Spielwurfel

Members
  • Total de itens

    565
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    15

Spielwurfel last won the day on October 5

Spielwurfel had the most liked content!

3 Seguidores

Sobre Spielwurfel

  • Rank
    Advanced Member

Profile Information

  • Gender
    Not Telling

Últimos Visitantes

1110 visualizações
  1. Luz de Verificação do Nível do Óleo

    Negativo, o Golf possui sensor de nível de óleo no cárter. Se a pressão estiver baixa, isso será detectado pelo sensor de pressão de óleo. Se o nível de óleo estiver baixo, isso será acusado pelo sensor de nível. O Golf é capaz de diferenciar e mostrar esses problemas separadamente no painel.
  2. TROCA DA CORREIA DENTADA DO GOLF MK7

    Caros integrantes do forum cheio de dúvidas e muitas desconfianças. Segue abaixo na íntegra a resposta da VW referente a correia dentada do Golf. Na minha pergunta fui bem claro se havia um intervalo para inspeção somente da correia ou se o intervalo era referente a troca da correia. Pela resposta claramente não há especificação de intervalo para verificar a correia, há somente período para substituição da mesma. "Sr. Marcelo, boa tarde! Agradecemos o seu contato. Em atenção a sua mensagem, informamos que a troca da correia dentada, correia poly-v elástica e tensionador da correia dentada deve ser realizada a cada 120.000 km ou 4 anos e meio, prevalecendo o que ocorrer primeiro, independente dos serviços que serão executados. Exceto veículos em condições de severidade utilizados para prestação de serviços e em regiões de poeira intensa e mineradoras, conforme descrito no manual de manutenção e garantia do veículo. Agradecemos a preferência pela marca Volkswagen. A Central de Relacionamento com o cliente Volkswagen permanece à disposição. Atenciosamente. Aracely Giovanelli 0800 019 5775 www.vw.com.br / fale conosco"
  3. TROCA DA CORREIA DENTADA DO GOLF MK7

    Interessante. Eu chutaria que essa validade na caixa é do componente estacionado dentro da caixa... Que por lógica poderiiiiiia seria a validade máxima instalada no carro, caso fosse instalada assim que fabricada. Por outro lado fica meio esquisito, já que se fosse instalada, por exemplo, 5 meses após a fabricação a oficina teria que informar que a próxima troca seria em 3 anos e 7 meses. Meio esquisito... Pelos exemplos que tive de outros carros que tive em casa, acho tanto 30k ou 50k Km um exagero para trocar a correia. No C4 que tive em casa, chegou aos 160k Km e a correia dentada ao ser inspecionada estava em ótimas condições. Vou enviar um e-mail para a VW perguntando o período de troca... Apesar de ficar com o pé um pouco atrás, porque quando perguntei sobre o consumo máximo de óleo considerado normal no Golf TSI, a VW me respondeu um consumo absurdo. Ao comentar sobre isso na css me falaram que essa informação é antiga e está desatualizada, e que o consumo máximo normal é um outro valor (que não me lembro de cabeça), que considerei bem mais razoável. Vou postar aqui quando receber a resposta.
  4. TROCA DA CORREIA DENTADA DO GOLF MK7

    Na concessionária onde levo o meu carro me falaram 4 anos ou 120.000 Km, o que vier primeiro...
  5. Aonde foi parar o óleo?

    Não acompanhei todas as trocas de óleo do meu carro, porém nas últimas notei que ele andava consumindo óleo num ritmo que não me permite rodar 10.000 Km sem ter que completar. Para evitar isso, comecei a pedir para colocar o óleo até o nivel máximo da vareta. O técnico que realizava o serviço pra mim completou até quase o nível máximo e falou que após alguns minutos de funcionamento do motor, o nível tende a baixar um pouco. Ele ligou o motor por certo tempo, desligou, deixou o óleo escorrer para o cárter e realmente o nível havia baixado na vareta. Completou com mais óleo até o nível máximo e pronto. No processo foram 4,5 L aproximadamente.
  6. Eu já cheguei próximo do limite porém nunca consegui nunca abastecer mais que 50 litros. Em realidade nunca abasteci mais que 46 litros. Acho que a forma mais prática de conferir isso seria abastecendo em outro posto, tvz com mais cara de "confiável" para comparar. Se não quiser abastecer em outro posto, li uma vez uma dica sobre postos que costumam fazer gambiarras para enganar o consumidor. Geralmente fazer gambis nas bombas mais utilizadas, ou seja, mais próximas do local de pagamento, e as mais afastadas muitas vezes não são alteradas já que o consumo nelas tende a ser menor e não valer a pena fazer a gambi...
  7. Marcha lenta com leve oscilação

