Bereba

Members
  • Total de itens

    699
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    39

Bereba last won the day on March 2

Bereba had the most liked content!

1 Seguidor

Sobre Bereba

  • Rank
    Advanced Member
  • Data de Nascimento 05/17/1975

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    São Paulo - SP

Últimos Visitantes

2588 visualizações
  1. Vídeos super interessante falando qual é o problema do câmbio DSG7 DQ200 e uma possível solução:
  2. Saiu uma nova atualização do Android Auto. O meu atualizou ontem. https://canaltech.com.br/android/android-auto-ganha-novos-recursos-de-mensagem-e-midia-com-atualizacao-128055/ Talvez tenham corrigido estes problemas. Em tempo, quanto ao uso do Waze ou do Google Maps, os dois são ótimos, mas prefiro o Waze, principalmente por conta da contribuição feita pelos demais usuários: trânsito, buraco, acidentes, polícia e etc... E o aviso de radar, que quebra muito o galho . nunca mais levei uma multa de radar depois de usar o Waze em todos os percursos que realizo. E quanto a questão de segurança por caminhos estranhos, cabe o bom senso. A indicação do caminho feito pelo aplicativo é uma sugestão, uma indicação e não deve ser obrigatoriamente utilizado e nem tomado como uma verdade absoluta, obviamente o motorista deve usar o bom senso, conhecimento, placas, inteligência e outros indicativos para decidir a rota a ser tomada. Se o aplicativo está te mandando para algum lugar estranho, com gente esquisita, desvie ou dê meia volta e opte por outra rota, nos próprios aplicativos existe a opção de ver 3 rotas, opte pela que fique longe do local estranho, mesmo que seja mais demorado e mais longo. O aplicativo mostra a rota mais rápida ou mais curta, dependendo da configuração que vc fez, mas isso é uma indicação, sugestão e não obrigatório. O Waze/ Google Maps é um aplicativo para auxiliar e não para substituir a inteligência humana.
  3. Pois é, tem gente que cuida do carro melhor do que cuida da mulher. Depois leva chifre e não sabe por quê...
  4. O maior inimigo da bateria e do celular é o calor. Contanto que não chegue a -20ºC ou -40ºC dependendo do celular e da bateria, não haverá problemas. Com certeza não chegará a esta temperatura na saída do ar condicionado.
  5. As peças dos automóveis para reposição não contam com as isenções que as peças para a montagem dos automóveis. Então, por exemplo, nas peças de automóveis para reposição recai o IPI "cheio" e se forem importados ainda recaem o imposto de importação. Além disso, nas peças originais existe o controle de qualidade exigido pelas montadoras (matérias primas de qualidade, rastreabilidade, ensaios e etc...) que encarece as peças originais em relação as peças paralelas. As peças paralelas não tem o mesmo rigor, ou às vezes não tem nenhum controle de qualidade. Inclusive, qdo as peças são reprovadas pelo fabricante vc acha que as fábricas de autopeças jogam fora essas peças??? Claro que não. Viram peças paralelas mais baratas.
  6. Sendo a Gasolina sem adulteração pode-se usar a comum tranquilamente. O problema é que a Gasolina comum é o "chamaris" do posto para atrair clientes, e para abaixar o preço, muitos postos adulteram a Gasolina Comum. Já a Gasolina Aditivada sofre menos aduletrações, pois não existe uma "guerra" tão grande por preço. Então, em postos em que não confio, sempre buscava usar a aditivada. Já em postos de confiança, sempre ia de comum mesmo. Em relação ao óleo, sempre se deve utilizar a especificação do fabricante, afinal de contas o motor foi projetado para usar uma determinada especificação. O uso de outra especificação vai fazer o motor funcionar fora do ponto ótimo de projeto. E isso pode trazer consequências a durabilidade, consumo, performance e etc... Olhem um teste interessante na mudança de funcionamento do motor com a mudança da especificação do óleo:
