Leaderboard


Popular Content

Showing most liked content since 01/27/19 in all areas

  1. 11 points
    batkako45

    MOSTRE SUA MÁQUINA AQUI!!!

    Bom dia . Meu Gti 2018 .
  2. 9 points
    dph

    GTI chegou nos 100.000 km

    Pessoal, essa semana atingi a marca dos 100k: Comprei meu Golf GTI 13/14 (Alemão - Pacote Exclusive + teto) por R$ 100.000 em Jun/2016 com 40.000km. Então para quem tiver interesse nos custos: Nesses quase 60.000km rodados e mais de 900 dias rodados gastei: Serviços (R$ 13.000) : Manutanção rotineira (2 jogos de pneus, pastilhas dian/tras, troca de oleos/filtros, velas, oleo cambio) Manutenções não programadas : 1 - Falha sensor temperatura motor - trocada valvula termostatica em garantia (41.000 km) 2- Farol de xenon (80.000km) - R$ 880,00 o par. 3- Bomba da agua e limpeza dos bicos injetores (falha no cilindro (misfire) = R$ 3.500 Despesas (IPVA,Seguro) = 8.730,00 Não anotei os gastos com combustível, mas faço uma média de 10 km/l por mês (50% Cidade/50% Estrada)
  3. 7 points
    dricwb

    MOSTRE SUA MÁQUINA AQUI!!!

    A sonhada versão top do top: GTI 19/19, vermelho tornado, com teto solar, + sport, + premium. DAS AUTO! Máquina de quebrar pescoços!
  4. 7 points
    Saldanha MQB

    GTI: onde que o bicho pega?

    tudo bem amigo, como vai? Então estou rodando desde segunda feira com o Passat vou tentar comentar por partes: Consumo: O meu Golf fazia 7.8 km/l ( Podium ) o Passat está fazendo 8.2 km /l mesmo sendo mais pesado, creio que o motivo seja o roda livre, que foi habilitado novamente no Passat. Câmbio: O Passat parece ter um ajuste mais fino, não notei nada de tranco na redução da 2ª para a 1ª na CSS sempre me disseram que era característica do carro, como nunca dirigi outro GTI aceitei a justificativa. Motor/Escape : não tenho certeza se o Passat puxa mais que o Golf mas tive essa impressão até então, porém só poderei confirmar pós carnaval, pois vou colocar ele na estrada para testar. Outro detalhe é que o Golf gritava mais que o Passat graças ao escape e do alto falante que simula carro esporte. Quando você está dirigindo como maluco é muito bacana, te instiga a acelerar mais..mas no dia a dia o som e ressonância me incomodavam um pouco ( mas valia a pena por estar dirigindo um GTI ). Resumindo o Passat acelera com muito vigor porém sem fazer barulho. Suspensão / conforto: meu GTI possuía rodas 17 ( Brooklyn ) e o Passat 18 ( não sei o nome )...O Passat é mais macio que o Golf, porém nunca achei o Golf um carro desconfortável para uso em SP, mas sim o Passat consegue ser melhor. Sobre o DCC ( ajuste do amortecedor ) não consegui perceber diferença no ajuste Sport para o Normal, porém no Confort o carro fica bem mais mole ( até demais, não curti esse ajuste ). * O teto solar do GTI sempre fez pequenos ruídos estalos ( principalmente quando ficava muito tempo no sol e eu inclinava somente um lado da carroceria ) , notei que o Passat faz mais estalos, vou pedir para verificar na revisão, mas creio que não terá como resolver. O couro dos bancos do GTI são muito bons, porém o do Passat é melhor. E é muito mas muito bom ter ACC com Stop n Go, graças ao freio de mão eletrônico com auto hold que sentia falta desde meu alemão. Com relação ao espaço só meus cachorros ( um Golden e um Pastor alemão ) andavam atrás do Golf e agora do Passat, eles até então não reclamaram e não reclamavam do Golf, porém expliquei para eles que agora eles podem selecionar a temperatura do AC quando quiserem. Nunca precisei de espaço no carro, o GTI me atendia, mas a falta do freio de mão eletrônico, a perda do aquecimento de bancos, além do preço superior no Golf me empurraram para o Passat. Estou satisfeito com a escolha, com o GTI eu passava despercebido nas ruas que transito, agora de Passat o pessoal olha muito, creio que talvez seja por terem poucos na rua.
  5. 6 points
    17 – DEIXE O SOM DIGITAL ROLAR [TECNOLOGIA] Existem vários aplicativos e sites de rádio, mas nenhum tão completo quanto o TuneIn. Ele organiza estações de rádio de um jeito que você pode ouvir uma emissora local com tanta facilidade quanto uma da Antártida, Zerbaidjão, de São Paulo ou mesmo do Japão. Dentre algumas opções ele te dá o direito de escolher seus favoritos, organizar por gênero ou local, agendar e ainda gravar os programas de rádio. Tudo isso de forma bastante intuitiva. Transformei a central do Golf (de 2013) em um super receptor FM internacional e com qualidade de som digital. O TuneIn é o app para quem quer ouvir o rádio em sua melhor forma. Outro excelente App (e que dispensa comentários) que vale a pena ter instalado no seu smartphone para usar a qualquer momento junto a central multimídia do Golf é o Spotity. A comunicação entre o APPs e a Central do Golf é via bluetooth, no perfil AD2P. O AD2P é o perfil do Bluetooth Stereo que define como o áudio estéreo de alta qualidade pode ser tocada de um dispositivo (smartphone) para outro (central infotainment) através de uma conexão bluetooth
  6. 6 points
    iCardeX

    GTI chegou nos 100.000 km

    Para rodar os 172.000Km, gastei pouco mais que R$ 96.000,00. Valor cru, sem correção alguma do índice de inflação 2013-2019. Sou tão realista que incluo no bolo contábil inclusive as multas que recebo. Considere: US$ 1,00 equivalente a R$ 1,00. Há também cerca de R$ 4.500,00 de peças de reposição guardadas. Por não terem sido utilizadas ainda não estão na planilha acima. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  7. 5 points
    anghinoni

    Gabarito pra colar emblema traseiro GOLF

    Me deve uma cerveja e dois joinha! Para o GTI
  8. 5 points
    Bereba

    Adeus ou Até Logo...

    Eu queria um híbrido. Elétrico ainda é inviável... Eu estava esperando o Golf GTE para decidir o que fazer... Mas veio muito caro... A performance não é tão ruim assim, é claro que não chega aos pés do Golf ou do Civic Touring, mas dá para andar sem passar tanta raiva como um carro 1.0. E tem as suas vantagens. Hoje fiz 16,8 Km/l para vir trabalhar, no Etanol!!!! E não tenho mais que me preocupar com o Rodízio de veículos aqui de São Paulo. Ganhei R$ 250,00 de devolução do seguro do Golf que transferi para o Corolla. O IPVA aqui no estado de São Paulo é menor (3%) para veículos a gás, híbrido ou elétricos. https://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/ipva/Paginas/mi-aliquota.aspx E a Prefeitura de São Paulo devolve 40% do IPVA nos 5 primeiros anos (Veículo com valor menor que R$ 150.000,00). https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/organizacao/index.php?p=265486 5 anos de garantia no carro e 8 anos no sistema híbrido.
  9. 5 points
    iCardeX

    Adeus ou Até Logo...

