Bereba

Members
  • Total de itens

    688
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    37

Bereba last won the day on September 26

Bereba had the most liked content!

1 Seguidor

Sobre Bereba

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    São Paulo - SP

Últimos Visitantes

2224 visualizações
  1. Eu queria muito um híbrido Plug-In, mas está difícil nestes preços. Acho que vou de Corolla Hibryd, aproveitando que aqui em SP a Prefeitura devolve 40% do IPVA pago nos 5 primeiros anos quando o carro custa menos que R$ 150.000,00. (Lei Municipal nº 15.997 de 2014) E a alíquota menor no IPVA. (3% em SP) E a liberação do Rodízio Municipal. Vou esperar os híbridos Plug-IN baixarem os preços.
  2. Esse Golf GTE é uma edição limitada (100 unidades) para colecionador. Uma despedida do Golf MK 7 do Brasil. O Golf MK 8 não deve chegar tão cedo aqui no Brasil...
  3. Pois é, chutaram o preço muito alto... Fiz uma simulação comparando o Golf GTE x GTI: Considerando o preço do Golf GTI = R$ 151.530,00 (Site VW) Considerando o preço do Golf GTE = R$ 199.990,00 (Informação VW) IPVA de 4% para o GTI e 3% para o GTE (Alíquotas de SP) Consumo do Golf GTI, conforme INMETRO. Consumo do Golf GTE conforme informações do site da VW Europa. Preço do combustível conforme ANP (Média SP). Preço da energia elétrica conforme ANEEL (Média Brasil). Rodagem de 20.000Km por ano. O retorno se daria em 15,7 anos. Ou seja, totalmente inviável considerando a economia de combustível.
  4. Edição de colecionador... Somente 100 unidades em 3 concessionárias.
  5. Volkswagen Golf GTE chega ao Brasil por R$ 199.990 Primeiro híbrido da marca no país terá lote de 100 unidades disponível em 3 lojas, com pacote de equipamentos único. Na Europa, Golf acaba de ganhar uma nova geração. Por André Paixão, G1 — Porto Feliz, SP 04/11/2019 13h43 Atualizado há 15 horas Volkswagen Golf GTE chega ao mercado brasileiro — Foto: André Paixão/G1 A Volkswagen lançou nesta segunda-feira (4) o Golf GTE. Por R$ 199.990, o primeiro híbrido da empresa no país chega atrasado, já que uma nova geração do Golf já foi apresentada na Europa. As vendas começam no próximo dia 11 de novembro, com pronta entrega. Por enquanto, apenas um lote de 100 unidades (todas na cor azul) foi importado da Alemanha — caso exista demanda, um lote adicional poderá ser trazido, segundo a fabricante. O modelo só será vendido pela internet e em 3 lojas do país, em São Paulo, Curitiba e Brasília. O GTE traz dois motores, um 1.4 turbo de 150 cavalos e um elétrico de 102 cavalos. Somados, os motores entregam 204 cavalos de potência e torque de 35,7 kgfm. O câmbio é automático de 6 marchas. Para ir de 0 a 100 km/h, ele leva 7,6 segundos, enquanto a velocidade máxima é de 222 km/h. A Volkswagen promete autonomia de até 939 km. Apenas no modo elétrico, o Golf consegue rodar até 50 km. As 3 primeiras revisões estão inclusas no preço do veículo. Volkswagen Golf GTE — Foto: André Paixão/G1 Atrasado e caro O modelo, no entanto, já chega defasado. Há poucos dias, a Volkswagen lançou a nova geração do Golf, incluindo a variante híbrida. Por lá, as entregas começam em dezembro. Não há previsão de chegada da nova versão para o Brasil. "Podíamos trazer agora, ou esperar 2 anos para trazer o novo", falou Pablo Di Si, presidente da Volkswagen da América do Sul, sobre o atraso do GTE — que terá sua produção encerrada em dezembro, na Alemanha. O preço também é um fator que pesa contra o Golf híbrido. Ele chega mais caro do que o recém-lançado Chevrolet Bolt, totalmente elétrico, com desempenho e nível de equipamentos semelhantes, que custa R$ 175 mil. Diferenças do GTE para o GTI ficam na substituição dos detalhes vermelhos pelos azuis — Foto: André Paixão/G1 Pacote único O híbrido chega em versão única, sem opcionais, com piloto automático adaptativo, faróis full LED, central multimídia com tela de 9,2 polegadas, Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros. A lista segue com ar digital de duas zonas, rodas de 16 polegadas, controles de estabilidade e tração, quadro de instrumentos digital e freio de estacionamento eletrônico. O pacote é tão único que nem a cor pode ser escolhida. O GTE está disponível apenas na cor azul, como nas imagens. Interior do Golf GTE tem bancos de tecido com estampa xadrez — Foto: Divulgação/Volkswagen No visual, o GTE se diferencia do GTI pelos detalhes em azul, como os logos GTE, a grade dianteira e os frisos do interior dos faróis. As rodas também são inéditas, com 16 polegadas e desenho que privilegia a aerodinâmica. Os LEDs no para-choque também são novidade. O ambiente da cabine remete ao GTI, com apliques pretos e prata. Isso inclui os bancos, com a clássica estampa xadrez da linha esportiva da Volkswagen. No GTE, porém, as linhas misturam cinza e azul. O que o dono escolhe O GTE tem diversos modos de condução. O motorista pode escolher utilizar apenas o motor elétrico, em percursos de até 50 km. No modo “convencional”, o veículo decide quando usar cada propulsor. Em outras situações, é possível “bloquear” a carga da bateria, e usar apenas o 1.4 turbo. Já se preferir uma condução mais esportiva, ainda é possível adotar o modo GTE, que privilegia desempenho. Por fim, caso queira (ou precise) recarregar a bateria com o motor a combustão, pode-se acionar esta função. A Volkswagen destaca que este é o modo mais caro de carregar o GTE, e recomenda sua utilização em último caso. Ainda segundo a marca, o modelo pode chegar até 130 km/h só com o motor elétrico - que leva 2h45 para recarga completa em uma tomada residencial de 220V ou em uma estação de recarga. O custo aproximado é de R$ 5. Hatch esportivo tem diversos modos de condução, selecionados por botões — Foto: André Paixão/G1 Mais híbridos e elétricos A Volkswagen prometeu lançar, além do GTE, outros 5 elétricos e híbridos na América do Sul até 2023. A marca não especificou quantos destes chegarão ao Brasil. O GTE é o primeiro deles. "Nos anos seguintes, vamos lançar carros elétricos no país", completou Di Si, que apontou, porém, para a falta de estrutura e pontos de recarga no país. CARROS HÍBRIDOS E ELÉTRICOS GOLF VOLKSWAGEN https://g1.globo.com/carros/carros-eletricos-e-hibridos/noticia/2019/11/04/volkswagen-lanca-golf-gte-primeiro-hibrido-da-marca-no-brasil.ghtml
  6. Golf Mk 8

