito viável e coerente ter o carro e aproveitar essa tecnologia toda.
  32. 1 point
    anghinoni

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    E a barra estabilizadora dianteira que quebrou do nada! [emoji28] Aqui nos somos Xerók Holmes! [emoji57] Enviado de meu SM-G985F usando o Tapatalk
  33. 1 point
    iCardeX

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    Gosto é igual joelho, e cada um tem o seu. O Passat é sim um carro acima de todas as expectativas e muito confortável, mas o design externo de "tiozão" dele não me apetece a alma. Talvez por causa do alto dos meus 41 anos, e sem filhos. Também tem a questão da dimensão avantajada demais do Passat que certamente me atrapalharia com agilidade para estacionar. As vezes tenho que estacionar em locais diferentes, umas 10 vezes por dia, e muito deles em vagas apertadas. Meu Golf está praticamente 240.000Km, e foi comprado em 2013. Com essa quilometragem expressiva de trabalho, posso falar dele com total propriedade de conhecimento e causa: o Golf MK7 é uma máquina incrivelmente robusta. Não posso dizer que tive "sorte" porque já rodei com ele até em cenários de pistas bem hostis para as quais muitos proprietários de Golf me rotulariam de louco, e não passei nem perto e nem longe de destruir o carro. Meu MK7 é de câmbio manual e eu só posso rasgar elogios sobre o funcionamento dele. Aliás, eu consigo atingir a sexta marcha em coisa de pouco menos de 10 segundos aqui em Brasília porque o trânsito daqui pede que seja assim: pista plana e trânsito fluído. Em Brasília dá para resolver tudo com agilidade, pois a velocidade média das vias é de 80km. Costumo atingir, todos os dias os meus 110Km/h. Pensa o quanto e prazeroso ter um carro manual como o Golf por aqui. Talvez as pistas de Brasília ajudem na maximização e conservação das peças do meu carro. Tanto é que os amortecedores dele ainda são os originais de 2013. As únicas 2 peças que de fato falharam (quebrou) nesses 240.000Km, foi o corpo de borboletas e a bomba dágua. A bomba d'água, aliás, nem chegou a falhar, mas troquei por conta da identificação de um micro vazamento. Na verdade, teve o botão de áudio da central Mib1, botão volume+ e o ventilador do ar-condicionado que foram para prego também, e eu os substituí. O restante das peças foram substituídas por manutenções programadas. Com relação aos mimos, o meu Golf é o Mk7 Highline Pobre Edition porém consigo usufruir, com plenitude absoluta, os 100% dos recursos dele. Como não tenho parâmetros de uso de outros mimos (banco elétrico, aquecimento de banco, lane assist, auxiliar de estacionamento, etc), não tenho como questionar a real necessidade deles num veículo apesar de ter total convicção de que esses recursos são absolutamente inúteis para mim pois já os experimentei em outros veículos, e não enxerguei os reais benefícios. Minha ideia ao ter optado por comprar o Golf em 2013 era permanecer com ele por 10 anos, e está se cumprindo. A essa altura, em 2022, eu esperava que o carro estivesse bastante moído: motor contaminado e fraco, pintura zuada, cheio de ruídos, bancos e volante todos lascados, algumas eletrônicas funções falhando, até porque comprei-o com o propósito de ser utilizado exclusivamente como uma máquina de trabalho. Estou mordendo a língua pois tenho peças de reposição guardadas há anos como os amortecedores. Confesso que não sou aficionado (nem um pouco) por mantê-lo limpo até porque pego estrada de terra todo final de semana. Mesmo assim o carro quando está limpo (fora os detalhes de batinhas) parece que acabou de sair da fábrica. No mais, eu teria apenas 3 motivos para trocar o Golf Mk7: 1 - Se o trânsito ficasse ruim, a ponto da velocidade média passar para menos 40km/h, o que me faria optar por um veículo de câmbio automático sem pestanejar. 2 - Se o consumo de combustível fosse elevado (10km/L), o que me forçaria a optar por um veículo com autonomia melhor pois rodo bastante durante o ano. Imagina o custo com gasolina para concluir os 240.000Km trabalho do motor. Ele está rendendo ainda os 17km/L (850km/tanque), e chegando a atingir até 22km/L em alguns percursos, o que é simplesmente formidável pela idade do carro. 3 - Se o seguro recusar a renovação por conta da idade dele (10 anos). Esse ano 3 seguradoras recusaram de enviar proposta. ------------------ Não descarto a possibilidade de trocá-lo no Golf Variant 2018 (não DSG!!!!) caso o cenário 3 ocorra. Faria com remorsos mas certamente sem medo de ser feliz. Minha grande aposta ainda são os veículos de tecnologia híbrida de combustível..
  34. 1 point
    winri