    Cada um tem as suas próprias diretrizes de escolha. Além da economia com o combustível, confiabilidade na marca (são 8 anos de garantia) o Bereba deixou evidente a preocupação em adquirir um veículo menos poluente. O Golf e o Civic queimam suco de crocodilo praticamente da mesma forma. Veículos híbridos causam menos impacto para o planeta. Aliás, alimentado com combustível vegetal, o Corolla se torna o veículo híbrido mais limpo do planeta. E te digo mais: 140Kgmf@25,5Kg e passar a maior parte do tempo em engarrafamentos não serve para porra nenhuma. Fora isso, tá todo mundo careca de saber que a VW está com outra postura de garantia para os câmbios DSGs: ela literalmente apertou o botão do foda-se para os consumidores que saíram do período de garantia de fábrica. Eu teria optado pelo Civic apenas por afinidades pessoais com a marca Honda, mas o @Bereba está corretíssimo em sua estratégia de escolha.
  10. 5 points
    iCardeX

    GTE chega em nov/19 e GTI sai de linha

    Pois é. A VW é uma "Maria Zé Ruela" em termos de estratégica para o nosso mercado. Os executivos dela precisam ter aulas de sinergia econômica para reaprenderem a atuar no nosso mercado. A coisa mudou. Quando trouxeram o MK7, simplesmente provocaram uma reviravolta e revolução no mercado dos veículos hatchs médios. O Golf era, disparado, a escolha que possuía o melhor custo/benefício para os clientes de hatches médios. Tanto que o MK7, no 1 º ano, deu um "Fatality" certeiro no Hyundai i30, e por muito pouco não mandou o Focus para a vala do esquecimento. A estratégia para continuar destronando seus rivais em nosso país foi simplesmente empobrecer tecnologicamente o carro mais curinga de seu escasso portfólio. No final das contas, o título de Golf Killer acabou sendo concedido para o inesperado GM Cruze Turbo. Saiu literalmente da vala da morte para dar um tapa de luva de pelica bem na fuça da VW, e reivindicar um trono que nunca lhe pertenceu. Enfim, a dona VW numa busca cada vez mais incessante pelo maior lucro, ainda por cima, oferecendo o menor custo-benefício para os clientes, e, exageradamente, de repente se viu afogar na própria ganância. Palmas para a VW, minha gente! Todas as palmas para ela. Aliás, ainda no fechamento de outubro 2019, e mesmo com o mercado de hatches reconhecidamente saturado, a GM ainda conseguiu a proeza de desovar 12 Cruze Turbo para cada 1 Golf empurrado no nosso mercado.
  11. 5 points
    anghinoni

    MOSTRE SUA MÁQUINA AQUI!!!

    Quando eu crescer quero ser que nem o @Lobin Tem um GTI pra encarar as curvas da estrada e um TSI para o dia a dia...
  12. 5 points
    high_tension

    Barulho "toc toc toc" no motor

    Pessoal, passando aqui apenas para relatar qual foi o desfecho do meu problema. O barulho acontecia pois um parafuso que prende uma tampa que recobre uma das engrenagens da correia de comando saltou pra fora (provavelmente por falta de aperto) aí toda vez que a engrenagem girava pegava na carenagem que recobre todo o sistema da correia. Por sorte não houve maiores danos, só foi feita a substituição de todos os (cinco) parafusos (por via das dúvidas) e tudo voltou ao normal. Ou seja, no meu caso só foi um susto mesmo.
  13. 5 points
    MBourne

    Troca da Correia Dentada - TSi

    Fala galera, tudo certo?! Vou dar meu depoimento aqui sobre a troca das correias e acredito que possa ajudar bastante gente: Vamos lá, tenho um TSI 1.4 14/14 Alemão com 51.042 km, fiz a 9º revisão agora em Julho e o técnico sugeriu que fizesse a troca do jogo de correias (Dentada, Poly V(Alternador), polia e tensor e Jogo de Velas(4 no total)), segundo ele o indicado seria 60.000km ou 4 anos, o que ocorrer primeiro, o orçamento na css Saga foi de R$1940. Um amigo que também tem um Golf já havia me dito que essa troca seria cara, ainda sim preferi não fechar na css antes de dar uma pesquisada. Bom, foi uma saga a busca por essas peças, entender os códigos exatos de acordo com seu chassi, os fornecedores(ai vc encontra desde outras css, css anunciando produtos no mercado livre, css revendendo peças de distribuidores locais, me parece que essa última opção gera mais margem para as css, dado que é o que eles ofertam primeiro. Ex.: me ofereceram correia da marca contitech, que é o msm fabricante que faz as peças para a montadora, porém não vem na caixa da "volks" como as peças que a montadora manda para as css e que são fabricadas peço mesma indústria) Bom, essa novela da identificação correta das peças para o carro, e a compra ocorreram num intervalo de uns 15 dias. As peças foram compradas em duas css Volks que anunciam no Mercado livre, foram os melhores preços que encontrei e todas vieram para as css através da indústria (Volks), ou seja não foram compradas de distribuidores de peças locais. Agora vem a parte interessante e que pode ajudar os demais usuários que pretendem trocar essas peças: Fazendo as pesquisas de preço, percebi que o item mais caro era a tal da polia reversora, código: 04E 109 244 B. 04E 109 244 B - Quando eu passei o chassi para as css consultarem as peças, foi esse código de polia que apareceu pra eles. Essa é uma peça importada da Alemanha e talvez por isso o preço salgado, média das cotações que fiz foi de R$600 reais. Conversando com o vendedor das peças da css Sorana que vende as peças no Mercado Livre, ele me passou um orçamento dessa polia num preço muito melhor, cerca de 1/4 do valor, logo de cara percebi que o código era diferente 04E 109 244 D. Questionei sobre a compatibilidade e ele me disse que se tratava da mesma peça, porém uma era fabricada no Brasil e outra na Alemanha, ele me mandou fotos das peças e de fato, eram idênticas. Acabei ligando na fábrica da Volkswagen para questionar sobre isso e pra minha surpresa eles confirmaram que ambas eram compatíveis. Comprei essa polia mais barata e troquei em uma oficina local aqui, dado que o pessoal da css Saga, nem seu deu ao trabalho de me passar um orçamento do serviço da troca. Talvez tenhamos mais peças nacionais compatíveis, mas me parece que o pessoal das css onde pesquisei desconhecem isso, ou simplesmente não se importam, dado que é algo que meio que não temos escolha né?! Precisamos trocar. Meu conhecimento sobre esses detalhes é muito limitado e a coleta de informações foi meio que "garimpado" contando a ajuda de um ou outro vendedor de peças dessas css, mas acabou dando tudo certo. Os itens trocados foram: Velas - Mercado Livre - Brasal (Css Brasília) R$368: 4 Velas: 04E 905 612 C - R$368 Kit Correias, Polia e Tensor - Mercado Livre - Sorana (Css São Paulo) R$513: Correia Dentada: 04E 109 119 L Correia Poly V: 04E 145 933 R Polia: 04E 109 244 D Tensor: 04C 109 479 J O custo total das peças foi de R$881 contra R$1.255 da Saga(css local), olhando assim a diferença não parece muito grande, mas a peregrinação ajudou a conhecer mais sobre as peças e me deixa um pouco mais preparado pra falar por exemplo com o cara que me atende na oficina e tenta as vezes te empurrar coisas que nem preciso. O custo da mão de obra foi de R$400, fechando um total de R$1.281 contra os R$1.940 oferecidos pela css inicialmente. Importante reforçar aqui turma que o serviço de troca precisa ser executado por uma oficina de confiança com um técnico que de fato saiba trocar, é um serviço demorado que tem muitos detalhes. Bom, espero ter contribuído ai para o conhecimento de todos, ler os relatos de todos aqui me ajudou bastante, principalmente na época em que tive problema com a mecatrônica. Abs!
  14. 5 points
    high_tension