  7. Eu também prefiro um Hatch... Não sou muito fã de sedan, mas fazer o que... Estou me adaptando a essa "jamanta". Os híbridos são a tendência antes dos elétricos... Mas realmente no Brasil, até os híbridos vão demorar para emplacar. No fim do ano passado viajei para o Japão e não vi quase nenhum carro elétrico. Já os carros novos, inclusive táxis, são todos híbridos. Ainda dou uma passada de vez em quando aqui no Fórum... O Golf é uma paixão, quem sabe eu consiga comprar um Golf Híbrido no futuro.
  8. Eu queria um híbrido. Elétrico ainda é inviável... Eu estava esperando o Golf GTE para decidir o que fazer... Mas veio muito caro... A performance não é tão ruim assim, é claro que não chega aos pés do Golf ou do Civic Touring, mas dá para andar sem passar tanta raiva como um carro 1.0. E tem as suas vantagens. Hoje fiz 16,8 Km/l para vir trabalhar, no Etanol!!!! E não tenho mais que me preocupar com o Rodízio de veículos aqui de São Paulo. Ganhei R$ 250,00 de devolução do seguro do Golf que transferi para o Corolla. O IPVA aqui no estado de São Paulo é menor (3%) para veículos a gás, híbrido ou elétricos. https://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/ipva/Paginas/mi-aliquota.aspx E a Prefeitura de São Paulo devolve 40% do IPVA nos 5 primeiros anos (Veículo com valor menor que R$ 150.000,00). https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/organizacao/index.php?p=265486 5 anos de garantia no carro e 8 anos no sistema híbrido.
  9. Paguei R$ 126.940,00. É o Hybrid Altis.
  10. Amigos do Fórum; Depois de 4 anos e 6 meses extraordinários com o meu Golf Highline 1.4 TSI DSG 2015 mk7 estou me despedindo dele. Gostaria muito de ter trocado por outro Golf, no caso o Golf GTE, mas o preço de R$ 199.990,00 é proibitivo... E como eu queria um carro híbrido, para reduzir os gastos com combustível e ajudar o Meio Ambiente, depois de pesquisar, fazer algumas contas e ver prós e contras... Comprei um Corolla Hibrído. Vamos ver se o Golf 8 vem pro Brasil e qual será o preço da versão híbrida leve... Quem sabe eu substitua o Corolla e volte à família Golf.
  11. Eu queria muito um híbrido Plug-In, mas está difícil nestes preços. Acho que vou de Corolla Hibryd, aproveitando que aqui em SP a Prefeitura devolve 40% do IPVA pago nos 5 primeiros anos quando o carro custa menos que R$ 150.000,00. (Lei Municipal nº 15.997 de 2014) E a alíquota menor no IPVA. (3% em SP) E a liberação do Rodízio Municipal. Vou esperar os híbridos Plug-IN baixarem os preços.
  12. Esse Golf GTE é uma edição limitada (100 unidades) para colecionador. Uma despedida do Golf MK 7 do Brasil. O Golf MK 8 não deve chegar tão cedo aqui no Brasil...
  13. Pois é, chutaram o preço muito alto... Fiz uma simulação comparando o Golf GTE x GTI: Considerando o preço do Golf GTI = R$ 151.530,00 (Site VW) Considerando o preço do Golf GTE = R$ 199.990,00 (Informação VW) IPVA de 4% para o GTI e 3% para o GTE (Alíquotas de SP) Consumo do Golf GTI, conforme INMETRO. Consumo do Golf GTE conforme informações do site da VW Europa. Preço do combustível conforme ANP (Média SP). Preço da energia elétrica conforme ANEEL (Média Brasil). Rodagem de 20.000Km por ano. O retorno se daria em 15,7 anos. Ou seja, totalmente inviável considerando a economia de combustível.
  14. Edição de colecionador... Somente 100 unidades em 3 concessionárias.