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    Fui pro Passat b8 2018 porque a família cresceu. E realmente, tudo bem robusto, e um nível acima. A única coisa que me assusta é o amortecedor com ajuste eletrônico, mas tá funcionando 100%, e não deve dar problema tão cedo. O resto não tem mistério, motor x cambio. E comprei pra casar com ele. Vai ficar bastante tempo cmg. O Farol é um show a parte para dirigir à noite. Pqp. Esse mk8 no Brasil tá testando o powertrain híbrido pra Tiguan, por isso nem camuflaram. hatch ja era.
  35. 1 point
    caio cartaxo

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    Eu compartilho da opinião do @iCardeX . No mercado atual nada me interessa, a começar pela loucura que o preço dos carros mais novos está(e os usados indo junto, meu carro, um tsi 1.0, tinha fipe 59mil em 2019 quando comprei, está em 81mil hoje.) nesse contexto, o preço maior dos carros hoje não significa um carro melhor, pelo contrario, chega a ser ridículo o acabamento dos carros até 200mil(0km), nosso Golf tem um acabamento bizarramente melhor que tudo no mercado até esse valor, tudo que dirijo parece pior, mais porcamente feito, abaixo do nível do que tenho agora. Meu segundo problema é que não me sinto mais atendido, pelas fabricantes, detesto suv, me recuso a pagar caro por algo que não gosto a fim de seguir uma moda, talvez se houvessem opções de hatch médios no mercado, ainda tivesse algum desejo de trocar de carro. O outro carro aqui de casa,da minha esposa, é uma Toyota Fielder 2006 que também não temos a menor vontade de trocar, o carro é um absurdo de bom, e não conseguimos ver nada até os 50mil que nos atenda melhor e seja mais robusto, seguro, confortável e útil para usar no dia a dia do que ela.
  36. 1 point
    anghinoni

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    e eu to pensando em partir para uma Tiguan Fofoline 2018/2019... Mas o preço, se eu vender o Golf, tenho q colocar mais 100k reais...
  37. 1 point
    winri

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    Pra responder a pergunta que eu mesmo criei, acabei em um Passat 2018 Highline. Hahaha
  38. 1 point
    Jorge Jox

    Problema Mecatrônica / Recusa CSS Por Tempo

    8 mil é um valor praticado no mercado já faz tempo. Acho muito difícil encontrar esse valor no Rio de Janeiro. Aqui esse serviço é caro, não sei o porque. O meu ficou em 13.830,00 em 10x sem juros, com garantia de 1 ano. Foi um curto na TCM. O serviço consistiu em uma TCM nova e original, usinagem do chassi para receber uma base de aço com rosca para alojar o acumulador de pressão, com o o'ring posicionado no fundo dela. Neste serviço se troca o óleo e o filtro da mecatrônica e troca também o óleo da transmissão. A usinagem do chassi, a aplicação da base em aço e o reposicionamento do o'ring é "dado" como cortesia. Estou caminhando para 5 mil km após o serviço. Enviado de meu SM-M515F usando o Tapatalk
  39. 1 point
    GUGA

    Golf mk7 TSI

    Parece que chegou o meu dia... carro com 84 mil km, passei por um buraco, pancada forte. após alguns km, quando passei em uma via com paralelepípedos, deu erro no câmbio, não engatava nenhuma marcha. esperei uns 40 minutos o erro sumiu, consegui voltar para casa, mas passando em ruas esburacadas o câmbio tá fazendo muito barulho. por enquanto o erro não voltou, mas.. pior que acabei de me mudar para cidade do interior, teresópolis, a vw daqui não tem técnicos, teria que levar para nova friburgo. mas acho que vou ver no RJ mesmo....
  40. 1 point
    Wallysson

    Manuais de Manutenção MK7

    Alguns arquivos não abrem, ainda não baixei todos. Estão em inglês. Não sei se tudo o que está lá se aplica aos Golf"s vendidos aqui, mas deu pra ver que para o GTI tem mais informação. Não me lembro onde encontrei esse link, se foi aqui mesmo no fórum ou em outro lugar, então não sei até quando vão ficar ativos. https://www.dropbox.com/sh/rghs0qq7w4819y9/AAC6Sg0da1gNGIhnDNpYSEn7a/VW/Golf?dl=0
  41. 1 point
    Rapts

    Hoje, trocaria o Golf por qual carro?

    Passat deve mudar em breve, talvez em 2019 junto com o Golf... Só vale comprar agora se for ficar um bom tempo com o carro, e por um ótimo preço + taxa 0... O problema do Passat é que, infelizmente, é um carro que não existe pro mercado BR... a desvalorização é absurda, e as vezes fica até inviavel vender... tenho um amigo que tem um Passat CC top de linha (V6, DSG, 4 Motion), carro excelente mas sem mercado aqui no BR.