    Troca da Correia Dentada - TSi

    Pessoal, to passando aqui só pra relatar minha experiência. Tenho um Golf 1.4 TSI 13/14 rodando desde fev/14 com 87 mil km e fui pra 9ª revisão. Diante dos fatos colocados aqui no fórum, alguns relatos e tudo mais, estava na dúvida se realmente eu deveria trocar as correias pois o carro não teria atingido a km recomendada para troca (120 mil km) porém já havia passado do tempo recomendado (4 anos e meio). Como se trata de um composto de borracha, há sempre a questão do ressecamento, e como eu pego bastante estrada e estou sempre viajando a serviço com o carro, não poderia correr o risco do carro me deixar na mão, sem contar o preço de reparo do motor em um possível rompimento da correia. Enfim, resolvi fazer a troca. Por curiosidade pedi para ver as correias originais que foram substituídas e aparentemente elas ainda estavam em bom estado, sem sinais de rachaduras ao dobrar nem ressecamentos. Havia um leve desgaste nos dentes da correia, mas é uma situação normal e ainda daria para rodar tranquilamente mais alguns bons km. Porém, como disse anteriormente, preferi fazer a substituição mais por prevenção mesmo, até porque pretendo ficar mais um bom tempo com este carro. Mas talvez pudesse ter esperado um pouco mais. De qualquer forma, sempre será uma incógnita do quanto mais a correia aguentaria e efetivamente quando substituí-la. Pelo sim ou pelo não, resolvi fazer a troca. Apenas a critério de informação, gastei nessa troca R$1.413,96 em uma ccs VW no interior de SP. Pelo que pude perceber, a diferença gritante de valor entre uma ccs e outra se deve, em boa parte, pelos itens que efetivamente são trocados e a mão de obra. Tem lugar que cobra caro pois troca absolutamente tudo do conjunto, algumas coisas talvez até desnecessárias. No meu caso, troquei: correia dentada + rolamento tensor, correia auxiliar (poly-v), correia da bomba d'água + vedante e liquido de arrefecimento. NÃO troquei a polia/tensionador do alternador junto com a correia auxiliar pois o chefe da oficina disse não haver necessidade desta troca conjunta pois a polia estava em boas condições. Eles só recomendam a troca conjunta da polia/tensionador da correia dentada. Algumas ccs incluem este item (polia do alternador) no "pacote" além de cobrarem até os parafusos. Infelizmente não tenho conhecimento técnico suficiente para confirmar ou desmentir o que o chefe da oficina me disse, mas me parece lógico que a polia do alternador feita de materiais muito mais duráveis que da própria correia tenha uma vida útil maior, não sendo necessariamente preciso fazer a troca das duas coisas em conjunto, até porque a polia deve durar mais do que até o próprio alternador. Já a polia/tensionador da correia dentada troca-se por segurança (embora também possa estar em boas condições) e por sofrer um trabalho mais "pesado", por assim dizer. O que acham?
  15. 5 points
    anghinoni

    REMAP GOLF TSI MK7

    Se não tivesse feito o remap e o bico desse pau e zuou o motor, certeza que que a CCS e fabrica iria resolver o problema dele... Mas como focinho de porco não é tomada, leva uma ai pra aprender. Tem gente que faz o remap sabendo das consequências, outros são tão leigos que dói!
  16. 5 points
    iCardeX

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Perdoe-me se não me fiz ser entendido, mas eu estava sendo irônico quanto ao conhecimentos dos engenheiros da VW. É óbvio que eles sabem os limites do projeto do motor para cada veículo da linha VW/AUDI. Também me parece óbvio que eles redimensionam os componentes para trabalhar dentro desse limite. Numa explicação simplista: o motor do 1.0L do UP TSI é o mesmo do Golf TSI, mas o projeto não! Tanto que no motor do Golf 1.0 TSi o turbo trabalha com temperaturas mais elevadas e maior pressão, permitindo um volume de ar muito maior que é enviado ao motor. Não pára por aí: o material da carcaça da turbina é de liga de aço com a sua resistência modificada justamente para atender a esse projeto. Na verdade, é diferente não só a turbina como também o compressor, intercooler, velas, etc. Quase tudo que é importante (ou crucial) foi redimensionado para garantir o desempenho, incluído aí transmissão (6 marchas no Golf contra 5 no UP!) e a relação de marchas de (4,353:1 no Golf, ante 3,625:1 do up! TSI). Aliás, Em 6ª marcha, a 100 km/h o motor do Golf trabalha 2.500RPMs. Resumindo, o motor do Golf 1.0 TSi é o mesmo motor do UP, só que não. Me fez lembrar a história de um user que sumiu aqui do Fórum. Conseguiu destruir 2 turbinas chipando o motor O que me fez pensar, também, que o buraco do remap é muito mais embaixo. Exemplo prático: O Diego Faustino é um cidadão que possui um canal no Youtube aonde ele costumar narrar os acontecimentos diários com Golf GTI dele. Canal, inclusive que gosto muito. Ele é adepto do remap e outras modificações, e está aprendendo (ou não) á duras penas que quando não se obedece o projeto original do fabricante, consequências podem acontecer. Veja bem: ele comprou um GTi cujo motor praticamente estourou por conta do remap mal sucedido. Deve ter comprado a preço de banana. Enfim, consertou tudo, e decidiu ele mesmo refazer o remap. Eis o belo resultado: a turbina original estourou. Ele contando a teoria na qual ele acredita que deve ter acontecido para danificar o motor com o primeiro proprietário: E olha aqui o resultado com ele, como motor zerador, depois do "belo" remap, e uma boa moída no acelerador: Se o preço da turbina do 1.4L TSi é esse, nem imagino o preço da turbina do GTi.
  17. 5 points
    mancelmo

    MOSTRE SUA MÁQUINA AQUI!!!

    E aí galera... peguei um 2016... muito top! Enviado de meu SM-G955F usando o Tapatalk
  18. 5 points
    iCardeX

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Dancinha da preocupação.....
  19. 5 points
    iCardeX

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Acho que você não vai dormir por um bom tempo. Se o teu mecânico garantiu que essa mecatrônica vai quebrar, porque sofrer por antecipação? Venda o carro, e acabe logo com esse martírio. Há sempre alguém que prefira, muito mais, fazer usufruto imediato do veículo ante ficar alimentado teorias de conspiração. Em tempo: o meu vai quebrar a correia dentada, estourar a turbina, desintegrar os amortecedores, queimar o robô do freio eletrônico, e travar o motor por carbonização a qualquer momento. Me falaram isso há uns 4 anos... E eu estou tããããaão preocupado... Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  20. 5 points
    iCardeX

    GTI chegou nos 100.000 km

    Realizar esse tipo de controle financeiro julgo essencial. Desde de 2008 tenho alimentado de forma disciplinada o meu aplicativo pessoal de finanças. É com base na análise dos dados acumulados, da série histórica, das estatísticas, de custos, de despesas, etc, e dos relatórios disponíveis é que vou projetando os ajustes necessários para não colapsar financeiramente. Na minha opinião, o grande mal do povo brasileiro é a ignorância relativa à educação financeira. A maioria, se soubessem realizar cálculos básicos e projetá-los num saco de papel, chegariam facilmente a conclusão de que jamais poderiam ter um veículo. Na época que comprei o Golf( na minha realidade de uso) o custo por KM rodado, era coisa 6% mais caro que rodar com o Gol G5. Um percentual irrisório frente a gama de benefícios (conforto e segurança) que eu desfrutaria.
  21. 5 points
    Spielwurfel

    GTI chegou nos 100.000 km

    Interessante ver os gastos aqui. Tenho um Golf TSI 14/15 DSG e ao total gastei nesses 4 anos e 3 meses o valor de R$ 76.000. Não cheguei a incluir multas, estacionamentos e lavagem de carro como iCardex, mas acredito que o valor chegaria próximo aos R$ 85.000. Mantenho a tabela abaixo para avaliar o custo para rodar por Km. Tive que atualizar os dados de pedágio recentemente pra refletir a minha nova rotina, mas está aceitávelmente preciso. Não julguem as minhas categorias, algumas fazem sentido e outras não, mas o que importa é a soma dos valores xD
  22. 5 points
    Sobrinho

    Aonde foi parar o óleo?

    Antes, os parcos pardais que existiam por aqui, os caminhoneiros davam a famosa rézinha(cantinho de carroceria, e quebravam. Ele era tão somente aquela chapinha, chumbada na terra(uns 30cm abaixo). Agora, estão fazendo umas brutas, um mastodonte de uma torre de concreto(deva ter mais ou menos, 1.30 de altura por 1metro de circunferência) acima da terra, e ai sim, estalam o pardal. Têm umas três desse naipe. Tá durando, tá já desde o início do ano. São todas para pegar desavisados, inexiste avisos, vc vem na via de 80Km, e na curva em cima do lance, caem no colo do radar de 60km. Dou até o meio do ano para "implodirem" elas. Os caras são imbecis(DNIT). Esses três pardais existem em um trecho de via de quase 500Km, lugar ermo e descampado e sem sinalização. Colocaram várias câmeras de vigilância para coibir. A galera da boleia não liga para isso não, é questão de tempo.
  23. 5 points
    Sobrinho

    Aonde foi parar o óleo?

  24. 5 points
    Saldanha MQB

    REPARO DO CÂMBIO DSG7 APÓS GARANTIA

    não quero tomar partido da CSS / VW e muito menos estou criticando alguém aqui, só um relato mesmo... Em minha última revisão do GTI ( VW Marte ) tinha uma garoto todo nervoso falando alto não comprem essa porcaria não façam revisão aqui etc. Isso é um absurdo, trata-se de um vício oculto, a VW deveria pagar tudo e não só uma parte..etc. etc... O carro dele era um belo Highline branco rebaixado com lindas rodas 19, um espetáculo de carro. O carro dele estava com quase 200 CV, e já estava fora de garantia. O carro estava funcionando, mas segundo ele patinava muito nas saídas e de 1ª para 2ª. A Marte ofereceu a troca da peça porém ele deveria arcar com a M.O. porém ele não aceitou. Quando ele foi embora conversei com minha consultora a respeito, ela me disse que muitos dos carros que ela recebe com problema de meca estão fuçados, seja um filtro, seja um remap etc... Ela não entrou no mérito de se pode ou não, ela só disse o seguinte... Se o carro está fuçado porém em garantia a Marte arruma para evitar dores de cabeça com os donos ( segundo ela, a Marte "omite" certas características ). Porém se o carro está fuçado e fora da garantia ela propõe pelo menos o acerto da mão de obra ( que é cara mesmo eu sei ), da mesma forma omitindo o real estado do carro. Quando o dono engrossa, como foi esse caso, eles enviam o caso para a fábrica que categoricamente nega até a peça em gratuidade. E veja bem a fábrica segundo ela é bem rígida quanto a modificações. Ela disse que teve um problema de câmbio em um Golf com rodas 16 originais, o proprietário colocou a 17, a VW negou alegando que as características originais do veículo haviam sido alteradas..ela não sabe o que deu, se o proprietário colocou a VW no pau etc. Mas segundo ela ele nunca mais voltou. Mas como disse, isso é só um caso... também acho que a VW deveria ter estendido o período de garantia como a ford fez, essa história de cada caso um caso é bem complicado para o consumidor. Querendo ou não o Golf ( DSG 7 ) levou uma leve queimada no mercado, graças a própria VW que não teve jogo de cintura.
  25. 5 points
    iCardeX

    Troca da Correia Dentada - TSi

    Meu veículo esta com um pouco mais que os 170.000Km, e os seus 5 anos e 5 meses. A correia dentada (e seus congêneres) ainda é o original, lá de 2013. A preocupação agora seria mais pelo tempo de operação dela do que quantidade quilômetros já rodados. O tempo acaba com tudo. Mas tenho convicção de que ela aguentaria sim os 250.000Km/5anos. Qualquer hora vou abrir com calma aquele compartimento protetor da correia e vou realizar uma análise visual. Análise de curioso, e nada mais. Por enquanto, sigo despreocupado.
  26. 5 points
    Lobin

    MOSTRE SUA MÁQUINA AQUI!!!

    20 meses e 12307Km de pura satisfação!!! Rapaz... a galera enjoou do Golfeta, ninguém posta fotos... final de geração é assim mesmo.
  27. 5 points
    Sobrinho

    Até o óleo do motor...?!?!?!

    Última análise da norma VW 502.00. O óleo bam bam bam, queridinho do Orelhudo lá de Vinhedo, tomou um sacode(muito parelho) do óleo homologado pela volquis, para nossos autos. Para muitos, uma bosta! Deduzia que o Motul seria o Suprassumo dos óleos, ledo engano. É bom, mas não tão e ultra, mega, super, extremo superior e fodástico à outras marcas(nessa norma 502.00) como é alardeado aos quatro cantos. Galera que endeusa esse Motul, tem que aceitar.....aceita que dói menos. Essa análise bem criteriosa, diz que ele não está com essa pompa toda. Chupa que é de uva!
  28. 4 points
    Bereba

    Adeus ou Até Logo...

    Amigos do Fórum; Depois de 4 anos e 6 meses extraordinários com o meu Golf Highline 1.4 TSI DSG 2015 mk7 estou me despedindo dele. Gostaria muito de ter trocado por outro Golf, no caso o Golf GTE, mas o preço de R$ 199.990,00 é proibitivo... E como eu queria um carro híbrido, para reduzir os gastos com combustível e ajudar o Meio Ambiente, depois de pesquisar, fazer algumas contas e ver prós e contras... Comprei um Corolla Hibrído. Vamos ver se o Golf 8 vem pro Brasil e qual será o preço da versão híbrida leve... Quem sabe eu substitua o Corolla e volte à família Golf.
  29. 4 points
    Jorge Jox

    RADIADOR - LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO

    O que você tem contra o aditivo original? Atende as necessidades e é o especificado pelo fabricante, logo, foi testado por quilômetros, quilômetros e quilômetros... Já esse aí, pode ser até bom, mas provavelmente não foi testado no seu carro. Eu penso no dito popular: "Em time que tá ganhando não se mexe". Enviado de meu SM-A520F usando o Tapatalk
  30. 4 points
    iCardeX

    Gasolina Comum vs Aditivada - Funcionamento

    Vamos deixar de achismos e vamos falar de fatos. O problema de fundição dos motores 1.0L não teve nada a ver com o óleo ser da Castrol ou da Motul, ou qualquer outro fabricante. A própria VW assumiu que foi uma sequência de erros dela mesma. Tanto é que, à época, ela publicamente afirmou que ela mesmo decidiu mudar especificação do óleo, repito, excluindo qualquer responsabilidade do fabricante do óleo, e erraram. Já os concessionários declaravam extra-oficialmente que era problema de folga excessiva nas peças internas do motor, inclusive afirmando esses problemas possivelmente eram defeitos causados por usinagem incorreta de algumas peças. Fora isso, eu, que era proprietário de um Gol G5 Power (não foi afetado!), vi que estava impresso no manual de manutenção que era para realizar a troca do óleo a cada 15.000Km, quando o correto deveria ser a cada 10.000km. Inclusive, me mandaram outro manual pelos correios. Eu não lembro qual era a especificação do óleo para o motor 1.0, mas o meu 1.6 EA-111 usava 5W40 (tanto faz a marca), e eu o vendi com 180.000KM de trabalho. A concessionária, em 2013, me pagou a tabela Fipe nele, e assim eu comprei o Golf. O motor G5 Power nunca apresentou qualquer problema comigo.
  31. 4 points
    1 – PEÇAS DE REPOSIÇÃO [SEU BOLSO/ MANUTENÇÃO] Qualquer peça de reposição para veículos do grupo VAG é identificada em códigos denominados Part Number. O Part Number da peça de reposição em questão, por sua vez, é obtido através da consulta do número de chassi do veículo a partir do sistema de gestão oficial da VW que é disponibilizado aos concessionários autorizados. Sendo assim, qualquer um (proprietário ou não) poderá solicitar orçamentos junto ao concessionário autorizado bastando para isso informar o código do chassi do veículo para a consulta de peças específicas. Essa é uma maneira segura e confiável de comprar as peças de reposição que são absolutamente compatíveis com o veículo do proprietário. A dica de ouro é utilizar a plataforma http://www.pecas-on-line.com.br/ para buscar o Part Number desejado. O “Peças Online” é o site que reúne diversos fornecedores (concessionários autorizados e importadores), ordenando a consulta do usuário ao estoque e valores praticados dentro da rede de lojas participantes do sistema. Na plataforma Peças Onlne é possível consultar a disponibilidade de peças, o nome da loja ou concessionário autorizado, seus respectivos dados de contato, e o valor praticado. Ao entrar em contato com alguma loja, no entanto, se os valores estiverem divergentes do site não esqueçam de informar que a consulta foi realizada através da plataforma http://www.pecas-on-line.com.br/ visto que os valores praticados para clientes de balcão e clientes de internet podem ser completamente divergentes.
  32. 4 points
    magalhaesfr

    Limpador traseiro travando

    Sim, o travamento acontece mesmo quando o limpador está levantado. UPDATE: Pessoal, consegui corrigir o problema do travamento lubrificando o parafuso que prende o limpador. A ideia é remover a capinha que esconde o parafuso e aplicar um lubrificante spray tanto no parafuso quanto no conjunto do "braço" que fica atrás do parafuso. Ao fazer isso, meu limpador voltou a funcionar imediatamente. Eu imagino que o Golf deva ter um sistema automático que faz com que o limpador desligue ao encontrar alguma dificuldade em completar o curso de ida e volta. Fica a dica para os amigos que tiverem esse mesmo problema. Abs!
  33. 4 points
    Srs; Só para constar. Comecei a ter problemas no câmbio, só entrava as marchas pares (2ª, 4ª e 6ª), de forma intermitente, às vezes voltava ao normal. Levei o carro na concessionária, que deu um "reset" para ver se voltava tudo ao normal, mas que se voltasse o problema era para deixar o carro na concessionária, para possível troca de mecatrônica. Depois de 1 semana sem apresentar problemas, ele reapareceu. Então no último dia 10/09/2019 deixei meu Golf Higline 1.4 TSI DSG 2015, com 73.000Km na Concessionária Amazon, com o câmbio em modo de segurança (só funcionava a 2ª marcha com rotação limitada a 4.000 RPM). Diagnóstico: Necessário trocar a Mecatrônica e talvez a embreagem. Iriam fazer os testes pedidos pela fábrica, para confirmar o diagnóstico e receber as peças grátis em cortesia da fábrica. No dia 25/10/2019 recebi o carro consertado, com a Mecatrônica trocada, peça grátis como cortesia da fábrica. Tive que pagar a Mão de Obras no valor de R$ 1.200,00. Aparentemente está funcionando tudo bem.
  34. 4 points
    Desbravador

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    Sim, mas isto acontece com qualquer carro que não é popular (os famosos carros feitos de garrafa pet). Mercado de Usados para carros mais caros é sempre cruel. Paguei 125k no meu GTI Pobre Edition, que na época o valor no site era algo próximo a 140 mil (metálico + teto). 1 ano e meio depois, 30 mil km, carro praticamente zero, extremamente bem cuidado e com alguns upgrades originais (rodas 18, entre outras firulas), o máximo que conseguiria na troca em uma CSS VW é 90 mil. Se for vender direto o máximo que consigo pegar é 100 mil, sendo que a FIPE dele é 119k. Imagina só quem pagou o preço de tabela na época... Com 100 mil reais eu só consigo comprar carros extremamente inferiores ao GTI em praticamente tudo, ou seja... vou ficar com o GTI até que se desmanche todo. Sobre os câmbios DSG, o do GTI é tranquilo, mesmo com a galera fazendo uso soviético nunca vi um relato de quebra. Se mantido o carro original, é um câmbio que já se mostrou muito robusto. O DSG-7 lá fora, ao contrário daqui, é considerado um bom câmbio. O problema em banania foram os modelos 2013/2014 que venderam muito mais do que os 2015 que não apresentam problemas. Já discutimos exaustivamente isto por aqui e o que ficou claro é que em algum momento entre a troca de passaporte do Golf foi corrigido o problema de mecatrônica. Se for pesquisar nos fóruns gringos, lá também dificilmente dá problema. De qualquer forma, a imagem ficou prejudicada mesmo.
  35. 4 points
    5 – ATENÇÃO À INSTALAÇÃO DAS VELAS DE IGNIÇÃO [MANUTENÇÃO] Já sabem da dica de necessidade de utilização torquímetro? Ok. Esse deve ser o ajuste para o aperto: 22Nm para as velas, e 8Nm para os parafusos que seguram as bobinas. A recomendação da VW é que as velas sejam substituídas a cada 60.000Km ou 4 anos. Acertar o torque não garantirá que você estará livre de problemas em suas futuras revisões. As velas do Golf devem ser instaladas com a observação de untar o corpo das velas em lubrificante (oficial) o que facilitará a remoção das bobinas no momento da substituição das velas. Se o lubrificante (antisizing) não for aplicado no corpo das velas de ignição pode ocorrer o problema que aconteceu comigo, e que foi devidamente dissertado aqui: https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/2915-bobinas-como-remover/&
  36. 4 points
    Ontem, pela noite, tentei outras puxadas e o erro de fuga de ar no sistema de admissão prevaleceu. Estava ficando farto desse problema e não estava afim de arrastar isso para frente. Tirei o dia de hoje praticamente para resolver isso. Eu, e o cano de compressão da turbina nas costas. Foi uma verdadeira peregrinação tentar encontrar essas o-rings aqui no DF. Acho que visitei umas 30 lojas "especializadas", mais ou menos. 2 delas, só de turbinas. A o-ring menor, fabricada em borracha, supostamente encontrei. A o-ring maior, essa ninguém fazia ideia de onde eu poderia encontrar. Foi aí que entrei numa dessas lojas que vendem peças de trator e o vendedor lá identificou que a o-rings que eu precisava, por serem da cor laranja, obrigatoriamente deveriam ser fabricadas em silicone. Dando a entender que o-ring menor que eu havia comprada (preta) era de borracha e possivelmente poderia causar problemas no "projeto" da VW pois existiam mais ou menos uns 10 materiais diferentes para confecção de o-ring. Que cada material escolhido para a confecção do o-ring era destinada a projetos específicos. Então, o contato com ar, óleo, aditivo de óleo, calor, frio, caralho a4, e etc poderia literalmente destruir o o-ring, inclusive, fazendo até que ele fosse extrudado e sugado para dentro da turbina. O cara até pegou um catálogo para me dar umas aulinhas. Enfim, quando ele citou algo como resistência química do material elastomérico, desisti na hora de usar a o-ring de borracha que eu havia comprado por módicos R$ 4,00. Disse, ainda, que o silicone não era o melhor dos materiais, mas se o projeto da turbina exigiu uma o-ring feita desse material, deveria existir uma razão muito específica e lógica. O sujeito falou que eu não encontraria aquele o-ring aqui em Brasília, mas que o tubo estava, aparentemente, perfeito e que provavelmente o concessionário autorizado deveria possuir essas o-rings para venda/manutenção. Sujeito bacana. Nem perdi mais tempo, e fui direto para um concessionário autorizado. Lá, passei o chassi do meu veículo e logo o vendedor identificou o "anel de vedação". Preço de 2 o-rings oficiais? R$ 62,00. Com o desconto, paguei R$ 32,00. Montei rapidamente, e parti para casa. Tava aguardando chegar as 00h00 para colocar o Golf na estrada, e fazer os testes, mas saí bem antes. Depois de terminado o Jornal Nacional, meti o Golf na estrada, e comecei a esticar a velocidade, trocando as marchas, sempre que possível, na casa dos 5000 RPMs. Fiz esses testes por praticamente 60Km. Também elevei a velocidade para a casa dos 212Km/h. Resultado: Aprovadíssimo! Nenhum erro! Aparentemente, o caso está encerrado, e bastou apenas a troca de 2 o-rings. Serviço de menos de 1 minuto.
  37. 4 points
    edsonmassao

    MOSTRE SUA MÁQUINA AQUI!!!

    Na verdade a foto estava mais escura, tentei dar uma editada mas não melhorou muito :| [/img]
  38. 4 points
    Lobin

    MOSTRE SUA MÁQUINA AQUI!!!

    Depois daquele talento...
  39. 4 points
    Bereba

    Quebra da Mecatrônica DSG7

    No meu também, estou esperando o câmbio quebrar, o amortecedor estourar, a turbina explodir e queimar todo o óleo e o motor fundir por falta de óleo. Tudo isso depois de acabar a garantia e a concessionária não cobrir nada, mesmo depois de todas as revisões feitas lá. Já acabou a garantia faz 1 ano.
  40. 4 points
    anghinoni

    Aonde foi parar o óleo?

    Opa @RodrigoSP2 sim já fechei os pacotes há algum tempo. Já é a minha terceira vez em Bonito, mas a minha esposa nunca foi, então vou leva-la pra conhecer o lugar. Vou fazer 3 flutuações, gruta e bote. Esse do rio do peixe, ouvi falar muito bem também! Vamos ver se vai encaixar na agenda, provavelmente no primeiro dia só vou fazer uma flutuação, mas o ruim desses passeios é o valor. Tudo tabelado e uma fortuna!!! Muito Obrigado pela dica do restaurante. Já esta anotado!!! Abraços! @Sobrinho @iCardeX
  41. 4 points
    Não é o fim, nem é triste! Os golfs voltaram a sua glória de ser importado e feito com materiais melhores.. Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
  42. 4 points
    Bereba

    REPARO DO CÂMBIO DSG7 APÓS GARANTIA

    O problema é que quando alteram as características originais do carro, fica difícil saber se o problema foi causado pelo "vício oculto" ou pela "modificação", então a fábrica vai pelo mais fácil que é negar e assumir que o problema foi causado pela "modificação". Daí caberá ao cliente contratar um perito para provar que o problema não foi causado pela modificação, e eu acho que em muitos casos, o próprio dono sabe que no fundo a culpa foi dele, pois a maioria das modificações são para ganhar desempenho, ou seja, utilizar o veículo acima do limite projetado para o veículo e seus componentes.
  43. 4 points
    iCardeX

    Bateria - Fim da Vida Útil

    O CCA possui uma relação intrínseca à qualidade da bateria. Regra geral: quanto maior o valor indicado, melhor é o desempenho da bateria. Mas sozinho o CCA não conta a história toda da performance geral da bateria. É consenso geral que as baterias de Tecnologia EFB e/ou AGM são superiores justamente por serem construídas com matéria prima nobre e de qualidade superior à utilizadas em baterias SLI (convencional). Teoricamente as baterias EFB/AGM sao mais tolerantes a falhas e suportam mais ciclos de cargas e descargas, que ocorrem em intervalos mínimos de tempo. O Golf, por ter sido concebido para trabalhar nativamente com o sistema start-stop é dotado de uma tecnologia bastante complexa e que a VW intitula simplesmente "regeneração energética". Esse processo envolve uma série de variáveis e a atuação de diversos sensores que trabalham basicamente para elevar a tensão de carregamento da bateria quando certas condições são atingidas e o veículo está numa situação de frenagem. Essa "energia excedente" deveria ser absorvida rapidamente pela bateria para ser utilizada na próxima requisição energética do motor do partida. Aí mora o primeiro problema: a bateria SLI não foi concebida para trabalhar com esse tipo de tecnologia. O segundo problema é que a ECU do Golf também precisa ser parametrizada (gravar manualmente a amperagem correta da bateria) para determinar a tensão correta e como será realizada a recarga através da "regeneração de energia". De uma forma ou de outra, a bateria SLI sofrerá as consequências desse processo. O @RicW realizou uma série de testes e conseguiu desvendar o funcionamento da tecnologia: https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/1263-bateria-fim-da-vida-útil/&page=6&tab=comments#comment-33275 Minha bateria comum (CCA 440/ 60Ah) pode não ter sido tão afetada justamente porque o meu motor trabalha em rotações mais constantes ao tempo que desfruta de condições de trânsito mais favoráveis para o sistema eletrônico do Golf deduzir que deverá ser menos solícito à regeneração energética. Por via das dúvidas, permaneço diariamente com recurso de start-stop manualmente desativado.
  44. 4 points
    iCardeX

    Velas - tudo que precisamos saber

    Comprei velas novas hoje. Paguei R$ 420,00, no kit com 4 unidades. São fabricadas pela Bosch. Vou deixá-las guardadas aqui no estoque. Dá ultima vez, por um infortúnio causado pelo concessionário autorizado, acabei tendo que elevar a carga de trabalho delas para os 92KKM de operação. A recomendação é trocá-las a cada 60KKM. Ainda assim não experimentei qualquer anomalia em seu funcionamento regular. Recomendo que leia completamente o post https://www.golfmk7.com.br/index.php?/topic/2915-bobinas-como-remover/& onde narro o tamanho do problema que o concessionário autorizado me causou por não ter aplicado a pasta lubricante às velas na revisao dos 60.000Km. Vela: 042 905 612c
  45. 4 points
    franciscosilvajardim

    MOSTRE SUA MÁQUINA AQUI!!!

    aeeeee amamos GTI.....
  46. 4 points
    Sobrinho

    GTI: onde que o bicho pega?