    Embaixo do Multimídia tem alguns botões físicos meio "escondidos", pois estão na horizontal e não na vertical.
  7. Golf Mk 8

    VW Golf 8 Shines In Mega Gallery With More Than 200 Images OCT 25, 2019 at 5:04AM 1 + By: Adrian Padeanu See the new Golf right down to the smallest detail. The hype surrounding the new Volkswagen Golf is beginning to wind down following the world premiere last night in Wolfsburg, and we’ve decided to round off our coverage of the Mk8 by releasing a full gallery of the hatchback. The car was brought on stage in several configurations, mainly the high-end Style trim level and the GTE plug-in hybrid, but lesser versions are planned. The base car will simply go by the name of Golf and it’ll replace the Trendline trim, while the midrange Comfortline will be dropped to make room for Life. The aforementioned Style will serve as a replacement of the Highline, and on top of it will sit R-Line as a dedicated trim level rather than the multiple packages that were offered for the Mk7. Gallery: 2020 VW Golf 8 full image gallery 204 Photos Come 2020, the lineup will be greatly expanded to include a total of four performance versions – GTI, GTI TCR, GTD (yes, the diesel), and the mighty R. During the reveal event, our colleagues at Motor1.com Germany asked VW officials about how much longer the family man will have to wait to buy the wagon. We didn’t get a clear answer, but our money is on a release sometime in the first half of next year. Company representatives only said that derivatives of the Mk8 are in the pipeline. The long-roof model was confirmed exactly one month ago when VW said it would relocate the entire Golf Variant production to its main plant in Wolfsburg, thus refuting a rumor that had stipulated the death of the more practical body style. The wagon is soldiering on, but the three-door and Sportsvan minivan are not. VW is simplifying the Golf’s lineup by reducing the number of available variants by 35% to cut costs and optimize production. One other version not getting a next generation is the e-Golf, but that’s understandable as a new one would step on the ID.3’s toes. While some versions are getting the proverbial axe, VW is adding a second plug-in hybrid version to sit below the 245-horsepower GTE for those willing to make do with 204 hp, which isn’t half bad come to think of it. Both have a new 13-kWh battery to temporarily turn the Golf into a zero-emissions vehicle. There’s going to be a Golf for pretty much anyone regardless of your tastes in engines seeing as aside from the two PHEVs, there will be mild-hybrid eTSI engines with three-cylinder 1.0-liter and four-cylinder 1.5-liter displacements. In addition, a couple of cleaner 2.0-liter diesels will be offered, and even a Golf TGI that will run on compressed natural gas (CNG). Get Up To Speed With The New VW Golf: Volkswagen Golf: See The Changes Side By Side 2020 VW Golf 8: Here Are The Top 12 New Features The crown jewel of the range is rumored to be a Golf R Plus with almost 400 horsepower, but VW hasn’t confirmed it just yet. Even if it’s on the agenda, it’s unlikely to come sooner than 2021. https://www.motor1.com/news/378437/vw-golf-8-photo-gallery/
  8. Golf Mk 8

