iCardeX

Members
  • Total de itens

    2018
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    130

iCardeX last won the day on October 18

iCardeX had the most liked content!

5 Seguidores

Sobre iCardeX

  • Rank
    Advanced Member

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    DF
  • Interests
    Viajo e vivo por aí....

Últimos Visitantes

3780 visualizações
  1. Não aprecio. Ficou parecendo um resultado muito “xuning”. Não condiz, em nada, com o nível de acabamento do Golf Gti. Reprovo. Se o veículo fosse meu, e eu não tivesse condição de repor a peça de led original, com absoluta certeza ele ficaria sem. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  2. Encontrei no Youtube um vídeo bem explicativo sobre o funcionamento da embreagem. Vale e a pena e conferir. Atentem que o modelo digital é de tração traseira.
  3. No YouTube que retrata muito bem essa turma: Zumbis em Brasília Merelles Geek tá por lá. Recomendo. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  4. Essas telas LCDs (mesmo que oficiais) não me inspiram tanta confiança. Ainda prefiro os ponteiros trabalhando no bom e velho mostrador analógico.
  5. Códigos originais Golf TSI highline

    Mortal Kombat, provavelmente! Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  6. Curioso, pesquisei. Não é tão simples quanto parece ser. Esses tanques possuem capacidade para armazenar até 30.000L de combustíveis. O poder de impacto (explosão ou ambiental) seria temeroso sem normas rígidas de segurança. Há normas para a confecção do tanque assim como para a validade, a instalação e o uso propriamente dito. A NBR 16161 é que dita as regras dos novos mecanismos construtivos, e NRB 13212 determina as regras de acomodação para os postos de serviços, e aNBR 13781 determina as regras de instalação. Tudo muito bonito e documentado, só não sei se é seguido ao pé da letra. Confiemos.
  7. Sim. Eu concordo. A questão que eu especulo é que provavelmente os tanques possuiriam proteções térmicas visando obedecer não somente as normas e exigências de segurança, mas, também, poderia minimizar os possíveis prejuízos decorrentes da dilatação dos combustíveis neles armazenados. Sei lá como funcionaria as características termofísicas desse conjunto de camadas de proteção. Claramente, o tanque não poderia ser adiabático (como você bem lembrou), mas há espaço para uma séria de outras especulações. Aí, quando tento imaginar o tanque de combustível literalmente enterrado juntamente com todas as camadas de proteção (concreto, asfalto, outro material que eu desconheça, etc), fica difícil compreender (e aceitar) que a perda e/ou absorção de calor seja muito significante para o intervalo recomendado para abastecimentos. Em teoria, a recomendação de abastecer nos primeiros horários da manhã parece ser válida, mas será que na prática ela se aplica de verdade mesmo?
  8. Ué, mas os tanques subterrâneos não deveriam ser termicamente protegidos? Duvido muito que as refinarias e os grandes distribuidores (que comercializam bilhões de litros de combustíveis) não tenham desenvolvido tecnologias para anular/compensar a variação de densidade as quais os combustíveis poderiam estar submetidos (em função da temperatura), antes de entrar no tanque dos automóveis. Aqui no DF, creio, essa dica não seja mais válida. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  9. Por isso que eu sempre abasteço no mesmo local, e na mesma bomba. Há uns 10 anos. Os frentistas já sabem até qual é o meu ritual: 1 - Para o carro, e verifico qual foi autonomia do computador de bordo. 2 - Copio a informação do odômetro total. 3 - Saio do veículo, e já aviso: Por favor, completar com a Gasolina A-DI-TI-VA-DA, e pare no automático. - E veja se não vai ralar a mangueira de combustível pelo lataria do meu veículo. 4 - Fico a uns 2 metros esperando o click da bomba. - Na boa, já fiquei sabendo de acidentes em abastecimentos, e eu é que não estou afim de virar presunto por negligência. 5 - Tanque completado, já alimento o software que gera as estatísticas de consumo e autonomias. 6 - Pago, do lado de fora mesmo, em débito ou cartão de crédito para ficar registrado como eventual "prova" aonde foi realizada o abastecimento de combustível. 7 - Dou meu "muito obrigado" e casco fora. --- Se algum dia entrar combustível adulterado nessa bagaça(e assim for constatado por laudo) o posto está lascado judicialmente.
  10. O caso que citei acima foi absurdo, porque o veículo havia começado a entrar na reserva. Não tinha porque conseguir abastecer com 51,40L no tanque. Nunca mais abasteci naquela bomba, mas o posto de combustível ainda é o mesmo que tenho frequentado, desde que possuía o gol G5. Observando os históricos de bastecimentos dos últimos 3 anos, verifiquei que chegou a entrar até os 52L de gasolina dentro do tanque. De qualquer forma era quando a autonomia estimada estava na casa dos 5km para zerar completamente o tanque. Reparem: Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  11. Isso aconteceu 2 vezes comigo. Na época fiquei meio puto, porque o computador de bordo do Golf acusava que eu havia rodado 810Km, mas ainda havia autonomia para mais 110Km. Cálculos, obviamente, do próprio computador de bordo. Enfim, considerei ao menos, 6 litros ainda no tanque antes de iniciar o abastecimento. Qual não foi a minha surpresa? A bomba de abastecimento parou no primeiro clique com nada mais e nada menos que 51,39L de gasolina. Somados aos 6 litros que provavelmente havia dentro do tanque, imaginei incríveis 57,39L. Era 00h30, e eu não estava afim de começar um bate-boca. O que fiz? Pedi nota fiscal com a placa do meu veículo registrada nela, tirei a foto da leitura da bomba, e depois denuncie para a ANP pelo número 0800 970 0267. A época, ficaram de investigar, mas eu não sei o que aconteceu depois. Fatos: Antes de abastecer o computador ainda acusava 110km de autonomia para o tanque. O susto com a bomba de combustível! A autonomia estimada quando cheguei em casa. —- A segunda vez foi noutro posto. Mas a autonomia estimada para zerar o tanque era de menos de 25km. Desencanei.
  12. 18 meses sem higienização do cockpit

    Foi em Gramado/RS. Chegou a cair flocos de neve, de tão frio que estava, mas não nevou. Lá, enquanto fazia pesquisas de preços perguntando se havia aquecedor, me corrigiam sempre: “calefação?”. Com calefacãããããão a diária era o olho do cara. Calefa o quê? Eu queria saber era o modelo do ar-condicionado. Uma benção eles não saberem o que era “ciclo reverso” de ar-condicionado. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk