Leaderboard


Popular Content

Showing most liked content since 09/14/19 in all areas

  1. 6 points
    17 – DEIXE O SOM DIGITAL ROLAR [TECNOLOGIA] Existem vários aplicativos e sites de rádio, mas nenhum tão completo quanto o TuneIn. Ele organiza estações de rádio de um jeito que você pode ouvir uma emissora local com tanta facilidade quanto uma da Antártida, Zerbaidjão, de São Paulo ou mesmo do Japão. Dentre algumas opções ele te dá o direito de escolher seus favoritos, organizar por gênero ou local, agendar e ainda gravar os programas de rádio. Tudo isso de forma bastante intuitiva. Transformei a central do Golf (de 2013) em um super receptor FM internacional e com qualidade de som digital. O TuneIn é o app para quem quer ouvir o rádio em sua melhor forma. Outro excelente App (e que dispensa comentários) que vale a pena ter instalado no seu smartphone para usar a qualquer momento junto a central multimídia do Golf é o Spotity. A comunicação entre o APPs e a Central do Golf é via bluetooth, no perfil AD2P. O AD2P é o perfil do Bluetooth Stereo que define como o áudio estéreo de alta qualidade pode ser tocada de um dispositivo (smartphone) para outro (central infotainment) através de uma conexão bluetooth
  2. 4 points
    1 – PEÇAS DE REPOSIÇÃO [SEU BOLSO/ MANUTENÇÃO] Qualquer peça de reposição para veículos do grupo VAG é identificada em códigos denominados Part Number. O Part Number da peça de reposição em questão, por sua vez, é obtido através da consulta do número de chassi do veículo a partir do sistema de gestão oficial da VW que é disponibilizado aos concessionários autorizados. Sendo assim, qualquer um (proprietário ou não) poderá solicitar orçamentos junto ao concessionário autorizado bastando para isso informar o código do chassi do veículo para a consulta de peças específicas. Essa é uma maneira segura e confiável de comprar as peças de reposição que são absolutamente compatíveis com o veículo do proprietário. A dica de ouro é utilizar a plataforma http://www.pecas-on-line.com.br/ para buscar o Part Number desejado. O “Peças Online” é o site que reúne diversos fornecedores (concessionários autorizados e importadores), ordenando a consulta do usuário ao estoque e valores praticados dentro da rede de lojas participantes do sistema. Na plataforma Peças Onlne é possível consultar a disponibilidade de peças, o nome da loja ou concessionário autorizado, seus respectivos dados de contato, e o valor praticado. Ao entrar em contato com alguma loja, no entanto, se os valores estiverem divergentes do site não esqueçam de informar que a consulta foi realizada através da plataforma http://www.pecas-on-line.com.br/ visto que os valores praticados para clientes de balcão e clientes de internet podem ser completamente divergentes.
  3. 4 points
    Srs; Só para constar. Comecei a ter problemas no câmbio, só entrava as marchas pares (2ª, 4ª e 6ª), de forma intermitente, às vezes voltava ao normal. Levei o carro na concessionária, que deu um "reset" para ver se voltava tudo ao normal, mas que se voltasse o problema era para deixar o carro na concessionária, para possível troca de mecatrônica. Depois de 1 semana sem apresentar problemas, ele reapareceu. Então no último dia 10/09/2019 deixei meu Golf Higline 1.4 TSI DSG 2015, com 73.000Km na Concessionária Amazon, com o câmbio em modo de segurança (só funcionava a 2ª marcha com rotação limitada a 4.000 RPM). Diagnóstico: Necessário trocar a Mecatrônica e talvez a embreagem. Iriam fazer os testes pedidos pela fábrica, para confirmar o diagnóstico e receber as peças grátis em cortesia da fábrica. No dia 25/10/2019 recebi o carro consertado, com a Mecatrônica trocada, peça grátis como cortesia da fábrica. Tive que pagar a Mão de Obras no valor de R$ 1.200,00. Aparentemente está funcionando tudo bem.
  4. 4 points
    Bereba

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Ontem dia 25/09/2019 retirei o carro consertado com a Mecatrônica trocada. Pelo pouco que andei, está tudo certo. Foram exatos 15 dias para consertar. Foi cobrada a Mão de obra de R$ 1.200,00.
  5. 4 points
    Desbravador

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Sim, mas isto acontece com qualquer carro que não é popular (os famosos carros feitos de garrafa pet). Mercado de Usados para carros mais caros é sempre cruel. Paguei 125k no meu GTI Pobre Edition, que na época o valor no site era algo próximo a 140 mil (metálico + teto). 1 ano e meio depois, 30 mil km, carro praticamente zero, extremamente bem cuidado e com alguns upgrades originais (rodas 18, entre outras firulas), o máximo que conseguiria na troca em uma CSS VW é 90 mil. Se for vender direto o máximo que consigo pegar é 100 mil, sendo que a FIPE dele é 119k. Imagina só quem pagou o preço de tabela na época... Com 100 mil reais eu só consigo comprar carros extremamente inferiores ao GTI em praticamente tudo, ou seja... vou ficar com o GTI até que se desmanche todo. Sobre os câmbios DSG, o do GTI é tranquilo, mesmo com a galera fazendo uso soviético nunca vi um relato de quebra. Se mantido o carro original, é um câmbio que já se mostrou muito robusto. O DSG-7 lá fora, ao contrário daqui, é considerado um bom câmbio. O problema em banania foram os modelos 2013/2014 que venderam muito mais do que os 2015 que não apresentam problemas. Já discutimos exaustivamente isto por aqui e o que ficou claro é que em algum momento entre a troca de passaporte do Golf foi corrigido o problema de mecatrônica. Se for pesquisar nos fóruns gringos, lá também dificilmente dá problema. De qualquer forma, a imagem ficou prejudicada mesmo.
  6. 4 points
    16 – OS VIDROS DIANTEIROS NÃO RESPONDEM AO COMANDO “ONE TOUCH” [PROBLEMA E SOLUÇÃO] O problema é crônico e conhecido. O módulo "door electronics - driver side" não retém o ajuste básico, e depois de um tempo o comando “one toutch” automático para os vidros dianteiros some novamente. A solução paliativa é a seguinte: 1 – Coloque a chave no contato, para posição ligado. Não precisa ligar o motor. 2 - Suba o vidro, e segure o botão “puxado para cima” por 3 segundos. Ele reconfigura o automático e tudo volta a funcionar. Mas só Deus sabe até quando...
  7. 3 points
    Brunomri