    https://www.motor1.com/news/378378/2020-vw-golf-8-videos/
  9. Golf Mk 8

    https://www.motor1.com/news/378378/2020-vw-golf-8-videos/
  10. Golf Mk 8

  11. Golf Mk 8

    Oficial: Novo VW Golf 8 estreia com foco em tecnologia e eletrificação 24 OUTUBRO 2019 em 14:30 65 + Por: Nicolas Tavares Oitava geração aposta em condução semi-autônoma, versões híbridas e interior digital A missão de renovar o Volkswagen Golf em sua oitava geração era algo bem complicado para a fabricante. Nascido em 1974, o carro mais vendido da marca teria que se reinventar para os novos tempos, em que os veículos estão cada vez mais equipados e caminhando para a eletrificação – este último item era o mais delicado para o Golf, agora que a empresa oferece o elétrico ID.3 por um preço bem próximo. Após muito tempo de espera, teasers e imagens vazadas, agora é oficial: o novo Golf Mk8 está aqui e promete revolucionar o segmento, chegando às concessionárias na Europa em dezembro. Galeria: Volkswagen Golf 8 2019 76 Fotos Para criar a oitava geração do Golf, a fabricante começou pela parte de baixo. A plataforma modular MQB foi atualizada para permitir o uso de um sistema híbrido-leve de 48V, contando com um gerador que fornece energia para o carro em alguns momentos, como saídas e acelerações. Esta nova versão da MQB será levada para outros carros da marca no futuro. Mais sobre o Volkswagen Golf VW lança Golf GTE dia 4/11 e promete mais 5 elétricos e híbridos até 2023 Salvem as peruas! VW Golf Variant tem nova geração confirmada A arquitetura renovada mexeu pouco no tamanho do Golf. Agora ele mede 4,284 m de comprimento, 1,789 m de largura, 1,456 m de altura e tem entre-eixos de 2,636 m. Como comparação, o Golf 7 ainda vendido no Brasil tem 4,255 m, 1,799 m, 1,468 m e 2,630 m, respectivamente. A Volkswagen diz que melhorou o coeficiente aerodinâmico, com um Cx de 0,275. Diferente, mas igual O design foi feito para ser uma evolução da sétima geração, sem revolucionar. Um de seus novos elementos é a frente com uma grade fina com uma linha de LED que vai até a parte de cima dos faróis - isso nas versões híbridas e esportivas, enquanto os modelos normais tenha uma linha cromada. Falando em LED, a tecnologia será usada em todas as versões do Golf e a Volkswagen diz que será um dos elementos dominantes do veículo, sendo que a versão topo de linha recebe ainda o IQ.LIGHT, versão da VW para o LED matrix da Audi, com 22 lâmpadas por farol funcionando de forma independente. O carro recebeu um para-choque com entrada de ar larga e com luzes de neblina horizontais nas extremidades. (clique para ampliar a foto) Na parte de trás, o Golf está mais arredondado e traz novas lanternas em LED. A linha de cintura chega na traseira em uma posição mais alta, dando a impressão de que o carro é mais robustos. As demais mudanças são sutis, como os elementos refletivos mais finos e o para-choque levemente redesenhado. A Volkswagen deixou para revolucionar do lado de dentro. O novo Golf está muto mais minimalista, eliminando a maioria dos botões no console central ou deixando-os quase que ocultos no acabamento. Por exemplo, os comandos do ar-condicionado estão logo abaixo da multimídia, enquanto os controles dos faróis foram transferidos para o lado esquerdo do painel de instrumentos. Até as manoplas do câmbio mudaram e, na versão automática, há uma alavanca bem pequena, semelhante a do Porsche 911. O volante também é novo, o mesmo do T-Cross europeu. (clique para ampliar a foto) Tecnologia de ponta A Volkswagen diz que o Golf 8 entra no mundo digital como nunca. Ele traz uma nova versão do painel de instrumentos digital de 10,25”, enquanto a central multimídia de 8,25” foi posicionada de forma que pareça ser uma tela única para ambos os sistemas – do mesmo jeito que foi feito com o novo Touareg. A marca chamada esta combinação de Innovision Cockpit. Ele ainda pode receber uma central maior, de 10”, e head-up display. Ainda traz compatibilidade com o Amazon Alexa, um assistente por voz que pode tocar músicas ou notícias, além de se comunicar com os equipamentos da casa do motorista (desde que funcionem também pelo Alexa). O carro está conectado à internet através de um eSIM e pode ser atualizado automaticamente. O