    São coisas da vida, faz parte. Teve um user lá no clube do Jetta, salvo engano, foi um Jetta de 2013 ou 2015. Tinha esses mesmos sintomas. Ai ele desempenou rodas, pneus novos, balanceou, alinhou, trocou junta homocinética, semi eixos, embreagens. Não resolveu. Ai ele foi do saco roxo, desgostou do Jetta e deixou lá pelo Ccs mesmo(base troca). E adivinhe, pegou outro Jetta. Corajoso ele, dai em diante teve sossego. Dentre esses fatores que citei, lá, alguns teve sucesso em um simples desempeno de rodas, outros no próximo quesito e assim sucessivamente, até a melhora. Tomara que o meu lance, não chegue tanto assim. Vou tentar dar um Hadouken mais breve possível. Sobre a saga do abastecimento, tá do mesmo modo, um verdadeiro parto toda vez que vai abastecer. Vc sabe que eu não moro, me escondo. Aqui no Tão Tão Distante, os Correios é sistema à cavalo as entregas. As peças da Ccs vem em lombo de Dromedários, até o momento nem sinal do sistema do cânister. Quero logo dar um fatality nessa saga. Tô no aguardo. Abraçaço.
  47. 4 points
    boa tarde amigos, td bem com vcs? atualizando o tópico, gostaria de atualizar vcs que hoje o ADG me telefonou, alguem mostrou para ele as minhas postagens aqui neste forum e ele queria entender a melhor situação. Relendo aqui todo meu relato, se nao me engano acho que debati as mesmas questões com ele via telefone, a questão do não estorno do reaperto de suspensão, de ter sido aplicada a bandeja do tsi no gti sendo que é uma peça parcialmente compatível,na oficina era 543 eu paguei 300 no mesmo local que ele comprou, o fato de eu nao ter recebido nota fiscal, de ficar sub ententido ao ver os pdo's que o serviço ja estava todo sendo feito no meu carro sendo que eu ainda nao tinha nem sequer recebido o orçamento. Acho bacana a atitude dele de mesmo alguns meses depois, me ligar, me tratou super bem, hoje analisando friamente acho q faltou comunicação entre oficina e cliente, expliquei isso a ele, eu ficava atualizado pelo status de reparação do meu carro via video e sem saber do q estava acontecendo, ao ver o video vc sub entende que algo esta sendo feito, eu nao estou la acompanhando, o adg mesmo diz em seus videos que a a ideia do video surgiu para informar seus clientes do que acontece com o carro dele durante a oficina, eu relatei acima o que entendi vendo o video. Hoje acho q faltou comunicação, talvez o que foi feito para agilizar agradar surtiu de uma forma equivocada. Acho que todos erramos eu posso ter duvidado da honestidade da oficina de forma subliminar devido a esses fatores de equivocos de falta de sincronia na informação. O serviço das pastilhas de freio conforme disse a ele pelo telefone e relatei aqui, ficaram otimos. 100% até hoje. Nem me lembro que troquei as pastilhas e já nao é mais o conjunto original, parece original de fabrica nao faz nenhum tipo de ruido.. A suspensão do carro tbm nao apresenta mais o barulho reclamado, ou seja ainda esta 100%, sendo assim o serviço de fato prestado foi satisfatório faltou comunicação entre cliente e oficina. Ele me citou um caso em que concordo com ele, clientes são diferentes, uns gostam de ser atualizados e outros nao querem nem saber, eu tenho clientes e sei que isso é verdade. Acho q eu ter ficado dois dias sem receber nenhuma comunicação oficina cliente foi um erro e apontei isso a ele, mas entendo perfeitamente, que ele em si adg nao consegue acompanhar tudo a todo momento, como em nenhum momento falei com ele de fato , acho nao posso em si falar dele, e nao falei no relato acima sobre o ADG em si, falei da oficina como um todo, citei a oficina, mas acho q nao deveria ter generalizado .O adg se prontificou a me dar um mimo cortesia para sanar meu aborrecimento, acho bacana mas pretendo nao aceitar, acho q ta tudo certo da forma que esta, acho que isso nao é necessário, mas hoje meses depois esse aborrecimento nao existe mais, a vida segue e superamos as coisas e levo como metodologia de nao me apegar mais a essas coisas. Portanto vim de bom grado relatar o ocorrido novamente e deixar ai meu pedido de desculpas se de fato faltei com o respeito ou induzi alguém a duvidar da honestidade do ADG ou oficina, meu intuito aqui foi narrar o meu caso, e eu narrei o meu caso conforme aconteceu, mas nas minhas conclusões acho que fui menos pontual devido ao aborrecimento momentâneo! Abraço a todos!
  48. 4 points
    VOLKSWAGEN GOLF 1.0 E 1.4 SOMEM DAS LOJAS COM A CHEGADA DO T-CROSS Montadora confirma ter diminuído temporariamente a produção do hatch médio, mas lojistas afirmam não ter mais unidades em estoque; vendas do Golf Variant foram definitivamente interrompidas por GUILHERME BLANCO MUNIZ Compartilhar Assine já! 25/02/2019 16h28 - atualizado às 16h28 em 25/02/2019 00:00/05:55 Enquanto se preparam para receber o recém-lançado T-Cross, os lojistas da Volkswagentambém se depararam com uma baixa. Ao menos por enquanto, boa parte das lojas não tem o Golf com motores 1.0 e 1.4 em estoque. Quem fizer questão de comprar o hatch médio hoje em dia terá que optar pela cara versão GTI, com motor 2.0 turbo. Em resposta à Autoesporte, a Volkswagen do Brasil confirmou que fez uma "planejada parada técnica" na produção do Golf "com o objetivo de acelerar a fabricação do T-Cross". A empresa afirma que produziu mais unidades do hatch médio entre o final de 2018 e o começo de 2019 "para assegurar o abastecimento dos modelos na América Latina". Não existe um prazo para a retomada na produção do Golf. Segundo a montadora, isso "dependerá da evolução da produção do T-Cross". A Volkswagen diz que o fim da linha Golf no Brasil não está nos planos e reforça que o elétrico Golf GTE chegará importado ao nosso mercado ainda em 2019, conforme anunciado durante o Salão de São Paulo. SAIBA MAIS TESTE: VOLKSWAGEN T-CROSS 1.4 HIGHLINE PEGOU O BONDE ANDANDO E QUER SENTAR NA JANELINHA EXCLUSIVO: ACELERAMOS O VOLKSWAGEN TAREK, FUTURO RIVAL DO JEEP COMPASS QUE SERÁ LANÇADO NO BRASIL EM 2020 Mas, lojistas com quem a reportagem conversou afirmam que os estoques estão esgotados e cogitam que o modelo não volte a ser produzido. "A fábrica deu uma parada na produção do Golf e eu não acredito que seja para a troca de ano/modelo. Eu acredito mais na possibilidade de as versões Comfortline e Highline saírem de linha e ficar só a GTI", disse um lojista da rede Alta. Representantes de diversas outras redes de concessionários têm discurso muito parecido. "A fábrica tirou o pé da produção de Golf para adiantar a fabricação do T-Cross. Eles querem deixar o máximo de carros prontos. Só estão produzindo um pouco do GTI porque estava faltando no mercado", afirma outro concessionário da Amazon. Segundo um terceiro representante, este da Brasilwagen, "na fábrica também consta que não tem mais nada". VW GOLF HIGHLINE 2019 (FOTO: DIVULGAÇÃO) Das lojas que consultamos, apenas uma oferecia a possibilidade de fazer um pedido à Volkswagen. Nesse caso, Golf 1.0 Comfortline é oferecido com "bônus de fábrica" de quase R$ 8 mil, custando R$ 84 mil. Atualmente, ele é tabelado em R$ 91.790. Já o Highline sairia por R$ 100.900, uma redução de R$ 11.290 em relação aos valores de tabela. Por outro lado, o GTI é oferecido sem opcionais por R$ 150 mil, bem próximo do valor divulgado pela montadora: R$ 149.290. Com pintura perolizada e opcionais, os preços saltam para R$ 172.235. SAIBA MAIS TESTE: NOVO MERCEDES-BENZ CLASSE A ANDA FORTE COMO O VOLKSWAGEN GOLF GTI, MAS CUSTA R$ 194.900 COMPARATIVO: VOLKSWAGEN GOLF GTI ENCARA O HONDA CIVIC SI VW GOLF VARIANT 2019 (FOTO: DIVULGAÇÃO) Fim do Golf Variant Já a perua Golf Variant não teve uma segunda chance no Brasil: a Volkswagen confirmou que "em razão do baixo número de vendas de veículos no segmento de peruas médias", a empresa "decidiu pela paralisação da comercialização do veículo" no país. Ele era oferecido por aqui em duas configurações, sempre com motor 1.4 turbo: Comfortline, de R$ 102.990, e Highline, de R$ 113.490. SAIBA MAIS TESTE: VOLKSWAGEN GOLF VARIANT HIGHLINE VOLKSWAGEN T-CROSS 1.4 HIGHLINE FIRST EDITION (FOTO: MARCOS CAMARGO / AUTOESPORTE) Preços semelhantes ao do T-Cross Tanto as versões básicas do Golf como a variante perua contam com exatamente os mesmos motores do novato T-Cross. Além disso, a faixa de preços é bastante semelhante. O SUV foi lançado na última semana por R$ 85 mil a R$ 110 mil — exatamente a faixa de preços do Golf Comfortline e Highline. Vale lembrar que o segmento de hatches médios têm tido vendas fracas nos últimos anos, enquanto o desempenho dos SUVs compactos vai no caminho oposto no Brasil. Os motores do T-Cross são os mesmos da linha Golf, exceto o 2.0 turbo do Golf GTI. O utilitário tem versões básicas e intermediárias com motor 1.0 turbo de 128 cv e versão topo com o 1.4 turbo de 150 cv. https://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2019/02/volkswagen-golf-10-e-14-somem-das-lojas-com-chegada-do-t-cross.html
  49. 4 points
    Saldanha MQB

    GTI: onde que o bicho pega?

    o GTi tem um grave problema que ninguém acima comentou... Quando chega a hora de trocar o carro você percebe que o mercado não tem nada tão bom a um preço razoável ( nos patamares do GTI ) .. Eu sou proprietário (quase ex ) de um 2015 ficará comigo só mais uma semana. Trocarei em um Passat 2018. Gosto muito da Tiguan porém o abismo de preço ( quase 40 mil ) entre o Passat e a Tiguan me fizeram escolher o Passat.
  50. 4 points