    Comparação de desempenho: Golf x resto

    Boa tarde pessoal, desculpem-me pela ausência! Retomando este tópico, depois de muita espera, finalmente pude comparar o desempenho do Golf com os dois carros a seguir: 1) Civic Touring (1.5 turbo; 173cv @5500rpm; 22,4kgfm @1700rpm; 1329kg): Situação de rodovia, o Civic se aproximou rapidamente enquanto eu dirigia a cerca 130km/h. Reduzi para 4ª marcha, pé embaixo, para evitar que ele simplesmente me passasse pela direita e perdessemos o comparativo. Então consegui ganhar velocidade o suficiente para que ele fosse obrigado a ficar atrás de mim, era um trecho de reta onde atingimos 200km/h. Nesse ápice de velocidade ele manteve a mesma distância do meu carro de quando começamos a acelerar, demonstrando que o Civic tem uma aceleração maior que o Golf em altas velocidades. Enquanto o Golf estava com um rendimento baixo eu tinha a impressão que se eu saísse da frente ele me ultrapassaria sem dificuldades. Em seguida, nós dois reduzimos a velocidade para pegar um acesso à direita e continuar numa outra rodovia. Nesse momento me mantive na faixa da direita para que ele fosse na frente dessa vez. Ficamos esperando alguns carros lentos saírem da faixa da esquerda para fazermos a retomada, o que foi bom para iniciarmos a aceleração ao mesmo tempo. Então quando a pista ficou livre, estava a 100km/h em 3ª marcha, rotação de potência máxima para acelerar. O resultado foi que ele abriu distância constantemente, quando atingi 180km/h estimo que ele estava entre 50m - 75m a minha frente. Conclusão: Civic Toruing apresentou melhor desempenho em todas as situações analisadas, conforme esperado pela sua maior potência, 173cv contra 140cv. A descrença em relação ao câmbio CVT não se traduziu em desvantagem que pudesse tornar o resultado favorável ao Golf. 2) Up! TSI (1.0 turbo; 105cv @5000rpm; 16,8kgfm @1500rpm; 951kg): Também em rodovia, estava aguardando um caminhão sair da frente quando um Up! TSI se aproximou rapidamente e ficou "colado" em mim enquanto o caminhão fazia sua ultrapassagem. Estavamos à 90km/h e preparei a 3ª marcha para a retomada. Quando a faixa de esqueda ficou livre, pé embaixo, e reparei que abria distância cada vez mais conforme a velocidade aumentava, quando parei de acelerar estava a 190km/h. Nesse momento a distância entre nós era grande, é difícil estimar pelo retrovisor, diria que abri uns 75m. Conclusão: Vários argumentos podem justificar o melhor desempenho do Golf, maior potência e torque (peso/potência é quase idêntico e peso/torque bem melhor no Golf, muitas pessoas automaticamente dizem ser melhor no Up! pelo seu baixo peso), câmbio de 6 marchas contra 5 marchas, aerodinâmica. * Nos dois casos assumo que os carros estão originais e que os motoristas pisaram tudo.
  8. 3 points
    Ilduario

    Aplicativo VW Connect

    Comprei em Abril e estou usando no meu Golf 2014. Para mim está sendo útil, como uso o carro em visitas a clientes, as viagem são automaticamente capturadas, com o km inicial e final, caminho feito, com imagem do mapa, o tempo do percurso, um valor, em R$, aproximado do gasto de combustível, e outras informações, como velocidade média, máxima, temperatura do óleo, da água, do ar de admissão, dos gases de escape e posição da portinhola. No app também fica registrado o último local que o veículo parou, registro de abastecimento, informações como número do chassi (VIN), data de venda na concessionária, tensão da bateria, litros no tanque, e outros dados que também são encontrados no computador de bordo. Gostei que mesmo o plug sendo conectado por Bluetooth, a conexão do celular com o rádio não é afetada, consigo atender e ouvir música. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  9. 3 points
    Boa tarde a todos , então vamos lá tenho 2 mk7 alemães um azul ( 109000km)cor de lançamento e outro branco (92000km)e digo que tem sim trepidação na primeira marcha mas o conforto que o DSG proporciona não tem igual . Até agora os câmbios aguentaram e querem saber : compraria os dois novamente mesmo sabendo do câmbio ( acho que responde a dúvida da compra do colega )
  10. 3 points
    anghinoni1982

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Ano que vem não. Agora mesmo! Sábado passado fui ver o Jetta GLi, a unica coisa que gostei dele, foi do espaço interno, porta malas, motor e ACC, o resto é descartavel! Pedi pra avaliarem o meu carro, informaram que a tabela dele é 63.000 reais e me ofereceram a vende-lo por 57.000 reais, sendo que na Fipe o valor dele é de 67.000, sem os opcionais que ele vem. Enfim é igual aquele meme, quando vc compra o carro tem valor de Ferrari, ao pagar IPVA é valor de Bugatti e ao vender custa menos que um Chevette... Abraços!
  11. 3 points
    iCardeX