motorista tem acesso a funções como abrir e fechar as portas ou ligar o carro pelo smartphone, verificar alguns dados do carro, encontrá-lo em um estacionamento ou marcar uma revisão nas concessionárias, como parte do pacote We Connect. Se o cliente optar pelo We Connect Plus (de graça por um ano na Europa), ainda terá acesso a conexão 4G, informações de trânsito em tempo real, ligar o carro ou o ar-condicionado, ou ainda encontrar estações de recarga para as versões híbridas. O Golf será também o primeiro Volkswagen com a tecnologia Car2X, de comunicação entre veículos e infraestrutura de trânsito, com uma distância de até 800 metros. Ou seja, os motoristas receberão informações locais como engarrafamentos, acidentes, veículos quebrados e mais. O controle de cruzeiro adaptativo agora é semi-autônomo, mantendo o veículo na faixa em velocidades de até 210 km/h e curvas leves, desde que o motorista mantenha uma das mãos no volante. O sistema também detecta placas de trânsito, alterando a velocidade programada de acordo com o limite da via. Galeria: Volkswagen Golf 8 2019 - Fotos de estúdio 70 Fotos Foco no híbrido A Volkswagen está tão comprometida com a eletrificação que diz que o Golf será o primeiro carro da marca a ser lançado com cinco versões híbridas, três com o sistema leve de 48V e duas com motorização plug-in. Mas ainda contará com variantes equipadas somente com motores a combustão, tanto a gasolina quanto a diesel e gás natural. A opção de entrada será o 1.0 TSI de três cilindros, nas versões de 90 cv e 110 cv, e que passa a contar com turbo de geometria variável. Logo acima virá o 1.5 TSI de 130 cv ou 150 cv, ambos com tecnologia de desativação de cilindro. Por fim, ainda haverá o 2.0 TSI em diferentes configurações, para equipar o Golf GTI, Golf GTI TCR e Golf R, alcançando até 300 cv. Os europeus ainda poderão escolher o 2.0 TDI a diesel de 115 cv ou 150 cv, ou ainda o 1.5 TGI movido a gás natural. As transmissões serão a manual de 6 marchas e a automatizada DSG de dupla embreagem e 7 posições. A partir do motor 1.0 TSI de 110 cv, o Golf pode ser equipado com o sistema híbrido leve de 48V e a transmissão DSG. O hatch passa a contar com um gerador e um conjunto de baterias, recuperando energia nas frenagens. Este gerador mantém a velocidade do carro enquanto ele está em velocidade de cruzeiro, desligando o motor a combustão para reduzir o consumo de combustível. Segundo a VW, o motor é religado instantaneamente sem que o motorista sequer perceba a transição, além de prometer uma economia de aproximadamente 10%. (clique para ampliar a foto) Quem quiser um Golf ainda mais econômico terá duas opções de motorização híbrida plug-in. A primeira é o Golf eHybrid, com 204 cv de potência combinada, enquanto a segunda é o Golf GTE de 245 cv. Ambos usam o motor 1.4 TSI a combustão, uma unidade elétrica e o câmbio DSG de 6 posições. As baterias têm 50% mais capacidade do que o GTE anterior, que estreia no Brasil em novembro, entregando 65 km de autonomia no modo elétrico. Por fim, o novo Golf ainda antecipa uma mudança na Volkswagen sobre o nome das versões, tirando os batismos Trendline, Comfortline e Highline. Ele será vendido em quatro níveis de equipamento, em ordem crescente: Golf, Life, Style e R-Line, além do GTE e dos futuros GTI, TCR e R. A marca não comenta, mas a perua Golf Variant também ganhará uma nova geração, que deve ser revelada apenas em 2020. E no Brasil, qual será o futuro do Volkswagen Golf? Após muito tempo de espera, o híbrido GTE finalmente começará a ser vendido no dia 4 de novembro. Atualmente, a marca oferece somente a versão GTI, por R$ 151.530, feito em São José dos Pinhais (PR). A produção nacional está paralisada há alguns meses e não deve ser retomada, deixando o GTE importado como única opção. Caso a oitava geração do Golf venha ao Brasil, a tendência é que seja vendida apenas em versões específicas, como GTI e GTE, já que o segmento de hatches médios por aqui não tem força o suficiente para justificar a vinda dos modelos convencionais. Infelizmente... Fotos: divulgação e Motor1.com Galeria: Volkswagen Golf 8 2019 - Fotos ao vivo 9 Fotos 65 + https://motor1.uol.com.br/news/378298/novo-volkswagen-golf-mk8-estreia-mundial/
  12. Golf Mk 8