    Acredito que não seja normal. Quando coloco o meu Golf TSI DSG em N, a marcha lenta fica estável e normal. No máximo ela "oscila" (leia-se, sobre por um bom período de tempo) quando o ar-condicionado está ligado e/ou quando a ventoínha entra em ação.
  8. Motor

    Além disso, não desmerecendo nenhum colega do forum, porém não acho que ninguém aqui tenha a manha de dizer se funcionaria bem encamisar esse motor com propriedade xD Tmb não conheço nenhum artista aqui no Brasil que já tenha encamisado um motor 1.4 TSI. Porém desejo boa sorte na sua jornada!
  9. Gti fumando

    Não tem nenhuma luz acesa no painel?? Será que o remap acaba suprimindo esse tipo de coisa? Você falou de fumaça branca, suponho que não estamos falando da "fumaça" que sai do escapamento pela água virando vapor, correto? O motor estava frio ou já estava quente? Do contrário, fumaça branca mesmo (e não cinza ou preta) deve indicar combustão incompleta / knocking elevado. Com nível de óleo elevado eu acredito que você estaria vendo fumaça mais azulada devido ao excesso no cárter sendo jorrado para cima nos pistões. Tendo acontecido por um breve momento, e novamente apenas 1 mês depois, não acredito que você tenha um problema com a turbina. Apostaria mais em algum erro do remap, ou um combustível com qualidade pior e cujo o remap não lide tão bem. Se tiver um leitor OBD, verifique por códigos de erro que possam ter sido gravados na ECM.
  10. OBDeleven

    Uau, valeu! Vou tentar fazer um cadastro lá novamente. Eu lembrei que a Volkswagen tem o site do sistema deles, Erwin, em que se quiser pode pagar (tem várias opções de acesso) para poder ver os documentos que normalmente concessionários teriam.
  11. OBDeleven

    Primeiramente, obrigado pelos elogios! Eu lembrava do tópico, não me importaria em ter meus comentários lá para agregar tudo em um só. Quanto ao documento, encontrei ele no link disponibilizado no seguinte post do fórum VWWatercooled, é o documento TPI 2026473-2, há vários outros interessantes também. - http://www.vwwatercooled.com.au/forums/f128/polo-6r-tpi-list-85217.html Note que a denominação TPI (Technical Product Information) é utilizada pela VW. Aproveitando essa resposta, depois que descobri esses TPI's, fui buscar por todos referente ao Golf. Encontrei esse forum alemão que contém uma série de TPI's específicos do Golf - http://www.golf7freunde.de/index.php/Board/86-TPI-s-zum-Golf-7/ O porém é que só é possível baixar eles com um cadastro no forum, e aparentemente é necessário um convite para participar. Se alguém conseguir acesso a eles, gostaria de saber. Fiz uma tradução dessa página em alemão para inglês e aparentemente há alguns que me interessam, como um referente a um ruído na suspensão dianteira do carro, que creio que é o que ocorre com o meu Golf, mas ninguém descobre a origem. Sobre esse Longest Distance 65535, realmente acredito que não seja nada na verdade. Já rodei 80 Km e o carro detectou várias buraqueiras pela cidade, mas esse valor ficou imutável. Lembrei agora de utilizar a função Test Result, e um dos valores que ele retornava era simplesmente 65535... É o valor máximo aceito por uma variável binária de 16 bits (https://en.wikipedia.org/wiki/65,535). Essa é a dificuldade de uma ferramenta avançada como essa, saber o que você está fazendo e interpretar os resultados. Ainda estou aprendendo ahahha
  12. OBDeleven