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Se formos tentar imaginar a quantidades de proprietários que sequer sabem da existência desse fórum, para servirem de estatísticas... Os números de quebras do DSGs, no meu entendimento, estão além dos limites de razoabilidade. Não me lembro de uma única revisão, no concessionário autorizado, onde não tinha ao menos 3 Golfs aguardando a troca da mecatrônica. Prevejo já uma desvalorização absurda de vossos veículos em nosso mercado, já para o próximo ano. Quem por aqui aijnda estiver achando que está com uma jóia (Alemão!!!) guardada na garagem, pode tirar o cavalinho da chuva. Esses alemães serão os primeiros a irem para o saco. Os fatos não mentem: esse câmbio DSG é tão problemático quanto o finado PowerShift da Ford. A VW é uma calhorda por não arcar integralmente com a mão de obra do serviço de substituição, dando uma de João sem braço para os consumidores do Brasil. Eu, no lugar de vocês, já teria me livrado do Golf. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  12. 3 points
    20 - MANUAIS DIGITALIZADOS DO GOLF MK7 (TODAS AS VERSÕES) [MANUTENÇÃO] Há algum tempo a VW Brasil começou a disponibilizar, em formato digital, os manuais de operação dos veículos mais recentes de seu Portfólio. É uma ótima alternativa já que o manual digital pode ficar armazenada na memória de vossos smartphones, em servidores de Nuvem, memória do computador, etc; e permitindo consultas de forma muito mais eficientes pois este incorpora o recurso de referências cruzadas e a indexação padrão quando em formato PDF. Outrossim, também te livra do fato de ter que reservar certo espaço útil no porta-luvas para o incômodo livro impresso, e as suas cerca de 500 páginas. Para a linha Golf MK7, estão disponíveis para o livre download os manuais dos Golfs comercializados nos anos 2014, 2015, 2016 ,2017, 2018 e 2019. O link oficial da VW para a página de downloads é esse: https://www.vw.com.br/pt/servicos/manuais-e-garantia/manuais.html Golf MK7 2014: https://www.vw.com.br/content/dam/vw-ngw/vw_pkw/importers/br/editorial/manuais/golf/my-2014_142-5r1-gt7-66.pdf/_jcr_content/renditions/original.media_file.download_attachment.file/my-2014_142-5r1-gt7-66.pdf GOLF MK7 2015: https://www.vw.com.br/content/dam/vw-ngw/vw_pkw/importers/br/editorial/manuais/golf/my-2015_152-5b1-gl7-66.pdf/_jcr_content/renditions/original.media_file.download_attachment.file/my-2015_152-5b1-gl7-66.pdf GOLF MK7 2016: https://www.vw.com.br/content/dam/vw-ngw/vw_pkw/importers/br/editorial/manuais/golf/my-2016_161-5b1-gl7-66.pdf/_jcr_content/renditions/original.media_file.download_attachment.file/my-2016_161-5b1-gl7-66.pdf GOLF MK7 2017: https://www.vw.com.br/content/dam/vw-ngw/vw_pkw/importers/br/editorial/manuais/golf/my-2017_5gm-012-766-af.pdf/_jcr_content/renditions/original.media_file.download_attachment.file/my-2017_5gm-012-766-af.pdf GOLF MK7 2018: https://www.vw.com.br/content/dam/vw-ngw/vw_pkw/importers/br/editorial/manuais/golf/MY 2018 - 5GM012766AH.pdf/_jcr_content/renditions/original.media_file.download_attachment.file/MY 2018 - 5GM012766AH.pdf GOLF MK7 2019: https://www.vw.com.br/content/dam/vw-ngw/vw_pkw/importers/br/editorial/manuais/golf/MY 2019 - 5G0 012 766.BA.pdf/_jcr_content/renditions/original.media_file.download_attachment.file/MY 2019 - 5G0 012 766.BA.pdf
  13. 3 points
    19 - A CHAVE E SEUS SEGREDOS DE SEGURANÇA [PROTEÇÃO ANTIFURTO E/OU SEGURANÇA] Para desarmar o sistema imobilizador do Golf, de forma furtiva, é necessário, também, quebrar a chave criptográfica de segurança que é embutida na central do veículo. A boa notícia: Ainda não conseguiram fabricar nenhum hardware de engenharia reversa que fosse capaz de vencer o sistema de criptografia de chaves que é utilizado no Golf MK7. Esse novo sistema de proteção foi um marco tecnológico e absolutamente diferente de tudo que já existiu antes no ramo automotivo. No passado foi descoberta e divulgada uma vulnerabilidade no imobilizador desenvolvido pela Audi e que equipava veículos do grupo VW fabricados a partir de 1995 e anteriores a plataforma MQB. Antes do Golf MK7 o sistema consistia em utilizar 4 chaves primárias para a troca de informação com a central do veículo. Na época, foi provado que era tecnicamente possível abrir qualquer veículo VW (anterior ao Golf MK7) utilizando um hardware de engenharia reversa, operando também na frequência 433mhz, desenvolvido especificamente para "traduzir" o sinal entre a central e o controle remoto do usuário. Para isso, à época, uma das 4 chaves criptográfica já havia sido quebrada e se tornado pública. Muito antes do lançamento Golf MK7 a VW já tinha conhecimento da vulnerabilidade, inclusive, tentou até processar (sem sucesso) os responsáveis pela pesquisa. A nova metodologia de proteção das chaves de segurança foi introduzida com o lançamento da então plataforma MQB. Quanto ao bloqueador/clonador de sinal de rádio, vulgarmente conhecido como "chapolin", até onde se sabe ele não consegue interferir na chave de controle do Golf MK7 porque naturalmente há um truque de proteção no sinal da onda portadora, e ninguém sabe exatamente como funciona.
  14. 3 points
    10 – DESARME TEMPORÁRIO DO CONTROLE DE TRAÇÃO E ESTABILIDADE PARA O LAUNCH CONTROL [TECNOLOGIA] 1 – Coloque a chave no contato para posição ligado. Não ligue o motor ainda. 2 – Pressione o botão de pisca-alertas 3 – Pise 5 vezes no acelerador. 4 – Aguarde a mensagem no computador de bordo: ESC DESATIVADO. A central multimídia também apresentará a mensagem de que o controle de estabilidade está desativado. 5 – Senta o pé no acelerador, tchau e benção! Além do ESC o auto-hold também ficará temporariamente indisponível no momento da ativação da sequência acima. São poucos segundos que duram esse recurso de desarme. Basicamente serve para arrancadas do tipo "launch Control", desativando o ESC por alguns segundos (durante o alarme) e após o momento inicial da arrancada, e reativando em seguida. É um Easter EGG para brincar de piloto apenas.