    Essa é uma versão muito pé de boi, ou "pobre edition": não tem farol de neblina, é câmbio manual, tem rodas horríveis...
  13. Golf Mk 8

    Ainda estamos com a imagem mental do MK7, então ele parece estranho. Acho que depois que lançarem a gente começa a achar "bonito".
  14. Golf Mk 8

    Fotos do novo VW Golf vazam antes do lançamento Apresentação oficial da 8ª geração do hatch será no próximo dia 24 Texto: Evandro Enoshita 15/10/2019 Share on Facebook Tweet on Twitter Reprodução/Facebook Com lançamento mundial programado para o próximo dia 24, o novo VW Golf foi revelado em imagens que vazaram na internet. PUBLICIDADE As duas fotos foram publicadas no Facebook, em uma página de fãs da Volkswagen na República Checa. No exterior, o Golf de 8ª geração mantem as linhas básicas, mas com uma dianteira mais baixa, que passa a impressão de um carro mais largo. Já o interior é bem diferente do atual e se caracteriza pelas duas telas digitais integradas (como nos Mercedes-Benz), confirmando o esboço divulgado pelo fabricante na semana passada. 1 de 2 Reprodução/Facebook Reprodução/Facebook TAGS golf 8 Motor Show motorshow novo vw golf vw golf 8 https://motorshow.com.br/fotos-do-novo-vw-golf-vazam-antes-do-lancamento/ https://www.uol.com.br/carros/noticias/redacao/2019/10/15/novo-volkswagen-golf-e-flagrado-sem-camuflagem-antes-de-lancamento.htm
  15. Erro: câmbio (Golf 1.4 TSI 2015)

    É tipo um Recall Branco, mas neste caso, só trocam quando quebra. A VW sabe do problema crônico, mas em vez de fazer um Recall e queimar o câmbio, como aconteceu com o Powershift da Ford, prefere trocar qdo dá problema. Mesmo pq, corria o risco de queimar o filme de todos os câmbios DSGs do Grupo VW, e na verdade só há problema crônico no DQ200.