    Meu Golf é 2014, porém nunca li que era impossível desativar o Start-Stop no Golf. Há vários sites e forums indicando isso, veja um que acabei de achar no Google que informa sobre dois métodos para isso - http://www.vwwatercooled.com.au/forums/f197/disable-stop-start-vcds-tweak-94276.html No Golf, os únicos métodos conhecidos são alterando a temperatura ou tensão de bateria em que o start-stop deve funcionar, para valores completamente fora de realidade e que jamais ocorrerão tipo, start-stop só pode funcionar se a temperatura do motor estiver a -50 graus ou se a tensão da bateria estiver abaixo de 12V (não acontece nunca com o carro ligado e uma bateria boa, a tensão sempre fica acima disso). Por outro lado, li que na Amarok é possível encontrar uma opção para que sempre que o carro ligue, o padrão seja que o Start-Stop esteja desativado como se você tivesse pressionado o botão para desativá-lo. Porém nunca encontraram essa opção nos Golf. Eu preferiria esse método já que caso eu quisesse, poderia ativar o Start-Stop pressionando o botão somente. Pela reprogramação, você teria que refazê-la e voltar para a programação original.
  13. OBDeleven

    E ai galera Criei esse tópico com o intuito de compartilhar um pouco o que se pode fazer com essa ferramenta OBDeleven que já foi citada no forum anteriormente. Após começar a utilizar ela, fiquei impressionado com a quantidade de parâmetros monitorados pelo Golf (e seguramente por muitos outros carros do grupo VW). Para os que já conhecem outras ferramentas OBD como por exemplo o app Torque, imaginem todos os parâmetros que você pode monitorar com ele. Agora multiplique isso por 5 (sendo conservador) para ter uma ideia de quantos parâmetros adicionais são monitorados no Golf. Além disso, é possível obter códigos de falha que ferramentas OBD comuns não acusariam (ocorreu comigo e com outro amigo meu), e também fazer programações interessantes. Logo de cara já fiz algumas modificações na programação do meu, algumas cosméticas, outras úteis: Desativas o Start-Stop: Essa de longe pra mim foi a mais útil. Antes eu desativava o sistema toda vez que ligava o carro, e agora não tenho mais essa encheção de saco Qnt. de reabastecimento no painel: Achei que seria útil ver no painel quantos litros precisaria reabastecer, para ter uma ideia melhor de litros ainda no tanque e para comparar o que a bomba do posto está marcando. Porém essa modificação me decepcionou, esse parâmetro no painel do carro só marca a qnt. a cada 5L (5, 10 15, 20L...). Pouca precisão. Varredura dos ponteiros: Somente porque é "legalzinho" ver eles girando quando se liga a ignição do carro. Velocidade do ventilador no Climatronic: Mostra o quão rápido está o ventilador no modo Climatronic, acabando com aquela sensação de "será que ele tá fazendo do jeito certo"? Medidor de nível de combustível: Ainda estou avaliando se devo ou não ajustar o medidor de nível do combustível para tentar deixar ele mais preciso, estou com medo de cagar em alguma coisa e correr o risco dele dizer que tem mais combustível do que realmente tem. Abaixo alguns parâmetros interessantes ou curiosos que encontrei, que são monitorados pelo carro: Medição do nível de óleo em mm (já havia sido mostrado em outros posts com o VCDS). Considero que pode ser útil a partir do momento que você consegue estabelecer a altura do óleo quando está no nível mínimo no cárter e quando está no nível máximo. A ferramenta eletrônica pode ser usada para evitar erros de leitura na vareta. Temperatura do DSG. Achei isso era medido somente no DSG6. Mas o DSG7 também tem monitorada a temperatura do óleo utilizado no sistema hidráulico, e o que eu não esperava, da própria embreagem. Rodei com o carro nesses dias frios e trânsito super moderado, e a embreagem chega sem muita dificuldade a 90C em alguns casos. E eu sei que eu não forço a embreagem do carro, consigo perceber quando ela