  15. 3 points
    9 – RECOLHA AS PALHETAS DE LIMPEZA DO PARA-BRISAS PARA A POSIÇÃO DE MANUTENÇÃO [MANUTENÇÃO] Se não quiser ter as palhetas de limpeza do para-brisas danificada, amassadas, torcidas ou qualquer coisa do gênero, por uma imperícia de manipulação para a limpeza, siga os passos: 1 – Coloque a chave no contato, para posição ligado. Não ligue o motor ainda. 2 – Retorne a chave do contato para a posição desligado. Não retire a chave da ignição. 3 – Dê um toque para baixo na chave de seta que controla a palheta. Nesse momento, as palhetas deverão subir e parar na posição de ângulo de mais ou menos de 90 graus.
  16. 3 points
    5 – ATENÇÃO À INSTALAÇÃO DAS VELAS DE IGNIÇÃO [MANUTENÇÃO] Já sabem da dica de necessidade de utilização torquímetro? Ok. Esse deve ser o ajuste para o aperto: 22Nm para as velas, e 8Nm para os parafusos que seguram as bobinas. A recomendação da VW é que as velas sejam substituídas a cada 60.000Km ou 4 anos. Acertar o torque não garantirá que você estará livre de problemas em suas futuras revisões. As velas do Golf devem ser instaladas com a observação de untar o corpo das velas em lubrificante (oficial) o que facilitará a remoção das bobinas no momento da substituição das velas. Se o lubrificante (antisizing) não for aplicado no corpo das velas de ignição pode ocorrer o problema que aconteceu comigo, e que foi devidamente dissertado aqui: https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/2915-bobinas-como-remover/&
  17. 3 points
    4 – CUIDADO COM O TORQUE DE CADA PARAFUSO [MANUTENÇÃO] No passado danificaram a espiral da rosca de um dos 4 cubos de roda do meu veículo justamente por excesso de torque no aperto. Fiquei muito puto ao saber que esse problema teve como causa a ausência de uso do torquímetro. Existe torque correto para todos os parafusos do veículo. No meu caso o parafuso remoldou-se ao cubo da roda, e, posteriormente, corrigiu o estrago. Foi pura sorte. Já com o Honda Fit, por excesso de torque aplicado no parafuso, "conseguiram" simplesmente destruir 2 parafusos prisioneiros. Um baita prejuízo. Sempre exijam o uso do torquímetro para lidar com o aperto/reaperto de parafusos ou peças críticas que são aparafusadas. A dica inclui, inclusive, o aperto das velas, que podem simplesmente quebrar e ficarem presas dentro do bloco do motor. Parafusos fixados ao monobloco e com função estrutural geralmente são de torque angular (e elásticos) por serem mais seguros, não tenderem ao afrouxamento com a vibração e os esforços do uso normal. Para a manutenção de diversos componentes é altamente recomendável a substituição de alguns tipos de parafusos de acordo com as instruções de manutenção explicitamente declaradas pelo fabricante. Exemplo clássico: O parafuso de drenagem do óleo é composto basicamente de uma arruela para vedação do bujão no cárter, ok? Este simples componente quando não é substituído ou é apertado de forma incorreta fica deformado, podendo causar o problema de espanar rosca do cárter e gerar o vazamento de óleo.
  18. 3 points
    2 – A BATERIA, O CCA E A TECNOLOGIA DE REGENERAÇÃO DE ENERGIA DO GOLF MK7 [TECNOLOGIA] Basicamente existem 3 tipos de tecnologia de baterias que podem ser utilizadas em veículos automotivos: convencional (chumbo + solução de ácido sulfúrico), AGM (acrescenta separador de fibra de fibra absorvente) conceitualmente a torna mais robusta e tolerante a falhas, e as de tecnologia EFB (recomendada!) que basicamente são otimizadas para aguentarem 15x mais arranques e, teoricamente, sem comprometer a vida útil. Uma relação comum entre elas é basicamente a diferença no valor da Corrente de Arranque a Frio (CCA). O CCA possui uma relação intrínseca à qualidade da bateria. Regra geral: quanto maior o valor indicado, melhor é o desempenho da bateria. Mas sozinho o CCA não conta a história toda da performance geral da bateria. É consenso que as baterias de Tecnologia EFB e/ou AGM são tecnologicamente superiores justamente por serem construídas com matéria prima nobre e de qualidade superior à utilizadas em baterias convencionais. Teoricamente as baterias EFB/AGM são mais tolerantes a falhas e suportam ciclos mais intensos de cargas e descargas, que ocorreriam em intervalos mínimos de tempo. O Golf, por ter sido concebido para trabalhar nativamente com o sistema start-stop é dotado de uma tecnologia bastante complexa e que a VW intitula simplesmente de "regeneração energética". Esse processo envolve uma série de variáveis e a atuação de diversos sensores que trabalham basicamente para elevar a tensão de carregamento da bateria quando certas condições técnicas são atingidas e o veículo está numa situação de frenagem. Essa "energia excedente" deveria ser absorvida rapidamente pela bateria para ser utilizada na próxima requisição energética do motor de partida. Particularmente uso a bateria de tecnologia comum, e já estou na segunda substituição. Aí mora o primeiro problema: a bateria comum não foi concebida para trabalhar com esse tipo de tecnologia. O segundo problema é que a ECU do Golf também precisa ser parametrizada (gravar manualmente a amperagem correta da bateria) para determinar a tensão correta e de como será realizada a recarga através da "regeneração de energia". De uma forma ou de outra, tenho ciência que a bateria comum sofrerá as consequências desse processo. O @RicW realizou uma série de testes e conseguiu desvendar o funcionamento da tecnologia: https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/1263-bateria-fim-da-vida-útil/&page=6&tab=comments#comment-33275
  19. 2 points
    mvfgbh

    Abertura Manual Cortina Teto GOlf Variant

    Como ninguém se pronunciou, tive de resolver sozinho. Não encontrei informação na Internet a respeito. Resumindo, desmontei o forro na parte de trás e desconectei o plug da cortina. Com isso foi possível abrir o teto com ela fechada. Após o termino do serviço, conectei novamente a cortina e fechei. ATENÇÃO! Após esse procedimento o teto para de funcionar. Para retornar o funcionamento normal da cortina e teto, é necessário ficar segurando o botão de fechar a cortina. Com isso a cortina irá abrir e e fechar, após este ciclo completo, o funcionamento retornará ao normal.
  20. 2 points
    Pois é, após alguns episódios o meu começou a dar o mesmo alerta de pisar no freio e a mensagem de Erro no Câmbio. Após levar o carro à css, foi verificado problema na mecatrônica, que será trocada junto à embreagem. Como havia adquirido o carro há uma semana, ainda estava em garantia de 3 meses e não irei pagar nem pelo serviço nem pelas peças.
  21. 2 points
    anghinoni1982

    BARRA ESTABILIZADORA DANIFICADA

    Sr. pernas de kiwi, seu carro esta com uma praga, famoso cupim de aço! Cuidado! Boa sorte ai!
  22. 2 points
    Ja brinquei uma vez com um UP TSi, porém esse estava bem fuçado, certeza que tinha downpipe pelo ronco do escapamento. Na rodovia, numa retomada, ele partiu na frente, mas quando ele chegou em 200km/h estacionou, ai consegui ultrapassa-lo a mais ou menos 220km/h e fui embora... Sei la, parece que a relação de marcha do Up não é tão boa assim, na arrancada, ele vai embora, mas depois para...
  23. 2 points
    Bereba

    Erro: câmbio (Golf 1.4 TSI 2015)

    É tipo um Recall Branco, mas neste caso, só trocam quando quebra. A VW sabe do problema crônico, mas em vez de fazer um Recall e queimar o câmbio, como aconteceu com o Powershift da Ford, prefere trocar qdo dá problema. Mesmo pq, corria o risco de queimar o filme de todos os câmbios DSGs do Grupo VW, e na verdade só há problema crônico no DQ200.
  24. 2 points
    Marcelpb

    RECAL GOLF 2015/2019

    http://carpress.uol.com.br/slider/item/3207-volkswagen-realiza-recall-de-9-776-unidades-de-tres-modelos
  25. 2 points
    Pra quem tem o carro e melhor, se quiser vai ter que comprar de um feliz proprietário.. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  26. 2 points
    Se estivéssemos num país sério, aonde a boa fé do cidadão, de preferência, prevalecesse, o DSG7 não seria realmente um grande problema. Infelizmente a história sempre contou outros fatos. Aqui é o Brasil. O paí dos "jeitinhos"! O país do "vai que cola". O país do "aqui pode". O país aonde se pode tudo com a ponta da corda mais forte. Onde todos são iguais perante a lei, mas alguns são mais iguais que outros. Enfim é mesmo país aonde reconhecidamente o câmbio DQ200 está colecionando números estratosféricos de problemas. E mesmo assim os consumidores ainda continuam a acreditar nessa ladainha da VW de fornecimento da mecatrônica em forma de "cortesia". Que cortesia é essa aonde o consumidor fica sem o carro, praticamente se humilhar num embate com a VW, e, no final, ainda tem que arcar com os custos de mão de obra de um problema para o qual é legítima a responsabilidade da VW? Que porra de cortesia é essa??? Está mais é para presente de grego. E muito do sem vergonha. Vai me desculpar, mas isso é de uma picaretagem sem tamanho para uma empresa do tamanho da VAG. Queria ver a VW tomar essa atitude exploradora, lá na Europa, na China, ou no Estados Unidos. Agora voltando ao pais tupiniquim, imagina o sujeito que podia arcar com os custos de manutenção, seguro nas alturas, os impostos, etc, sem falar o valor monetário do veículo, e ser presenteado com uma propagando tão enganosa quanto essa que a VW espalha de que não existe relatos de problemas com a mecatrônica do Golf MK7 DSG7? É de cair o cu da bunda de qualquer um. Continuo afirmando que eu não recomendaria para nenhum conhecido a compra do Golf equipado com o DSG7. A obra, ou seja, o GOLF MK7 isoladamente é uma coisa, o DSG7, é outro fato completamente à parte. Portanto eu, cujo o salário não nasce em folhas de árvores, ainda defendo o Golf , porém, não poderia jamais corroborá com as falhas do DSG7. Outra coisa: você está redondamente equivocado com relação ao conteúdo que movimenta essa fórum. Pesquise um pouco mais. Leia um pouco mais. Explore um pouco mais. As pessoas não procuram esse fórum especificamente para falar de problemas do carro. Aqui temos de tudo um pouco: a galera da parte técnica, a galera que não manja muito da parte técnica mas entende do funcionamento do carro, a galera que ama a cosmética e a lambeção de pintura, a galera da parte "mimimi" e que só sabe reclamar de defeitos, os moedores e cupins de ferro que estão cagando e andando para as peças que vão quebrar, os tunadores, os manolos, os chorões, e por aí vai. Há conteúdo para agradar a todos os públicos. Em tempo: Se o Golf MK7 custasse, sei lá, R$ 20.000,00 e a mecatrônica quebrasse justamente comigo. Na minha opinião ele seria o carro mais caro do mundo. Porque caro é tudo aquilo que não me atende ou que, de alguma forma, não é mais confiável.
  27. 2 points
    25 - SECAGEM AUTOMÁTICA DOS DISCOS DE FREIO [SEGURANÇA PASSIVA E TECNOLOGIA] Da série de sopas de letrinhass malucas e que quase ninguém conhece. O nome dela é BDD (Brake Discs Drying). Essa função, embora nativa, não está documentado no manual do Golf, mas no Polo foi bastante evidenciado. No Polo a VW rebatizou para BSW (Bremsscheibewischer – Limpeza Automática dos Discos de Freio). Limpeza??? A grande função desse sistema é secar os discos de freio em situações de chuva. O mecanismo não é nenhum bicho de 7 cabeças: em situação de chuva, naturalmente com o limpador de pará-brisas na posição automática um truque de algoritmos comandados pela ECU, contando ainda com a ajuda do sensor de chuva, simplesmente provoca uma aproximação da pastilha junto ao disco de freio, mas sem tocá-la. É um aproximação milimétrica em relação ao disco, fazendo com que o acúmulo de água seja dissipado, meio que provocando a "secagem do disco". Dessa forma, sempre que for necessário frear o Golf, em situação de chuva, os discos, em teoria, estariam prontos para entregar a melhor performance possível. Não há o contato das pastilhas com o disco, então, não há risco de desgastes no conjunto. A função não é nenhuma exclusividade do Polo, nem do Golf, e existe, na Europa, desde meados de 2005. É tudo um grande truque de software no sistema ABS, e comandados pela ECU. No meu veículo a função BDD está configurada no valor default de fábrica: weak (mínimo ou fraco). Porém, via obdeleven, é possível mudar a configuração para Medium (médio), Strong ( Forte ou Persistente) ou OFF (desligado). Obviamente não existe uma razão lógica para desativar o BDD. Embora o BDD esteja presente como parte de uma feature do Golf, o simples fato do veículo ser nativamente concebido, em linha de montagem, com 4 discos de freio (em vez de 2 dianteiros, e 2 tambores traseiros) já o deixa em vantagem. Segundo as próprias leis da física, a força centrífuga tende a arremessar a água para fora do disco de freio, e acaba por mantê-lo seco.
  28. 2 points
    24 - O BLOQUEIO SAFE - [PROTEÇÃO ANTIFURTO E/OU SEGURANÇA PASSIVA E TECNOLOGIA] O GOLF MK7 Highline PB é dotado de um sistema curioso de bloqueio das portas: o bloqueio safe. Sempre que o veículo é desligado o aviso de que o Bloqueio 'Safe está Ativado' é exibido no computador de bordo. Trata-se de um recurso que impede a abertura das 4 portas (por dentro), em caso de tentativa de arrombamento ou disparo do alarme. A ideia do Bloqueio Safe é tentar dificultar a vida de quem tentar arrombar o Golf. A função Bloqueio Safe orienta os sensores do alarme volumétrico e o de inclinação do veículo. Pode existir alguma situação aonde você queira, por exemplo, deixar um "pet" dentro do veículo e naturalmente com os vidros entreabertos, ou seja, suficiente para a circulação interna de ar, mas queira também manter o alarme perimétrico (externo) ativo. Para casos assim, existe algumas formas de desarmá-lo temporariamente. O bloqueio Safe pode ser desativado por meio de uma das seguintes possibilidades: 1 - Pressionar o botão "cadeado" da chave do veículo duas vezes. 2 - Internamente, na coluna B, ao lado do banco do condutor pressionando o botão para desligar o monitoramento do interior do veículo (também desligará o alarme anti-rebocagem) 3 - Ligar a chave do veículo na ignição.
  29. 2 points
    anghinoni1982