está deslizando e faço o possível pra sair daquela velocidade em que ela desliza (sempre na 1a e 2a marcha). Testei a embreagem saindo com o carro do zero em uma subida bem inclinada e foi "assustador" como a temperatura sobe rápido! Detecção de superfície irregular. Acho que esse é o que mais me surpreendeu. Já conhecemos o problema de retenção de troca de marcha (que eu pessoalmente só sofri em pisos absurdamente ruins), porém não imaginava o quão precisa é essa detecção. É possível ver quando o carro detetca uma superficie irregular quando ele atualiza a kilometragem no parâmetro "Km at last activation". Comigo ele só foi atualizado quando passava por uma irregularidade maior, constante em uma distância de uns 15 metros, ou quando eu passa por um desnível pontual, porém mais forte (exemplo, aquelas divisórias em pontes bem desniveladas). O que me deixou curioso, e pretendo investigar mais é sobre o "Longest active distance with uneven road surface", porque eu definitivamente não rodei 65 mil Km em ruas e estradas ruins, e enquanto o Km at last activation atualizada, o Longest distance não mudou em nenhum momento. Você pode me perguntar "mas o que muda quando ele deteca uma superficie ruim?". Esse é outro ponto que encontrei em um documento da VW e que pretendo compartilhar o link mais tarde. Torque do motor. Esse é outro parâmetro disponível pelo OBDeleven diretamente do cálculo feito pelo carro. OBDs comuns com aplicativos como o Torque conseguem estimar a potência e torque do motor baseado no peso que você estabelece para o carro e utilizando o acelerômetro do dispositivo sendo utilizado. Já tentei utilizar isso, porém é extremamente impreciso em geral, já que depende de uma superfícia plana e sem inclinação. O cálculo realizado pela ECM do carro é bem mais preciso, como mostro no gráfico que eu gerei através do datalog do OBDeleven. A potência foi calculada baseado no torque. Para os que não sabem, a potência não é nada mais do que uma derivação do torque. Em dinamômetro automotivo não se mede potência, e sim o torque, e a conversão de um para outro é somente uma conta matemática. Notem que a curva de torque e potência que a VW divulga é bem diferente (eu pessoalmente não acredito nela), porém a curva calculada pelo carro é bem semelhante a essa feita em um dinamômetro (peguei do site da Reiko, que faz remap em Golf TSI). Utilizando outro leitor OBD mais convencional, porém mais rápido que o OBDeleven, consegui fazer essa curva de pressão do turbo do carro, e outra que compara a resposta do acelerador, corpo de borboleta, nível de carga no motor e por fim a pressão do turbo. Eu estava numa rotação bem baixa, então notem como é grande o lag do turbo nessa rotação. Estava no modo normal do Golf. Espero que alguém ache isso interessante, e comentários construtivos são bem vindos!
  14. @Sobrinho Apenas sinto muito pelo ocorrido com você. Eu estaria com o coração na mão e com medo dos bolsos no seu lugar. Espero muito que o seguro cubra!
  15. AR CONDICIONADO E VENTILAÇÃO

    Exatamente. Você inclusive sente o freio motor do carro aumentar devido a potência adicional que o ar-condicionado está demandando. Quanto menor a temperatura e maior a velocidade de ventilação, maior será o consumo de combustível. Isso se deve ao fato de que o ar-condicionado do Golf é variável, logo tende a ser mais econômico e na minha opinião mais confortável, já que ele não fica fazendo aquele barulho chato por estar ligando e desligando constantemente. Eu costumo andar em muitos trechos de serra, e muitas vezes "forço" o ar-condicionado e ligo outros consumidores de energia como farol de nebilna, desembaçador traseiro e dos retrovisores (esses aumentam a demanda da bateria, logo do alternador também). Tudo isso aumenta o freio motor e me ajuda a economizar freios. Meu Golf está com 83k Km e até o momento não precisei trocar discos nem pastilhas de freio. =)