    Luz de Verificação do Nível do Óleo

    Pode ser um problema no sensor que fica na fechadura do capô. Ao abrir o capô é exibido no cluster central do painel que o capô está aberto? (Área do capo toda em branco como foto abaixo): Se não tiver, pode ser problema nesse sensor, aí o carro acha que vc não colocou óleo e fica exibindo a mensagem! O Interruptor é o 18: Que custa módicos: E na ECS Tunning: 73 doletas!!! https://www.ecstuning.com/b-genuine-volkswagen-audi-parts/hood-switch/5g0953236/ Um problema parecido: Abraços.
  30. 2 points
    Senão me engano, dá pra habilitar, mas aqui no Brasil não tem as torres de transmissão desse tipo de informação! Ai não vale pra nada... Tem até um tópico sobre isso: Abraços.
  31. 2 points
    dtabach

    Aplicativo VW Connect

    $550 na lojinha oficial da VW no Mercado Livre: hahaha. Li que, em Portugal, a peça foi distribuída de graça. Até porque os dados do veículo são enviados à VW; seria interesse da fábrica facilitar para si mesma o recebimento desses dados.
  32. 2 points
    iCardeX

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Enquanto isso, o Golf aqui tá alcançando a casa dos 200.000Km. Até tentei, há cerca de 2 semanas, destruir os amortecedores, em territórios hostis e dominados por Renegades, Dusters, e afins, alí em Alto Paraíso de Goiás, porém sem sucesso. Esse Golf não quer dar as peças a torcer.....
  33. 2 points
    22- O BIT NO GOLF MK7 [OBDELEVEN AND TWEAK] Em poucas palavras o OBDELEVEN é um "concorrente" direto do famoso VCDS. Ele permite, assim como o software e o cabo do VCDS, a leitura e escrita nos diversos módulos de configuração do carro. Com o obdeleven é possível realizar diagnósticos completos em todos os módulos do Golf e assim identificar possível falhas, anomalias de funcionamento, etc; além disso, é possível, também, mudar as diversas configurações no software do carro, sejam coisas simples ou complexas. Se tem interesse em adquirir o seu, ou obter mais informações sobre as limitações do produto, siga o link do fabricante: http://obdeleven.com/ O obdeleven atualmente está licenciado junto a VW para uso em todos países do globo, exceto China. Ele é 100% compatível com smartphones/tablets que estejam rodando o sistema operacional Android. A versão disponibilizada recentemente para a plataforma iOS da Apple, ainda está em fase beta de ativação de recursos, e só funcionará apenas com o hardware obdeleven de segunda geração. O app deles tem interface bastante intuitiva, não precisa de muito estudo pra usar, especialmente se você já ouviu falar em VCDS. Foi com a ajuda do obdeleven que eu consegui identificar e corrigir, por conta própria, um problema que estava causando me atormentando: fuga de ar no sistema de admissão. Quem quiser espiar, o tópico é esse aqui: https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/3664-fuga-de-ar-no-sistema-de-admissão-resolvido/& Não vou adentrar em funções de diagnóstico avançados do obdeleven, mas adianto que algumas dicas posteriores a essa, podem incluir tweaks do obdeleven.
  34. 2 points
    21 - O ESP - CONTROLE ELETRÔNICO DE ESTABILIDADE DO GOLF MK7 [TECNOLOGIA] ESP (ESC, como queiram) essencialmente é atuação de inteligência de decisão por análise de software. Software coletando, interpretando, calculando e recalculando todos os dados obtidos a partir dos hardwares (sensores, acelerômetros, velocímetros, etc) do veículo. O ESP determina o que, como, e quando cada solução (ou conjunto delas) vai atuar. Atrito (naturalmente entre o pneu e o asfalto), essencialmente, é a condição fundamental para a atuação correta do controle eletrônico de estabilidade. É evidente entender que estamos falando, basicamente, da preexistência de 4 áreas de contato fundamentais, e de pouco mais que a largura do papel A4, ou seja, o contato dos pneus com o solo/asfalto para o sistema atuar corretamente. Quando o ESP atua ele interfere principalmente na trajetória do carro em curvas para evitar, basicamente, que você rode na pista. Ele faz isso freando individualmente as rodas do carro e endurecendo o volante para o lado que atrapalha. O resultado é que é possível "sentir" o carro perder força na curva, ligeiramente uns leves tapas via abs das rodas, e, eventualmente, o raio da curva vai abrir um pouco. A lógica é que é preferível ter que corrigir a trajetória do que permitir que o carro gire descontrolado numa curva. O ESP é apenas um assistente, e não é anti-burro. Então, se o sujeito quiser capotar o Golf MK7, ele eventualmente conseguirá, de uma forma ou de outra. Por esses e outras está escrito no manual, quase que como um mantra, que o ESP JAMAIS poderá contrariar as leis da física. No manual está escrito, grifado, e negritado, uma dezena de vezes, que a se a condição de atrito se tornar inválida o ESP poderá perder completamente a sua eficácia.
  35. 2 points
    18 - O "SENSOR" DE PERDA DE PRESSÃO DOS PNEUS [TECNOLOGIA] Na verdade, o tal sensor de perda de pressão não existe. A função é baseada em dados que são coletados (e interpretados) através do sistema ABS. O que a central faz nada mais é do que calcular qual dos pneus gira em velocidade diferente dos demais. Tanto que se você mantiver, por exemplo, os 4 pneus com 22 PSI o sistema não detectará perda alguma de pressão. Há que se ter uma grande diferença de pressão para o sensor perceber alguma anomalia em alguma das rodas. Para programar o "sensor" siga os passos: 1 - Ligar a ignição. 2 - Pressionar o botão da central "CAR". 3 - Tocar na tela de função "PNEUS" para abrir o menu Ajustes do veículo. 4 - Tocar na tela para adentrar à função Pneus . 5 - Tocar na tela para adentrar à função indicador de controle dos pneus . 6 - Tocar na tela para adentrar à função SET . 7 - Quando as 4 pressões dos pneus corresponder aos valores desejados, tocar a superfície de função confirmar , para memorizar as pressões dos pneus . Em tempo: o fato de possuir o sistema de análise de pressão dos pneus, isso torna o Golf compatível com as exigências legais aos pneus do tipo " Run flat". Pneus do tipo "Run Flat" são comuns nos BMW, Mercedes-Benz, Audi e Porsche; e dispensam o a necessidade de se transportar o estepe.
  36. 2 points
    Saldanha MQB

    Ar Condicionado Desarmando

    geração X
  37. 2 points
    rschmidt616

    Ar Condicionado Desarmando

    Só desligar o botão do lado da alavanca do câmbio conhecido como Start Stop que ele não vai desligar o motor e automaticamente o ar continua ligado. Se tiver dúvida, leia o manual do carro..
  38. 2 points
    15 – LUZ DE ESTACIONAMENTO E FAROL ACESO (dica 2) 1 – Desligue o motor do veículo. 2 – Dê um simples lampejamento de farol alto. 3 – Retire a chave da ignição. 4 – Abra a porta do carro. Útil quando se deseja manter os faróis ligados por um tempo extra, após sair do veículo.
  39. 2 points
    14 – LUZ DE ESTACIONAMENTO (dica 1) [TECNOLOGIA] Se deixar o botão dos faróis na posição automático e a seta acionada para um dos lados, a lanterna dianteira e traseira do lado escolhido ficará acesa. O recurso serve para quando se para no acostamento e não quer ligar o pisca. Aparece no painel como "luz de estacionamento". Desativa deixando a seta desligada ou o botão dos faróis fora do automático.
  40. 2 points
    13 – LOGO PERSONALIZADAS PARA AS ESTAÇÕES DE RÁDIO [TWEAK] 1. Faça uma listagem das rádios memorizadas na sua central, com o nome da rádio e a frequência; 2. Obtenha os logos pelo site http://www.radios.com.br/ ; 3. Se não encontrar nesse site, pesquise imagens usando o nome da rádio, a frequência e a cidade, no Google, ou outro site de busca; 4. Se encontrou todos no site citado, copie os logos para um cartão SD (crie uma pasta de logos para ficar fácil de achar). Os logos desse site estão padronizados com tamanho 100x100 pixels. Se conseguir de outra fonte, abra a figura num editor de imagens (Paintbrush, por exemplo) e veja o tamanho em pixels, se estiver maior, redimensione para 100x100 pixels; 5. Insira o cartão na entrada própria para ele no porta-luvas; 6. Ligue o rádio e vá em configurações; 7. Vá em Logotipo emissoras; 8. Selecione a posição da rádio que tu vais inserir o logotipo; 9. Selecione o cartão SD; 10. Selecione a pasta onde salvou os logos; 11. Selecione o logo desejado da listagem apresentada; 12. Pronto, o logo apareceu na posição da rádio; 3. Aí é só voltar até a tela principal do rádio. Não precisa manter o cartão SD no slot, os logos ficam salvos na memória da central.
  41. 2 points
    12 – CONFIGURE A MEMÓRIA DO RECURSO DE TILT-DOWN PARA OS RETROVISORES 1 – Ligue o motor do veículo. 2 – Agora vá a central multimídia, e entre no caminho: A) Botão “CAR” B.) Na tela multimídia, canto inferior direito, escolha o recurso de Configurações (botãozinho virtual da engrenagem escrito “Config”) C) Role a tela, e procure o submenu “Espelhos e Limpador”, e entre nele. D) Dê um ticket de confirmação na opção “abaixar em marcha à ré” 3 - Engate o câmbio em posição de marcha à ré. 4 – Posicione o botão de controle regulador dos espelhos para posição R (Right), ou seja, para controlar o retrovisor Direito, e deixe o espelho na posição desejada, e está pronto. Sim, a memorização transcorre automaticamente nesse ponto. O espelho retornará automaticamente à posição normal assim que o veículo atingir 15km/h.
  42. 2 points
    11 – ZERE O AVISO DE SERVIÇO DE INSPEÇÃO OU TROCA DE ÓLEO [MANUTENÇÃO] 1 – Sem a chave no contato, segure (e mantenha segurado) o botão localizado no centro do painel de instrumento. 2 – Coloque a chave no contato, e gire para posição ligado. Não ligue o motor ainda. 3 – Confirme o zeramento do serviço de inspeção ou troca de óleo, usando o botão localizado no centro do painel.
  43. 2 points
    8 – AR-CONDICIONADO CLIMATRONIC [TENOLOGIA] Todo Golf Highline PB é dotado do sistema de ar-condicionado de conforto térmico de dupla zona e com a tecnologia que a VW intitula Climatronic. Basicamente é possível configurar internamente até 2 zonas de temperaturas, ou seja, uma para o motorista e outra para o carona. A brincadeira não para por aí: o sistema foi concebido para trabalhar com filtros de ar-condicionado fabricados com a tecnologia de carvão ativado. O carvão ativado do filtro de ar-condicionado trabalha com um conceito químico denominado “adsorção física” por meio de interações intermoleculares do tipo Van der Waals. Resumindo Carvão ativado é basicamente carbono. Carbono possui uma incrível capacidade de reter moléculas de gases e líquidos. Logo, a função do carvão ativado do filtro de ar-condicionado é reter moléculas que poderiam causar odor ruim dentro do habitáculo do Golf. Segundo a VW, o filtro de ar-condicionado de carvão ativado deve ser substituído a cada 30.000Km. O CLIMATRONIC também possui um sensor de temperatura (localizado no botão central) que analisa e comanda o conforto da temperatura interna quando o a função “auto” está ativado. O Climatronico foi concebido também com botões dedicados como atalhos rápidos para a função Desembaçamento Rápido do Para-brisas, e o botão dedicado de comando, lado esquerdo, para Resfriamento Rápido da Cabine. Uma função que eu nunca pude observar se de fato funciona é o de análise de gases nocivos pelo sistema. Reza a lenda que o Climatronic é capaz de bloquear a entrada de ar para a cabine, a partir de sensores de gases nocivos embutidos dentro do próprio sistema, impedindo que os passageiros fossem intoxicados.
  44. 2 points
    7 – GANHE ESPAÇO NO PORTA-MOLAS [TECNOLOGIA E PRATICIDADE] Menos é mais. O porta-malas do Golf PB possui um estágio adicional de rebatimento. Se o pneu original (que é da mesma dimensão e especificação do conjunto total) for substituído pelo famoso “estepe fino”, a tampa do porta-malas pode descer para o segundo estágio, e, tranquilamente, liberar cerca de 80 litros de espaço no compartimento. Eu adotei o estepe fino, e recomendo. Veja a mágica:
  45. 2 points
    6 – NÃO SE ASSUSTE COM AS PEDRAS NO MEIO DO CAMINHO [PROBLEMA E SOLUÇÃO] Não vou delongar com essa dica. Eu já narrei a novela que aconteceu por conta de uma pedra que entrou no prato do disco. Se você não leu, siga o link: https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/3670-ruído-agudo-dentro-do-motor/& O ruído era realmente assustador. Aconteceu uma segunda vez. Vacinado, arranquei por 200 metros com força total, e sentei o pé no freio com vontade, até desintegrar a tal pedra. Senta o pé, dê tchau e benção!
  46. 2 points
    3 – O PARAFUSO DAS RODAS E OS SEUS SEGREDOS [PROTEÇÃO ANTIFURTO E/OU SEGURANÇA] GOLFs Highlines PBs são dotados de parafuso-segredo para as 4 rodas. Existem um total de 32 conjuntos de parafusos-segredos diferentes, e que foram distribuídos aleatoriamente na linha de montagem. Então, a chance de 2 Golfs abrirem com o mesmo parafuso segredo é na ordem de 3%. Se você perdeu o adaptador (segredo) da chave de rodas do seu veículo é possível obter a reposição com o concessionário autorizado. Aliás, cada concessionário autorizado possui uma maleta com os adaptadores-segredo para desmontar qualquer das rodas.
  47. 1 point
    show irmão, muito obrigado
  48. 1 point
    anghinoni1982

    Velas - tudo que precisamos saber

    Situação das minhas velas com 4 anos de uso e 23.000km:
  49. 1 point
    anghinoni1982

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Eu particularmente comecei a procurar outras opções no mercado. Minha esposa quer o T-Cross, esta no meu ouvido direto, falando que tem o mesmo motor do Golf, é alto, mais espaçoso e bla, bla bla. Eu só falo pra ela, vai ser a ultima opção! Amanhã vou fazer um test drive no Jetta GLi, mas estou indo de curioso mesmo, mais pra eles fazerem uma avaliação no meu carro. Vamos ver! Abraços!
  50. 1 point
    Thiagocs

    Acc e front assist

    Aqui em Brasília e região, como a Brasal é a única que possui o equipamento para fazer o serviço de calibragem do ACC, pedem R$ 3.500,00 pelo serviço de ET. Isso que é foda na VW, concessionárias da rede cobram preços bem diferentes pelo mesmo serviço e peças originais. Porque não tabelam o preço dos serviços e peças para o mesmo carro no Brasil todo (talvez seja absurda essa ideia, sei que o empresário coloca o preço que quiser....e o mercado é quem regula se é caro ou não)? Porque aqui em BSB o serviço custa 2x mais? O equipamento não é o mesmo e o mecânico não gasta a mesma quantidade de horas para regular o ACC nos dois procedimentos, tanto no DF quanto em Campinas (até porque são feitos em concessionários da marca)?!?! Não vejo muito sentido em uma discrepância tão grande no preço pelo mesmo serviço, mas, isso aqui ô ô, é um pouquinho de Brasil iá iá...é rir pra não chorar. Abs!